É bíblico o protestantismo?

Publicado: 19 de abril de 2011 por Rafasoftwares em Seitas & Heresias

Provavelmente todos já ouviram de um protestante a seguinte frase:

“Nós cremos somente na Bíblia, e a Bíblia inteira é a única regra de fé para o cristão”

Está frase é como que um dogma para o protestantismo e reflete todo o pensamento da fundamental doutrina deste ramo religioso a “Sola Scriptura” ou somente as escrituras. Negam, portanto, os ensinamentos transmitidos oralmente por Cristo e os apóstolos conhecidos como Sagrada Tradição.

Baseados nisto vamos agora mostrar que há várias inverdades no uso desta frase por parte de protestantes e mostrar que de bíblicas suas principais doutrinas nada tem.

“A Tradição oral remonta ao próprio Cristo e aos Apóstolos. Ela é anterior à Escritura e se exprime nela. O ponto em que mais aparece a necessidade de algo anterior à Escritura, é a que se refere ao Cânon Bíblico: Com saber se um livro é ou não inspirado?

O próprio protestantismo, que afirma só reconhecer a Escritura, recorre necessariamente à Tradição Oral em 2 ocasiões:

1.                  Sem a Tradição oral, não se pode definir o catálogo sagrado, pois em nenhuma parte da Escritura está escrito quais os livros que, inspirados por Deus, a devem integrar. É preciso procurar a definição dos livros sagrados fora da Escritura: na Tradição. Ora Lutero e o Protestantismo recorreram a tradição dos judeus da palestina, enquanto a Igreja Católica, seguindo o uso dos Apóstolos, optara pela tradição dos judeus de Alexandria.

2.                  Na sua maneira de interpretar a Bíblia, os protestantes também recorrem a uma tradição. Pois embora o texto bíblico seja o mesmo para todas as denominações evangélicas, estas não concordam entre si, por exemplo, no que toca ao Batismo de criança, à observância do sábado ou do domingo, etc. As divergências não provêm do texto bíblico, mas da interpretação dada a este texto por cada fundador. Ou seja, dependem da tradição oral ou escrita que cada fundador quis iniciar na sua congregação. Assim, embora queiram rejeitar a Tradição Oral, o cristão a professa sempre: professa a Tradição oriunda de Cristo e dos Apóstolos, ou a tradição oriunda de Lutero, Calvino… Cada “profeta” protestante faz o que Lutero fez: rejeita a tradição protestante anterior e começa uma nova tradição: sim, lê a Bíblia ao seu modo e dela deduz proposições de fé e de moral que, segundo a sua intuição humana falível, lhe parecem mais acertada.

Assim, a Escritura, só, não pode ser, nem é no protestantismo, a única fonte de fé. Por outro lado, a Tradição Oral e o Magistério da Igreja só tem sentido se fazem eco à Sagrada Escritura.” (Dom Estevão Bettencourt, OSB;  Apostila “Diálogo Ecumênico” , Escola Mater  Ecclesiae)

Interessante cronologia:

1517: Monge Martinho  Lutero Fixa suas 95 teses na porta do castelo de Wittenberg na Alemanha, defendendo as indulgencias, que é negada pela maioria dos protestantes e contestando muitas doutrinas da Igreja. Nasce então o protestantismo.

1521: Lutero começa a tradução da bíblia para o alemão, modificando algumas passagens e removendo livros da bíblia, 7 do antigo testamento e alguns do novo testamento como Tiago, Apocalipse e etc (Livros que não eram compatíveis com suas novas doutrinas), como base em que ele fez isto?

 1524: Nascem então os anabatistas, (ou rebatizadores). Interpretavam as ousadamente as idéias de Lutero, e negavam o batismo de crianças, o que não era condenado por Lutero.

1525: Surgem várias revoltas de camponeses inspirados nas idéias de Lutero e eram incitados pelo anabatista Thomas Münzer. Lutero deixou o castelo onde estava e voltou a Wittenberg. Conseguiu apoio do braço secular para restabelecer  a ordem, e teve que enfrentar os camponeses. Lutero optou pela sufocação violenta dos revoltosos, e Thomas Münzer foi decapitado, o que fez com que Lutero perdesse popularidade com o povo, pois o povo viu que sua nova “Igreja” era para os ricos e não para os pobres.

1534: Terminou a tradução da bíblia, no castelo onde permaneceu, durante este tempo sofreu crises nervosas muito violentas, que ele considerava como assaltos diabólicos. ¹

1537: Lutero devido a seus pensamentos de que não era digno de salvação e que nada que fizesse poderia contribuir para sua salvação, formulou então a doutrina da “Sola Fide” ou “somente a fé”, que diz que somente a fé pode nos salvar, as obras de nada adiantam, o que foi um dos motivos que o levou a arrancar da bíblia a epistola de Tiago, pois esta contradiz sua doutrina Cf. Tiago 2, 14-26.

Daí então foi um passo para a proliferação das novas seitas iluminadas pelas idéias de Lutero:

1534: Surge o Anglicanismo na Inglaterra, com o Rei Henrique VIII, por que o Papa não queria dar o divórcio ao ele e sua mulher.

1541: Calvino cria Calvinismo em Genebra na Suíça, como novas idéias além das de Lutero. País, o qual é hoje um dos países como mais ateus no mundo. Calvino embora partilhante das doutrinas de Lutero, teve seu ponto característico no conceito de Deus. Colocou a ênfase sobre a majestade divina a ponto de dizer que há duas predestinações: uma para a salvação e outra explícita para a condenação eterna. Para Ele Deus proíbe o pecado a todos, mas na verdade quer que alguns pequem, para que sejam condenados.  Em outras palavras, Deus criou alguns para irem para o céu e outros para irem para o inferno, e as palavras de Jesus, “Ide e pregai o evangelho a toda criatura” cf. Mc 16, 15, então  de nada valem, pois não adianta pregar para os que já irão para o inferno.

