Desonestidade Adventista

Publicado: 8 de junho de 2011 por obrasilcatolico em Adventismo

Em um vídeo postado no YouTube  os Adventistas usaram fragmentos de um vídeo do Pe. Fábio de Melo e com uma edição no mínimo extrúxula deram a enteder que o citado padre fazia apologia ao sabatismo. No entando o Fernando Nascimento do site Cai a Fasa expôs o engodo com a devida refutação mostrando o vídeo original:

Adventista edita vídeo do padre Fábio de Melo para fazer apologia ao sabatismo.
Este é o vídeo desonestamente editado:

Abaixo, neste outro vídeo sem cortes do programa do padre, a partir dos oito minutos, podemos ver o que de fato quis dizer o padre, que realmente não está mandando ninguém guardar o sábado, mas usando um exemplo de antes de Jesus aperfeiçoar a lei.

Os judeus pretendiam matar Jesus exatamente porque Ele não guardava o sábado, como bem mostra as Escrituras: “Por esse motivo, os judeus perseguiam Jesus, porque fazia esses milagres no dia de sábado. Mas ele lhes disse: ‘Meu Pai continua agindo até agora, e eu ajo também’. Por esta razão os judeus, com maior ardor, procuravam tirar-lhe a vida, porque não somente violava o repouso do sábado, mas afirmava ainda que Deus era seu Pai e se fazia igual a Deus.” (João 5, 16-18)

Em Colossenses (2,16), S. Paulo ensina: “Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida , ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados.”
.
Jesus não mandou guardar sábado algum..
.
Em MT 19,18-19, Jesus ao responder ao jovem rico, que perguntava QUAIS MANDAMENTOS deveria seguir, diz:
Não matarás;
– não adulterarás;
– não furtarás;
– não dirás falso testemunho;
– honra ao teu pai e tua mãe,
– amarás ao teu próximo como a ti mesmo
(o novo mandamento).

Cadê o sábado dos adventistas???

Em MT 22, 37-40, Cristo responde àqueles que querem saber qual o maior e primeiro mandamento:
“Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito.
E o segundo semelhante a este é:
Amarás a teu próximo como a ti mesmo”.

Como vemos Jesus Cristo aperfeiçoou a lei, sabatismo é uma furada adventista.

Cai a farsa.

Fonte: Museu da Mentira

comentários
  1. feriano disse:

    safadooooooooooo…. desse jeito tu vai parar no inferno……… semvergonha vai estudar a biublia satanas…..

    • Senhor feriano,

      Este seu cometário só nos prova que a verdade doi! se queres refutar a materia que tente, mas faça de maneira respeitosa e com a devida honestidade e não com ofensas que só depõe a favor da constatação da falta de conhecimento de V.Sa. a começar pela grafia. Outros comentário deste calão serão devidamente excluídos para que se evite trolagem na matéria.

    • weverson disse:

      AÍ CARA VC CITOU O TEXTO DE MAT.19:18-19 E PERGUNTOU:Cadê o sábado dos adventistas???
      Agora eu pergunto:
      cadê o mandamento que não se póde tomar o nome de DEUS EM VÃO?
      cadê o mandamento que diz para não ter outros deuses diante DE JAVÉ?
      Pelo fato de Jesus ter citado somente o que está escrito na segunda tabua do testemunho, isso não quer dizer que o que está escrito na primeira perdeu o valor.
      Pois a própia IGREJA CATÓLICA ja fez uma lema sobre o peimeiro mandamento e colocou como slogam da campanha da fraternidade(NÃO SE PODE SERVIR DOIS SENHORES)
      esta frase refere-se ao 1° mandamento( não terá outros deuses diante de mim)
      se vc deconciderou a primeira parte do decálogo que são os 4 primeiros mandamentos, vc não tem amor a DEUS, POIS OS MANDAMENTOS RESUME-SE EM 2 PARTES
      1° OS 4 PRIMEIROS SÃO DE AMOR A DEUS
      2°OS ÚLTIMOS 6 SÃO DE AMOR AO PRÓXIMO
      Se vc ama p seu próximo vc não vai roubar, matar, adulterar etc…
      E se vc ama a DEUS vc não vai ter outros deuses diante DELE
      Não vai tomar o seu santo nome em vão
      não vai fazer imagens de escultura e nem se prostar dialnte dela e nem prestar culto a ela
      E se vc ama a DEUS, vc vai honrar o único dia que ele santificou e abençoou(o sábado)

      Agora meu amigo RAFA, VC SE JULGA TÃO INTELIGENTE, E É REALMENTE POIS TEM MUITO CONHECIMENTO TEOLÓGICO, mas ao mesmo tempo é tão ignorante a ponto de insinuar que se JESUS não ciyou a primeira parte da lei, incluindo o sábado, é porque ele deixou de exisitir, se for assim os 3 primeiros mandamentos também deixaram de existir, pois JESUS nem chegou a citá-los então eu posso fazer piadas do nome de DEUS, POIS JESUS NÃO CITOU ESTE MANDAMENTO AO JOVEM RICO, NÃO É MESMO?

