CATÓLICO APOSTOLICO ROMANO OU CATÓLICO IBGE?

Publicado: 17 de setembro de 2010 por Rafasoftwares em Ajuda a Igreja Que Sofre
Vendo alguns comentários pela internet vi um que falava de “católicos IBGE” pessoas que se dizem católicos, mas que só vão a missa em casamentos batizados e missa de corpo presente. É triste mas é uma realidade.  Somos considerados 70% da população aproximadamente, mas destes aproximadamente 30% são os que podemos chamar de “católicos praticantes”,  aqueles que realmente praticam e vivem a fé. Então vem a pergunta que não quer calar, porque muitos católicos não buscam viver a fé? Porque a religiosidade não é uma realidadea na vidada de muitos? Há pessoas que preferem ir ao bar em um final de semana do que ir Igreja, há pessoas que preferem assistir um programa de tv do que ir ao encontro de catequese.
A resposta não é tão simples e muito menos a solução. A sociedade criou uma cultura onde todos são obrigados a terem as mesmas vontades, os mesmos sonhos, os mesmos ideais. São homens e mulheres querendo: dinhero, status, muitos bens e vida sem compromisso com outra pessoa, e quebrar essa roda de fogo implica em se tornar alguem estranho e diferente, e como temos medo do que é estranho e fora do que é comum na sociedade não queremos sair deste padão que nos é imposto.  Ser católico é sair do padrão que a sociedadea impõe é ser algém que não concorda com o que nos é imposto como “normal”.
A falta de religiosidade vivida e só falada leva o cristão a um conceito relativista do que é ser Católico Apostolico Romano. Tem pessoas que pensam que por ser católico pode tudo ou tudo é permitido ou por ser católico não há obrigações com a fé e com a Igreja e isso nos mostra um quadro preocupante que nos revela o quanto os católicos são desinformados sobre a própria Igeja, muitos não sabe por exemplo que se filiar ou votar ou favorecer de qualquer forma um partido comunistra ele está caindo em excomunhão letae setentiae (excomunhao automática), nem todos católicos sabem que para não cometer comunhão sacrílega é necessário confessar-se pelo menos uma vez no ano, não sabe se quer o que é uma comunhão sacrílega. e isso é o retrato de nossas catequeses, elas não estão fazendo nascer a semente no coração de muitos.
Então vem a pergunta como é feita a cetequese em sua comunidade? Você catequista tem procurado estudar, buscar meios de dinamisar suas aulas, está mostrando a beleza de ser católico apresentando o lindo exemplo de pessoas que amaram a Igreja e o Cristo vivo nos sacramentos como os Santos, tem feito momentos de oração, visitas a seminários, monsteiros e conventos, visitados igrejas, cantado musicas que estão alinhadas com a sã doutrina, aulas vocacionais, lendo os documentos da igreja para os catequisandos, falado do Papa mostrado vídeos com discursos do Papa, tem levado os catequisandos para visitar outras pastorais, tem colocados os catequisandos para viverem a vida pastoral levendo-os para reuniões na comunidade convidando auguns para ajudar a preparar os encontros, fazer catequese é mais do que apenas explicar os sacramentos é ensinar a criança a ser CATÓLICO e isso implica em ensinar uma diversidade imenssa de temas. Temos que combater o primeiro sintoma do catolico IBGE que é o pensamento de que por ter sido batizado ter feito a 1ª comunhão e o crisma já fez a “obrigação” religiosa. O catequista tem que mostrar aos cateqeuisandos que estes sacramentos da iniciação cristã é apenas o começo de uma caminhada na igreja.
Uma catequese mal feita impica diretamente em um católico que não sabe ser católico e muitas veses se volta contra a Igreja ou fica perdido no meio de tantas falsas doutrinas e filosofias e teologias libertacionárias revolucionárias que só servem para afastar o católico da sã doutrina resumindo a ação de Cristo na vida do povo como um mero esforço de luta de classe ou prega um liberalismo onde tudo é permitido en nome de um amor que não chega nem perto do Amor  com “A” maiúsculo que Jesus nos falou, um amor diminuido que é alimentado pelo sentimanto individualista e que é tido como sinônimo de sexo muitas veses sexo que depõe contra o que nos fala as sagradas escrituras. É chegada a hora de ensinar-mos a sã doutrina ensinada por São Francisco, São Tomás de Aquino, Santo Agostinho, São Pedro e São Paulo, os Santos Padres, O Santo Padre o Papa Bento XVI, e abandonarmos de uma vez por todas estas filosofias e teologias que nada têm a acrescentar para a santidade da Igreja. e a melhor forma de se fazer isto é ensinando a verdadeira doutrina na catequese onde tudo começa.
Autor: Ciro Rocha
comentários
  1. Moysés Magno disse:

    A PEDRA É CRISTO JESUS!

    Se desejar,podemos debater este e muitos outros assuntos!

    • Rafasoftwares disse:

      Se quiser debater este e quaisquer outros assuntos, primeiro leia todos os posts do blog e argumente em cima deles, por que não temos tempo de ficar aqui repetindo tudo o que já falamos antes para aprendizes do CACP.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s