1567: John Knox  na Escócia cria o presbiterianismo inspirado nas idéias de Calvino.

1604: John Smith funda a Igreja Batista na Holanda, é também hoje é um dos países mais ateus do mundo. (Tão inspirados foram, como não conseguiram nem mesmo evangelizar o pais onde nasceram?)

1649: John Fox (nos Eua) funda os Quarckers. Estes não valorizavam a bíblia ao invés disso valorizavam mais a inspiração individual do crente. Por isso não tinham dogmas, nem sacramentos, apenas uma corrente de regeneração moral  baseada muito na mão violenta. Não tinham igrejas nem pastores.

1739: Surge o Metodismo fundado por John Wesley na Inglaterra. A Ruptura com o anglicanismo deu origem a esta “Igreja”.  Ordenou seus próprios bispos. A única condição para que se torne metodista é que tenha o desejo de escapar da ira vindoura e ser isento de pecado.

1830: Joseph Smith (nos EUA) supostamente guiado por Deus descobriu alguns escritos (inspirados?) perdidos, nasceu se então o mormonismo. Joseph Smith tem uma visão de 2 anjos que lhe disseram que ele não deveria se filiar a nenhuma denominação religiosa e restaurar o “cristianismo primitivo”. Em 1822 teve uma segunda visão onde foi visitado por um suposto anjo Moroni, onde anunciou que Joseph deveria achar placas de ouro ocultas onde se encontrava uma maravilhosa história do povo de Deus nos EUA. Em 1827 o anjo o levou a uma montanha ele cavou e encontrou as placas nasceu se assim o mormonismo.

Algumas de suas doutrinas são:

Existe um Deus que é “Pai, Filho e Espírito Santo”; O Pai porém, tem carne e osso; quando ao filho e ao E.S são apenas emanações do pai.

O homem é eterno e viveu no reino de Deus antes de vim a terra, neste mundo os homens não têm lembranças da vida passada, para poderem aceitar livremente ou rejeitar o evangelho. Caso não cheguem ao conhecimento de Cristo nesta vida poderão chegar após a morte por um batismo póstumo (ou pós morte).

Este Batismo é uma das mais estranhas doutrinas desta seita que é administrado por parentes do defunto.

Também praticam o casamento pelos mortos, uma mulher que morra sem ter casado nesta vida pode ser casada por seus parentes a um outro morto no além.

1831: Willian Müller funda o Adventismo (nos EUA) 1831, veio da Igreja batista com uma nova revelação de quando supostamente Cristo Iria voltar, marcou a data e até hoje Cristo nunca voltou. Seus  discípulos tentaram recalcular as datas e previram para 1844 e novamente Cristo não voltou. Em meio ao descontentamento das pessoas que os seguiam, surge entoa uma Sra. Chamada Ellen Goud White, que veio com uma nova interpretação, assim ela explicou que a data estava certa o que estava errado era o acontecimento, segundo ela naquele ano cristo não iria voltar e sim entrar nos “Santos dos Santos” do céu  para terminar o sacrifício que não terminou na cruz, que ela dizia ter visto com seus próprios olhos.   Surge então o Juizo investigativo que supõe que Jesus não terminou seu sacrifício na cruz, mas sim em 1844.

Depois que Müller morreu Elen White se tornou a grande mestra do Adventismo, passaram então a observar o sábado, exigem não somente a fé nas escrituras, mas também nos escritos desta cidadã.

Pregam uma doutrina rígida em relação a alimentação o que nos leva a lembrar de uma seita religiosa herética que surgiu nos primeiros séculos através de um sacerdote o Montanismo.

Alguns escritos da sua grande “profetiza” ensina que Jesus é semelhante a nós inclusive em pecado a bíblia, porém diz que Jesus é “santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e elevado além dos céus, que não tem necessidade, como os outros sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro pelos pecados próprios, depois pelos do povo; pois isto o fez de uma só vez para sempre, oferecendo-se a si mesmo” (Cf. Hb 7,22-27)

1900: Surge nos EUA o Pentecostalismo criado por Charles Parham. Este movimento ensinava que o homem depois da conversão (necessária a salvação), o cristão deve passa por uma “segunda bênção” ou uma nova e mais profunda experiência religiosa que era chamada de “batismo no Espírito Santo”. De início os precursores deste movimento não tinham a intenção de criar uma nova denominação, mas como foram rejeitados por suas denominações  romperam com elas, o que deu início ao maior denominacionalismo da história protestante. Nenhuma denominação protestante está sujeita a dividir-se e subdividir-se tanto quando os pentecostais. Isto ocorre por que as raízes e forças propulsoras são muito subjetivas e emocionais. O crente pentecostal que julgue ter uma visão ou uma “profecia”, facilmente se torna fundador de um ramo independente.

  1. A Emoção muitas vezes supera a razão.
  1. Propensão forte a fenômenos tidos como extraordinários que fazem, vibrar, aplaudir, gritar, dificultando o raciocínio e o senso crítico.
  1. Neste ritmo os pentecostais se afastam cada vez mais do genuíno cristianismo. Tendem a fazer da religião um serviço ao homem e não a Deus; o antropocentrismo predomina, ainda que veladamente. Os seus templos se transformam mais e mais em salões de proclamação da bíblia e com pregação, com a realização de “milagres” correspondentes. (PR n. 282/1985, p. 373s )

1916: Charles Taze Russell  nos EUA também “inspirado” por “deus”  funda os Testemunhas de Jeová. (Ramo que difere um pouco do protestantismo normal) . Esta é uma seita de características peculiares, mas que surgiram como todas as outras denominações protestantes de supostas revelações de Deus. Russell era presbiteriano, insatisfeito com sua denominação e com uma descoberta que fez de que depois dos apóstolos ninguém havia compreendido o evangelho ficou se entoa reservado a Russell a missão de proclamá-lo ao mundo.