      FAÇAME O FAVOR SR. Rafael isto é irônico até para um ateu…
      Leia MAT.5:17 e veja o que JESUS DIZ SOBRE A LEI, veja em LUC.23:54-56 qual foi o dia que as mulheres guardaram após a morte de JESUS, se JESUS tivesse altorizado a profanação do sábado, as mulheres não tinham “repousado conforme o mandamento”(luc.23:56)

      Veja em (ATOS.13:42-43-44) o dia que Paulo guardava e pra confirmar veja em (ATOS.16:13) O QUE PAULO FEZ AO CHEGAR EM FILIPOS? FOI TRABALAHR NO DIA DE SÁBADO?DEVERIA TER IDO SE JESUS TIVESSE DADO A ORDEM DE PROFANAR O SÁBADO, POIS ELE TRABALHAVA COM TENDAS.
      MAS NÃO, NÃO FOI TRABALHAR E SIM PROCURAR UM LOCAL CALMO E TRANQUILO PARA ADORAÇÃO AO SENHOR EM SEU SANTO DIA E AO CHEGAR LÁ ENCONTROU VARIAS MULHERES ADORANDO TAMBÉM, POIS ERA SÁBADO, DIA SANTO, SANTIFICADO PELO PRÓPIO DEUS E ABENÇOADO POR JEOVÁ.

      JESUS DISSE QUE O FILHO DO HOMEM ATÉ DO SÁBADO É SENHOR(MAT 12:8)
      Agora me diga, se JESUS é senhor do sábado, é hilário contestar que o sábado é o dia do SENHOR(EXO.20:8) pois da na mesma.
      JESUS é DEUS, ou vc discorda?Creio que não, lá no édem ELE abençoa o sábado, depois dá os 10 mandamentos e diz que o sábado é seu, ou seja (DO SENHOR TEU DEUS) e agora ele reafirma o que ele disse no decálogo, que o sábado é dele e não nosso, ou seja o sábado é o dia do SENHOR,pois JESUS É O SENHOR DO SÁBADO!!!! ELE é o soberano senhor JEOVÁ encarnado(JOÃO.1:1) VEJA TAMBÉM EM (1 JOÃO.5:20)

      Ele só citou os 6 últimos mandamentos para o joven rico, porque o ELE sabia que o jovem rico guardava esses mandamentos, mas quando JESUS disse para ele vender tudo e dar para os pobres e seguir JESUS, ele demonstrou que não guardava os mandamentos, pois lhe faltava o amor, AO PRÓXIMO, E O AMOR A DEUS, POIS O DINHEIRO ERA O SEU DEUS, A RIQUEZA ESTAVA ACIMA DE DEUS , E DESTE MODO ELE ESTAVA TRANGREDINDO OS 4 PRIMEIROS MANDAMENTOS
      1°Fazia das riquezas um deus acima de DEUS O SOBERANO JAVÉ
      2°Adorava, algo que era feito pelas mão de homens, dinheiro e posses enquanto o mandamento 2° mandamento diz para não adorar nada e nem uma imagen a não ser o soberano JEOVÁ
      3°Ao falar que amava a deus, tomava o nome de DEUS em vão, pois pois honrava somente com os lábios mas o seu coração estava longe, distante, estava em seus bens.
      4°Profanava o sábado, em sua conciência,pois vivia para suas riquezas e não se lembrava de DEUS nem no seu santo dia, contrariando assim o que disse o profeta ISAIAS em(Isa.58:13-14 ” Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia[…]e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade[…] Então te deleitarás no SENHOR, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do SENHOR o disse.
      O jovem rico vivia para suas riquezas não se deleitava em DEUS nem no seu santo dia.