Baseados em Textos de Daniel e Ezequiel este cidadão tentou por várias vezes adivinhar a data da vinda de Cristo  para 1914, chegou a data nada aconteceu, depois seus sucessores tentaram adivinhar para 1925, nada aconteceu, de novo tentaram para 1968, nada aconteceu e novamente para 1975 e até hoje esperamos a vinda de Cristo.

O principal erro dos testemunhas de Jeová é que negam a divindade de Cristo, dizem que Cristo é como se fosse um semi –deus que apenas veio cumprir um papel aqui.

Falam que apenas 144 mil irão para o céu ver a face de Deus os demais salvos ficaram aqui na terra.

As almas dos que não aceitarem Jeová serão aniquilados, ou seja, deixarão de existir.

1977: No Brasil Edir Macedo funda a “Igreja Universal do Reino de Deus”. Edir Macedo depois de passar por várias religiões entra na Igreja Pentecostal Nova Vida depois de anos rompe com a mesma, funda a Igreja Universal, auto sagrou-se bispo e conseqüentemente sagrou seus companheiros. Feito se “bispo”, Edir criou para si um vasto império. Como pregador do evangelho e arauto de curas, foi adquirindo vários meios de comunicação e outros bens materiais no Brasil e no interior.

Diz ele : “O dinheiro é uma ferramenta sagrada que Deus usa na sua Obra” (Jornal da tarde, 06/04/ 1991, p. 14)

Esta é mais uma denominação a serviço do homem e não de Deus. Se torna uma pronto socorro religioso aonde as pessoas vão pra serem curadas e não para adorarem a Deus.

A Religião antes de tudo é a ligação do homem a Deus; tem como objetivo primeiro adorar e glorificar a Deus, por que Ele é santo e infinitamente bom e sábio, independentemente, deste ou daquele feito extraordinário que ele tenha feito.

Anos seguintes:

Surge o neopentecostalismo.

Entre os neopentecostais surgem as vigílias do ré-té-té, reuniões feitas às sextas feiras a partir da meia noite onde o culto ocorre em meio a gritarias e rodopios que nos lembram mais centros de umbanda do que um culto a Deus. Quem quiser saber mais sobre esta vigília é só ler uma matéria já publicada no blog:

https://sadoutrina.wordpress.com/2010/06/30/louvor-e-adoracao-ou-macumbaria/

Surge a teologia da prosperidade, uma das mais pérfidas doutrinas surgidas no meio protestante. Segundo a Teologia da Prosperidade, Deus concede riqueza e bens materiais a quem Lhe é fiel e paga o dizimo com generosidade; mas esta concepção está mal fundamentada. No entanto o adeptos dessa teologia, baseiam-se no Antigo Testamento para dizer que os homens de Deus foram ricos como Salomão, e que Jesus prometeu que veio para que tenhamos “vida em abundância”. (Jo 10,10)

Jesus nunca ensinou que o Evangelho pudesse ser uma fonte de enriquecimento ou um meio de se levar uma vida “regalada”, “em nome de Deus”; ao contrário, o Senhor ofereceu a renúncia e a cruz àqueles que o seguirem:

“Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz a cada dia e me siga. Porque, quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la, mas quem sacrificar a sua vida por amor de mim salvá-la-á” (Lc 9,23-24).

Jesus fala de sacrifico, renúncia, perder a própria vida; e diz que se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, não pode dar fruto (cf. Jo 12, 24). Isto está longe de ser um ensinamento de enriquecimento porque se faz a vontade de Deus. Ele não é contra a riqueza justa, e sabiamente usada para o bem de si mesmo e dos outros, mas isto está longe de justificar a teologia da prosperidade.

A fraguimentação das seitas se tornou tão grande que é impossível relatar todas aqui, foram citadas aqui apenas as mais conhecidas.

Depois desta leitura podemos novamente nos perguntar: “É bíblico o protestantismo?”

“Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se levantaram no mundo. Nisto se reconhece o Espírito de Deus: todo espírito que proclama que Jesus Cristo se encarnou é de Deus; todo espírito que não proclama Jesus esse não é de Deus, mas é o espírito do Anticristo de cuja vinda tendes ouvido, e já está agora no mundo.”  (1 Jo 4, 1-3)

Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.” (2 Tm 4, 3-4)

Referencias bibliográficas:

– Aquino, Felipe Rinaldo Queiroz de, Falsas doutrinas: Seitas e religiões 10ª Ed. – Lorena:  Cléofas, 2009.

Dom Estevão Bettencourt, OSB;  Apostila “Diálogo Ecumênico” , Escola Mater  Ecclesiae

Revista Pergunte & Responderemos n. 282/1985, p. 373s

comentários
  1. Jaciane disse:

    Bando de mentirosos, que deturpam os verdadeiros acontecimentos
    Certo que Lutero não é o guia dos protestantes como o papa é da igreja católica,
    podem pesquisar em qualquer lugar até mesmo aqui na net, em livros de cléricos a verdade será outra.
    Lutero se levantou contra a igreja católica exatamente porque não aceitava a compra de indulgência que a tal instituição da sã doutrina pregava.
    E naquela época como a Bíblia era escrita em latim só os cléricos tinham acesso a leitura porque eram os únicos que aprediam o latim e assim liam e aquilo que lhe conviam é que citavam, então Lutero com suas 95 teses mostravam as mentiras da igreja católica, isso era inaceitável ainda mais porque nesse tempo quem tinha o poder era o clero.
    Com sua excomunhão e com as traduções da bíblia em vários idiomas daria acesso a qualquer pessoa ler a bíblia e conhecer as mentiras da igreja católica, por isso a igreja católica perseguiu e matou muitos protestantes.
    Podem chamar de protestantes, porque protestam o que a igreja católica prega que não condiz com a Bíblia Sagrada, mas somos Cristãos porque seguimos a Cristo.
    Lutero foi o que desencadeou A REFORMA PROTESTANTE.
    Apesar de duvidar que este post seja permitido na página vou esperar…

    • Rafasoftwares disse:

      Cara Jaciane Que a paz do Senhor esteja com você e com os Seus.

      Mentirosos Nós? Me mostre onde Estamos mentindo nesta metéria? è pecado levantar falso testemunho contra o próximo viu?

      Você fala das 95 teses de Lutero pelo menos algum dia você já as leu?
      Qual o conteúdo dela você pode me dizer? Pode citar aqui pelo menos uma?
      Não fale do que você não sabe minha cara.

      Quando Lutero Traduziu a Bíblia pra o alemão, ela já havia sido traduzida pra várias outras linguas. A bíblia que era em latim era a vulgata Latina considerada a mais fiel tradução pela Igreja por isso era utilizada.

      Mediante o exposto neste texto quem é que naõ segue a Bíblia a Igeja católica as seitas protestantes?

      Se você quizer se cegar que se cegue mas estar ai exposto.

      “Tornei me acaso vosso inimigo por que vos disse a verdade” São Paulo

    • manuel disse:

      O fundador do Protestantismo é o próprio DIABO.
      Cada ano vão surgindo Igrejas,Jesus disse que muitos virão em meu Nome,é uma profecia que esta se cumprindo cada dia.

  2. Jaciane disse:

    A Paz querido, perdoe-me a indignação, mas é inevitável.
    Lembrando sobre a mentira de dizer que as indulgências quem defendia era o pobre Lutero, na qual é provada em qualquer fonte de pesquisa que esta abominação quem praticava era a igreja católica e Lutero se levantou contra. Lembrando que em livros de cléricos esta verdade é distorcida como na matéria acima.
    E a respeito das 95 teses não vou lhe citar apenas 1 e sim todos:

    1. Ao dizer: “Fazei penitência”, etc. [Mt 4.17], o nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo quis que toda a vida dos fiéis fosse penitência.

    2. Esta penitência não pode ser entendida como penitência sacramental (isto é, da confissão e satisfação celebrada pelo ministério dos sacerdotes).

    3. No entanto, ela não se refere apenas a uma penitência interior; sim, a penitência interior seria nula se, externamente, não produzisse toda sorte de mortificação da carne.

    4. Por conseqüência, a pena perdura enquanto persiste o ódio de si mesmo (isto é a verdadeira penitência interior), ou seja, até a entrada do reino dos céus.

    5. O papa não quer nem pode dispensar de quaisquer penas senão daquelas que impôs por decisão própria ou dos cânones.

    6. O papa não tem o poder de perdoar culpa a não ser declarando ou confirmando que ela foi perdoada por Deus; ou, certamente, perdoados os casos que lhe são reservados. Se ele deixasse de observar essas limitações, a culpa permaneceria.

    7. Deus não perdoa a culpa de qualquer pessoa sem, ao mesmo tempo, sujeitá-la, em tudo humilhada, ao sacerdote, seu vigário.

    8. Os cânones penitenciais são impostos apenas aos vivos; segundo os mesmos cânones, nada deve ser imposto aos moribundos.

    9. Por isso, o Espírito Santo nos beneficia através do papa quando este, em seus decretos, sempre exclui a circunstância da morte e da necessidade.

    10. Agem mal e sem conhecimento de causa aqueles sacerdotes que reservam aos moribundos penitências canônicas para o purgatório.

    11. Essa cizânia de transformar a pena canônica em pena do purgatório parece ter sido semeada enquanto os bispos certamente dormiam.

    12. Antigamente se impunham as penas canônicas não depois, mas antes da absolvição, como verificação da verdadeira contrição.

    13. Através da morte, os moribundos pagam tudo e já estão mortos para as leis canônicas, tendo, por direito, isenção das mesmas.

    14. Saúde ou amor imperfeito no moribundo necessariamente traz consigo grande temor, e tanto mais quanto menor for o amor.

    15. Este temor e horror por si sós já bastam (para não falar de outras coisas) para produzir a pena do purgatório, uma vez que estão próximos do horror do desespero.

    16. Inferno, purgatório e céu parecem diferir da mesma forma que o desespero, o semidesespero e a segurança.

    17. Parece necessário, para as almas no purgatório, que o horror devesse diminuir à medida que o amor crescesse.

    18. Parece não ter sido provado, nem por meio de argumentos racionais nem da Escritura, que elas se encontrem fora do estado de mérito ou de crescimento no amor.

    19. Também parece não ter sido provado que as almas no purgatório estejam certas de sua bem-aventurança, ao menos não todas, mesmo que nós, de nossa parte, tenhamos plena certeza disso.

    20. Portanto, por remissão plena de todas as penas, o papa não entende simplesmente todas, mas somente aquelas que ele mesmo impôs.

    21. Erram, portanto, os pregadores de indulgências que afirmam que a pessoa é absolvida de toda pena e salva pelas indulgências do papa.

    22. Com efeito, ele não dispensa as almas no purgatório de uma única pena que, segundo os cânones, elas deveriam ter pago nesta vida.

    23. Se é que se pode dar algum perdão de todas as penas a alguém, ele, certamente, só é dado aos mais perfeitos, isto é, pouquíssimos.