      Mas para manter as aparencias de um bom JUDEU, observava de maneira superfula os outros 6 mandamentos de amor ao próximo, e quando JESUS jesus pede para ele vender tudo, ele se entristesse, demonstrando assim , que também não amava ao seu próximo como a ele mesmo e vai embora.

      POR ISSO QUE CRISTO CITOU OS 6 ÚLTIMOS E NÃO OS 10, POIS JESUS CONHECIA O SEU CORAÇÃO.

      AGORA VEM VC DIZENDO QUE SÓ PORQUE JESUS NÃO CITOU O SÁBADO, ISSO É O MOTIVO DE QUE O SÁBADO NÃO ESTÁ MASIS EM VIGOR, AFF
      QUANTA IGNORÂNCIA DE SUA PARTE.

  2. Matiolli disse:

    Bom, a bíblia é fatídica em dizer lá em tiago capítulo 2 versiculo 10 o seguinte:”Pois qualquer que guarda toda lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.”, então quer dizer que você tem que observar os dez, e não nove rejeitando o sábado santificado que o meu Deus santificou, e ainda mais, o sábado foi estabelecido no èdem, quando o meu Deus descansou de toda sua obra que como criador fizera(Ver Gênesis 2: 2,3), aí é mais um indício de quê o sábado além de está nos decálogo, foi estabelecido na criação e lá não existia judeu, adventista ou qualquer outra religião, O Senhor Criador esteja na mente de cada um de vocês dando juízo e que vocês entendam que o sábado ou a lei não salva ninguém, mas a graça de cristo, a lei acusa e aponta para que você procure um redentor para te perdoar(Cristo), portanto a lei e a graça andam juntas, lembrando que obedecer é melhor do que sacrificar, não andem por aí criando argumentos para não poder abedecer a Deus, porque se não se vivermos deliberadamente desobedecendo a Deus´e depois querer a vida eterna, satanás vindicará também o seu direito, e o nosso Deus seria injusto se salvando você e não a satanás.

  3. Antonio Matiolli disse:

    Postei um comentário neste site e não publicaram, e neste comentário provei com base bíblica defendendo a lei do nosso Deus, e no entanto não publicaram ou melhor talvez se ofenderam, daí á prova que não tiveram argumento contra as verdades bíblicas postadas, fiquei côncio de que este site é tendencioso e parcial.

  4. reginaldo disse:

    Como se guardar o sábado e ajudar alguém a saciar fome tivesse sido, em algum momento da história, imcompatível!

  5. Maria Gonçalves disse:

    É evidente que o sábado como dia semanal de descanso é importante mas como as mentalidades ao logo de dois mil anos sofrem mudanças é natural que hoje não passe de um mero símbolo de adoração a Deus, bastante útil no tempo de Moisés para que o povo não se desviasse dos seus caminhos. A fé num único Deus não devia ser fácil de implantar e à falta de melhor teve que se recorrer a medidas drásticas como as mortes ordenadas por Moisés a quem adorou o bezerro de ouro. O castigo devia ser exemplar porque a misericórdia só teve mais ampla divulgação nos sermões de Jesus. E quantos anos se passaram até chegarmos aí…Por isso, e para dar ênfase à obrigatoriedade de se adorar o Deus do povo israelita, surgiu como mandamento a guarda do sábado ou sétimo dia. É provável que o sábado também tivesse sido escolhido para relembrar a fuga do Egipto. Nos tempos atuais e com o conhecimento do Novo Testamento nada é mais surpreendente e contrário à lógica que adoremos ou nos lembremos de Deus apenas num único dia, seja domingo ou sábado. Mas foi preciso passar por todo esse processo anterior, da guarda do sábado como rigoroso mandamento até à alegria de constatar que Deus está connosco apenas porque nós queremos estar com ele, num lugar qualquer, público ou privado, na nossa casa ou igreja não importa a sua denominação. A humanidade teve que fazer essa caminhada até o amor de Cristo nos revelar Deus como um pai benevolente, sempre presente e caridoso. Regressando ao passado, aos tempos duros da escravidão no Egito, após a sua saída não havia outra solução senão a imposição do Deus que os guiaria a uma terra onde houvesse liberdade e o sustento do seu povo. Se o povo deixasse de ter fé, cairia e nunca atingiria o seu objetivo. Seria presa fácil para outros povos porque não teria o sustentáculo que era a consciência de si como POVO ELEITO por Deus.
    Na minha opinião, no nosso século,é um anacronismo alguma igreja considerar que é mais fiel do que as outras porque guarda o sábado. Deus está no nosso pensamento em qualquer dia da semana, a qualquer hora. Por motivos de organização, há que escolher um dia para o culto, mas somente por essa razão. A igreja primitiva escolheu o domingo porque Jesus ressuscitou num domingo. Foi esse o seu critério. Quem hoje presta culto ao domingo também não se deve vangloriar por isso.Imaginemos que o domingo deixa de ser dia de descanso semanal. Há que reorganizar tudo de novo e escolher um dia adequado para todos sem esquecer as razões dos primeiros cristãos.