    24. Por isso, a maior parte do povo está sendo necessariamente ludibriada por essa magnífica e indistinta promessa de absolvição da pena.

    25. O mesmo poder que o papa tem sobre o purgatório de modo geral, qualquer bispo e cura tem em sua diocese e paróquia em particular.

    26. O papa faz muito bem ao dar remissão às almas não pelo poder das chaves (que ele não tem), mas por meio de intercessão.

    27. Pregam doutrina mundana os que dizem que, tão logo tilintar a moeda lançada na caixa, a alma sairá voando [do purgatório para o céu].

    28. Certo é que, ao tilintar a moeda na caixa[1], pode aumentar o lucro e a cobiça; a intercessão da Igreja, porém, depende apenas da vontade de Deus.

    29. E quem é que sabe se todas as almas no purgatório querem ser resgatadas, como na história contada a respeito de São Severino e São Pascoal?

    30. Ninguém tem certeza da veracidade de sua contrição, muito menos de haver conseguido plena remissão.

    31. Tão raro como quem é penitente de verdade é quem adquire autenticamente as indulgências, ou seja, é raríssimo.

    32. Serão condenados em eternidade, juntamente com seus mestres, aqueles que se julgam seguros de sua salvação através de carta de indulgência.

    33. Deve-se ter muita cautela com aqueles que dizem serem as indulgências do papa aquela inestimável dádiva de Deus através da qual a pessoa é reconciliada com Ele.

    34. Pois aquelas graças das indulgências se referem somente às penas de satisfação sacramental, determinadas por seres humanos.

    35. Os que ensinam que a contrição não é necessária para obter redenção ou indulgência, estão pregando doutrinas incompatíveis com o cristão.

    36. Qualquer cristão que está verdadeiramente contrito tem remissão plena tanto da pena como da culpa, que são suas dívidas, mesmo sem uma carta de indulgência.

    37. Qualquer cristão verdadeiro, vivo ou morto, participa de todos os benefícios de Cristo e da Igreja, que são dons de Deus, mesmo sem carta de indulgência.

    38. Contudo, o perdão distribuído pelo papa não deve ser desprezado, pois – como disse – é uma declaração da remissão divina[2].

    39. Até mesmo para os mais doutos teólogos é dificílimo exaltar simultaneamente perante o povo a liberalidade de indulgências e a verdadeira contrição.[3]

    40. A verdadeira contrição procura e ama as penas, ao passo que a abundância das indulgências as afrouxa e faz odiá-las, ou pelo menos dá ocasião para tanto.[4]

    41. Deve-se pregar com muita cautela sobre as indulgências apostólicas, para que o povo não as julgue erroneamente como preferíveis às demais boas obras do amor.[5]

    42. Deve-se ensinar aos cristãos que não é pensamento do papa que a compra de indulgências possa, de alguma forma, ser comparada com as obras de misericórdia.

    43. Deve-se ensinar aos cristãos que, dando ao pobre ou emprestando ao necessitado, procedem melhor do que se comprassem indulgências.[6]

    44. Ocorre que através da obra de amor cresce o amor e a pessoa se torna melhor, ao passo que com as indulgências ela não se torna melhor, mas apenas mais livre da pena.

    45. Deve-se ensinar aos cristãos que quem vê um carente e o negligencia para gastar com indulgências obtém para si não as indulgências do papa, mas a ira de Deus.

    46. Deve-se ensinar aos cristãos que, se não tiverem bens em abundância, devem conservar o que é necessário para sua casa e de forma alguma desperdiçar dinheiro com indulgência.

    47. Deve-se ensinar aos cristãos que a compra de indulgências é livre e não constitui obrigação.

    48. Deve ensinar-se aos cristãos que, ao conceder perdões, o papa tem mais desejo (assim como tem mais necessidade) de oração devota em seu favor do que do dinheiro que se está pronto a pagar.

    49. Deve-se ensinar aos cristãos que as indulgências do papa são úteis se não depositam sua confiança nelas, porém, extremamente prejudiciais se perdem o temor de Deus por causa delas.

    50. Deve-se ensinar aos cristãos que, se o papa soubesse das exações dos pregadores de indulgências, preferiria reduzir a cinzas a Basílica de S. Pedro a edificá-la com a pele, a carne e os ossos de suas ovelhas.

    51. Deve-se ensinar aos cristãos que o papa estaria disposto – como é seu dever – a dar do seu dinheiro àqueles muitos de quem alguns pregadores de indulgências extorquem ardilosamente o dinheiro, mesmo que para isto fosse necessário vender a Basílica de S. Pedro.

    52. Vã é a confiança na salvação por meio de cartas de indulgências, mesmo que o comissário ou até mesmo o próprio papa desse sua alma como garantia pelas mesmas.

    53. São inimigos de Cristo e do Papa aqueles que, por causa da pregação de indulgências, fazem calar por inteiro a palavra de Deus nas demais igrejas.

    54. Ofende-se a palavra de Deus quando, em um mesmo sermão, se dedica tanto ou mais tempo às indulgências do que a ela.

    55. A atitude do Papa necessariamente é: se as indulgências (que são o menos importante) são celebradas com um toque de sino, uma procissão e uma cerimônia, o Evangelho (que é o mais importante) deve ser anunciado com uma centena de sinos, procissões e cerimônias.

    56. Os tesouros da Igreja, a partir dos quais o papa concede as indulgências, não são suficientemente mencionados nem conhecidos entre o povo de Cristo.

    57. É evidente que eles, certamente, não são de natureza temporal, visto que muitos pregadores não os distribuem tão facilmente, mas apenas os ajuntam.

    58. Eles tampouco são os méritos de Cristo e dos santos, pois estes sempre operam, sem o papa, a graça do ser humano interior e a cruz, a morte e o inferno do ser humano exterior.

    59. S. Lourenço disse que os pobres da Igreja são os tesouros da mesma, empregando, no entanto, a palavra como era usada em sua época.

    60. É sem temeridade que dizemos que as chaves da Igreja, que foram proporcionadas pelo mérito de Cristo, constituem estes tesouros.

    61. Pois está claro que, para a remissão das penas e dos casos especiais, o poder do papa por si só é suficiente.[7]

    62. O verdadeiro tesouro da Igreja é o santíssimo Evangelho da glória e da graça de Deus.

    63. Mas este tesouro é certamente o mais odiado, pois faz com que os primeiros sejam os últimos.

    64. Em contrapartida, o tesouro das indulgências é certamente o mais benquisto, pois faz dos últimos os primeiros.

    65. Portanto, os tesouros do Evangelho são as redes com que outrora se pescavam homens possuidores de riquezas.

    66. Os tesouros das indulgências, por sua vez, são as redes com que hoje se pesca a riqueza dos homens.

    67. As indulgências apregoadas pelos seus vendedores como as maiores graças realmente podem ser entendidas como tais, na medida em que dão boa renda.

    68. Entretanto, na verdade, elas são as graças mais ínfimas em comparação com a graça de Deus e a piedade da cruz.

    69. Os bispos e curas têm a obrigação de admitir com toda a reverência os comissários de indulgências apostólicas.

    70. Têm, porém, a obrigação ainda maior de observar com os dois olhos e atentar com ambos os ouvidos para que esses comissários não preguem os seus próprios sonhos em lugar do que lhes foi incumbidos pelo papa.

    71. Seja excomungado e amaldiçoado quem falar contra a verdade das indulgências apostólicas.

    72. Seja bendito, porém, quem ficar alerta contra a devassidão e licenciosidade das palavras de um pregador de indulgências.

    73. Assim como o papa, com razão, fulmina aqueles que, de qualquer forma, procuram defraudar o comércio de indulgências,

    74. muito mais deseja fulminar aqueles que, a pretexto das indulgências, procuram fraudar a santa caridade e verdade.

    75. A opinião de que as indulgências papais são tão eficazes a ponto de poderem absolver um homem mesmo que tivesse violentado a mãe de Deus, caso isso fosse possível, é loucura.

    76. Afirmamos, pelo contrário, que as indulgências papais não podem anular sequer o menor dos pecados venais no que se refere à sua culpa.

    77. A afirmação de que nem mesmo São Pedro, caso fosse o papa atualmente, poderia conceder maiores graças é blasfêmia contra São Pedro e o Papa.

    78. Dizemos contra isto que qualquer papa, mesmo São Pedro, tem maiores graças que essas, a saber, o Evangelho, as virtudes, as graças da administração (ou da cura), etc., como está escrito em I.Coríntios XII.

    79. É blasfêmia dizer que a cruz com as armas do papa, insigneamente erguida, eqüivale à cruz de Cristo.

    80. Terão que prestar contas os bispos, curas e teólogos que permitem que semelhantes sermões sejam difundidos entre o povo.

    81. Essa licenciosa pregação de indulgências faz com que não seja fácil nem para os homens doutos defender a dignidade do papa contra calúnias ou questões, sem dúvida argutas, dos leigos.

    82. Por exemplo: Por que o papa não esvazia o purgatório por causa do santíssimo amor e da extrema necessidade das almas – o que seria a mais justa de todas as causas –, se redime um número infinito de almas por causa do funestíssimo dinheiro para a construção da basílica – que é uma causa tão insignificante?

    83. Do mesmo modo: Por que se mantêm as exéquias e os aniversários dos falecidos e por que ele não restitui ou permite que se recebam de volta as doações efetuadas em favor deles, visto que já não é justo orar pelos redimidos?

    84. Do mesmo modo: Que nova piedade de Deus e do papa é essa que, por causa do dinheiro, permite ao ímpio e inimigo redimir uma alma piedosa e amiga de Deus, mas não a redime por causa da necessidade da mesma alma piedosa e dileta por amor gratuito?

    85. Do mesmo modo: Por que os cânones penitenciais – de fato e por desuso já há muito revogados e mortos – ainda assim são redimidos com dinheiro, pela concessão de indulgências, como se ainda estivessem em pleno vigor?

    86. Do mesmo modo: Por que o papa, cuja fortuna hoje é maior do que a dos ricos mais crassos, não constrói com seu próprio dinheiro ao menos esta uma basílica de São Pedro, ao invés de fazê-lo com o dinheiro dos pobres fiéis?

    87. Do mesmo modo: O que é que o papa perdoa e concede àqueles que, pela contrição perfeita, têm direito à plena remissão e participação?

    88. Do mesmo modo: Que benefício maior se poderia proporcionar à Igreja do que se o papa, assim como agora o faz uma vez, da mesma forma concedesse essas remissões e participações cem vezes ao dia a qualquer dos fiéis?

    89. Já que, com as indulgências, o papa procura mais a salvação das almas do que o dinheiro, por que suspende as cartas e indulgências, outrora já concedidas, se são igualmente eficazes?

    90. Reprimir esses argumentos muito perspicazes dos leigos somente pela força, sem refutá-los apresentando razões, significa expor a Igreja e o papa à zombaria dos inimigos e fazer os cristãos infelizes.

    91. Se, portanto, as indulgências fossem pregadas em conformidade com o espírito e a opinião do papa, todas essas objeções poderiam ser facilmente respondidas e nem mesmo teriam surgido.

    92. Portanto, fora com todos esses profetas que dizem ao povo de Cristo “Paz, paz!” sem que haja paz!

    93. Que prosperem todos os profetas que dizem ao povo de Cristo “Cruz! Cruz!” sem que haja cruz![8]

    94. Devem-se exortar os cristãos a que se esforcem por seguir a Cristo, seu cabeça, através das penas, da morte e do inferno.