    • Antonio Matiolli disse:

      Aí estar uma resposta satânica, querendo crias motivos para não respeitar a um Deus de ordem e que o seu caráter reflete na sua lei, satanás é astuto e sagaz usa de artimanha para ninguém obedecer o que Deus manda, seus legados escravos estão aí em toda parte, nas mais diversas denominações religiosas ordenando a não serem obedientes assim como satanaz não foi e teve que ser precipitado do céu, em todas as denominações o povo de Deus está presentes e que na ora certa e oportuna vai ouvir o chamado “sai dela povo meu, para não serdes participantes dos seus flagelos”, “portanto se ouvirdes a sua voz não endureçais os vossos corações.”

    • Pamela disse:

      Mudar o que o próprio Deus estabeleceu se tornou “mudança de mentalidade”? Quer dizer que a bíblia é mutável ao longo dos anos e da mudança de sociedade? Se fosse assim não precisaríamos dela, afinal se tudo nela é passível de mudança ao longo dos anos e como se passaram tantos, tudo ali pode ser questionável… Não acredito que as palavras do próprio Deus criador possam ser alteradas a bel prazer.

  6. Maria Gonçalves disse:

    Senhor António, a sua opinião não está respeitando o próprio Jesus que não impôs a guarda do sábado aos seus discípulos. Ele também tropeçou num ponto da lei e portanto é culpado de ter transgredido todos os outros? O senhor gosta de atemorizar para parecer um seguidor fidelíssimo de Deus. Só que o seu deus não é cristão, se é que você acredita em algum deus.
    O senhor judeu não parece ser pois não acredito que judeus atuais tenham uma linguagem tão retrógada. Ateu também não é pois a sua mensagem não é racional. Religioso cristão também não está nos parâmetros. Falta-lhe mansidão nas palavras. Deduzo pois tratar-se de alguém profundamente anti-cristão.

  7. Pamela disse:

    Eu assisti os dois vídeos e digo que mesmo no vídeo completo fiquei com dúvidas sobre o que o Pe. realmente queria dizer. Fui católica por muitos anos, de verdade, fui muitas vezes na Canção Nova, participava ativamente da paróquia a qual fazia parte. Por N questões fui fazer um estudo bíblico na igreja adventista (ninguém me convidou, eu fui). Ao mesmo tempo tirava as dúvidas e o que me falam no estudo com alguns amigos estudiosos da igreja católica, alguns seminaristas e alguns padres também. Cheguei a conclusão que os 10 mandamentos são os 10 mandamentos. Se fosse legalista vivê-los o próprio Jesus o teria dito, mas mesmo Ele não tem este poder. Ele mesmo falou que veio para CUMPRIR os mandamentos e não alterá-los.

    De verdade fiquei com a impressão que o Pe. Fábio confirmou a guarda do sábado ao mesmo tempo que defendeu um olhar cuidadoso diante da vida hoje em dia…

    Sinceramente não vejo problemas em um católico afirmar isso, dado que é um mandamento. Muito me admira a Igreja Católica continuar sustentando verdade iniciadas a fim de conquistar fiéis e de facilitar a “migração” de pagãos ao nascente cristianismo. Pois acredito que todo católico sabe que domingo significa “dia do sol”, que era um culto pagão e que para facilitar a conversão a igreja usou o dia da festa pagã em seus ritos e reuniões de celebração cristã. Na minha opinião, com a maior boa vontade, porém sem reflexão. É um dado histórico. A igreja perdeu-se um pouco ao longo da história. Se para o coração de alguém é importante isso, sugiro que estudem de coração aberto, caso contrário vivam sua fé (e não religião) da maneira mais próxima ao que Cristo ensinou. No fim dos tempo o que nos salvará será somente a verdade contida nos nossos corações. Igreja nenhuma nos proporcionará isso. Templo só serve para congregar e nos ajudar a nos aproximarmos de Deus e nada mais!

    Paz e bem a todos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s