    95. E que confiem entrar no céu antes passando por muitas tribulações do que por meio da confiança da paz.

    Fonte:
    http://www.espacoacademico.com.br/034/34tc_lutero.htm ( atenção este site não possui nenhum vínculo com qualquer religião)

    O pior cego é aquele que não quer enxergar…
    Fui cega (católica) sim por muito tempo, mas hoje vejo a Luz que é Jesus nosso salvador e ÚNICO DIGNO DE TODA HONRA E TODA A GLÓRIA.

    Que Deus Abençoe poderosamente e perdoe-me
    não tive o desejo de ofender ninguém e sim mostrar a real verdade.
    espero ver este post também na página. Obrigada.

    • manuel disse:

      Jaciane;

      Mesmo estudando a história do Cristianismo,não consegues enxergar que as doutrinas Protestantes são erradas a Solas Scriptura e Solas Fidei é uma aberração fui protestante durante 30 anos,agora estou na catequese na Igreja Católica para o meu casamento.

      Como um Deus ùnico,pode ser interpretado aleatoriamente a belo prazer, é necessário um Magistério com plenitude do Espirito Santo para poder escutar a voz de Deus e formular os ensinamentos sem erro.
      Durante 400 anos da Cristianismo não havia Bíblia a Igreja católica é quem a Compilou ,abra os olhos só existe uma verdade e não verdades.Só existe uma Bíblia e não duas ou tres.

      Veja estes link.



      https://sadoutrina.wordpress.com/2011/04/19/e-biblico-o-protestantismo/#comment-538

  3. Jaciane disse:

    Se você percebeu para que era usada as indulgências?
    Garanto que não era idéia de Lutero construir a basílica de são pedro.

    • Rafasoftwares disse:

      Cara Jaciane,

      Você Copia e Cola as coisas aqui e esquece de ler o que posta, como eu disse você não sabe qual o conteúdo e o contexto em que Lutero Escreveu as 95 e nem o por que, veja a tese de nº 50 e 51 que você mesmo postou o que diz:

      50. Deve-se ensinar aos cristãos que, se o papa soubesse das exações dos pregadores de indulgências, preferiria reduzir a cinzas a Basílica de S. Pedro a edificá-la com a pele, a carne e os ossos de suas ovelhas.

      51. Deve-se ensinar aos cristãos que o papa estaria disposto – como é seu dever – a dar do seu dinheiro àqueles muitos de quem alguns pregadores de indulgências extorquem ardilosamente o dinheiro, mesmo que para isto fosse necessário vender a Basílica de S. Pedro.

      Veja que Lutero Defende O Papa Leão e mostra que ele não era a favor das extorções dos pregadores.

      Veja o que ele diz Novamente na Tese de Número 91:

      91. Se, portanto, as indulgências fossem pregadas em conformidade com o espírito e a opinião do papa, todas essas objeções poderiam ser facilmente respondidas e nem mesmo teriam surgido.

      Veja que Ele era a favor e defendia as indulgencias:

      41. Deve-se pregar com muita cautela sobre as indulgências apostólicas, para que o povo não as julgue erroneamente como preferíveis às demais boas obras do amor.

      49. Deve-se ensinar aos cristãos que as indulgências do papa são úteis se não depositam sua confiança nelas, porém, extremamente prejudiciais se perdem o temor de Deus por causa delas.

      Portanto mais do que provado por a+b que Lutero Defendia as indulgencias e reconhecia a eficácia delas.

      Ele apenas era contra as extorções e má condulta das pessoas que pregavam como se tivessem o poder de perdoar pecados e absolver a pessoa de vulpas por seus pecados.

      Portanto é melhor antes você procurar se informar bem das coisas antes de fazer qualquer comentário.

      Você pensa que deixou de ser cega.

    • fabio disse:

      Isso é sério?
      Vou roubar ali para construir um bom orfanato… Se um dia matarem o meu pai isso dá-me o direito de matar, mesma lógica.

      • Rafasoftwares disse:

        Caro Fábio Barros,

        Se não entendeu o Exposto, veja como eu falei, que de modo nenhum a Igreja apoiava extorções para a arrecadação de fundos, o próprio Lutero fala que se o Papa soubesse preferiria por abaixo toda a basilica.

        O próprio promotor da “reforma”, já deixava claro o que acontecia.

        In Cord, Iesu, Semper,

        Rafael Rodrigues.

  4. Rafasoftwares disse:

    O Concilio de Trento instituiu severas reformas na prática de conceder indulgências, causa de anteriores abusos, “em 1567 o Papa Pio V cancelou todas as concessões de indulgências que tiveram a ver com pagamentos ou outras transações financeiras” (Enciclopédia Católica). Este fato prova a seriedade da Igreja ao eliminar os abusos das indulgências.

  5. PAULINO disse:

    Rafael meu caro, você começa errando em afirmar:
    1) Depois que Müller morreu Elen White se tornou a grande mestra do Adventismo, passaram então a observar o sábado, exigem não somente a fé nas escrituras, mas também nos escritos desta cidadã.

    R: Onde você tirou isso! Nossa única regra de fé é a bíblia.Os escritos de Ellen White nos leva para bíblia!!!

    2) Pregam uma doutrina rígida em relação a alimentação o que nos leva a lembrar de uma seita religiosa herética que surgiu nos primeiros séculos através de um sacerdote o Montanismo.

    R: Essa doutrina que você chama de rígida que te faz lembrar de seita veio de Deus, você sabe muito bem disso amigo!
    Rafael, Deus não muda! Jesus morreu foi para purificar pecadores e não porcos!!!!!
    Mostre-me na bíblia algum apostolo comendo carnes imundas.
    Não me venha interpretando os escritos de Paulo de forma errada, Paulo disse em atos 25:8(NENHUM PECADO COMETI CONTRA A LEI DOS JUDEUS). SERÁ QUE PAULO MENTIU?

    3) Alguns escritos da sua grande “profetiza” ensina que Jesus é semelhante a nós inclusive em pecado a bíblia, porém diz que Jesus é “santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores e elevado além dos céus, que não tem necessidade, como os outros sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro pelos pecados próprios, depois pelos do povo; pois isto o fez de uma só vez para sempre, oferecendo-se a si mesmo” (Cf. Hb 7,22-27)

    R: RAFAEL ME MOSTRE ONDE ELLEN WHITE DISSE ISSO? SEM FONTES ISSO SE CARACTERIZA UMA MENTIRA.
    CRISTO VEI EM SEMELHANÇA DA CARNE PECAMINO(ROMANOS 8:3), MAIS ISSO NÃO QUER DIZER QUE ELE PECOU!

    PARA FINALIZAR VEJA O QUE CRISTO DISSE EM MATEUS 15:6
    E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus.
    Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo:
    Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.
    AHH ESQUECI!!!
    SOLTAS OS COMENTARIOS DAS OUTRAS MATERIAS!!!!!!!! já tem mais de meses!!!!

    • Rafasoftwares disse:

      Csaro Paulino Leia com ateñção a resposta:

      Ahhh com certeza os escritos desta senhora levam a bíblia. Então você tem que ler mais os escritos dela, por que não foi isso que eu encontrei lá. Leia mais um pouco este site “Ellen White Exposta”:

      http://www.ellenwhiteexposed.com/port/index.html

      Bem, Ellen White não escreveu o ditames a baixo por favor desconsidere o que escrevi no texto:

      Ellen W. Diz: “Satanás, que é o pai de mentiras, enganou Adão em uma maneira similar, dizendo que ele não precisa obedecem a Deus, que ele não iria morrer se ele transgrediu a lei”, (Evangelismo, p. 598).

      A BÍBLIA diz : 1 Timóteo 2:14 E Adão não foi enganado, foi a mulher que foi enganada e se tornou uma pecadora.

      Uma cidadã que diz que Homens fizeram sexo com animais e geraram frutos com certeza nos leva a bíblia:

      Ela diz : “Mas se havia um pecado acima de outra que levou a destruição da raça pelo dilúvio, foi o aviltante crime de amálgama de homem e animal, que desfigurou a imagem de Deus e causou confusão por toda parte” (Spiritual Gifts , Vol. 3, p. 64).

      Ela diz “Todas as espécies de animais que Deus criara foram preservadas na arca As espécies confusas que Deus não criou, que eram o resultado de amalgamação, foram destruídas pela enchente. Desde o dilúvio tem havido amálgama de homem e besta, como pode ser visto em quase infinitas variedades de espécies de animais, e em certas raças de homens” (Spiritual Gifts, vol. 3, p. 75).

      Sobre os Hábitos alimentares:

      Ora meu caro, este assunto já foi debatido aqui no blog em outras matérias onde eu lhe mostrei Paulo falando que não tinha nada haver as carnes ou qualquer outro tipo de comida, primeiro por que as restrições alimentares dos judeus era fatos de costumes e não de uma ordem direta de Deus como mandamento.

      Se então Paulo não contradiz a lei dos Judeus, então por que você não deixa de cortar os cabelos, você não deixa de fazer a barba, anda só 200 passos dia de domingo e etc.? Ora se isso foi abolido então por que as carnes não foram?

      A própria sra. Ellen White que em 1869 diz que adotou os hábitos alimentares rígidos alguns anos depois mesmo caem em contradição, dizendo que comeu Pato e veado em uma viagem as montanhas do colorado, que grande contradição não?

      “Se um profeta ensina a verdade e ele mesmo não cumpre o que ensina, então ele é um falso profeta” (Didaquê primeiro catecismo Cristão Século I)Colossenses 2, 16 Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados. 17 Tudo isto não é mais que sombra do que devia vir. A realidade é Cristo.

      Lucas 7, 33. Pois veio João Batista, que nem comia pão nem bebia vinho, e dizeis: Ele está possuído do demônio. 34. Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizeis: Eis um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e libertinos. 35. Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos.

      Marcos 7, 15. Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa manchar; mas o que sai do homem, isso é que mancha o homem. 16. [bom entendedor meia palavra basta.] 17. Quando deixou o povo e entrou em casa, os seus discípulos perguntaram-lhe acerca da parábola. 18. Respondeu-lhes: Sois também vós assim ignorantes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode tornar impuro.

      Romanos 14, 14. Sei, estou convencido no Senhor Jesus de que nenhuma coisa é impura em si mesma; somente o é para quem a considera impura. 15. Ora, se por uma questão de comida entristeces o teu irmão, já não vives segundo a caridade. Pela comida não causes a perdição daquele por quem Cristo morreu! 16. Não venha a tornar-se objeto de calúnia a tua vantagem. 17. O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e gozo no Espírito Santo. 18. Quem deste modo serve a Cristo, agrada a Deus e goza de estima dos homens. 19. Portanto, apliquemo-nos ao que contribui para a paz e para a mútua edificação. 20. Não destruas a obra de Deus por questão de comida. Todas as coisas, em verdade, são puras, mas o que é mau para um homem é o fato de comer provocando um escândalo. 21. Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem outra coisa que para teu irmão possa ser uma ocasião de queda. 22. Tens uma convicção; guarda-a para ti mesmo, diante de Deus. Feliz é aquele que não se condena a si mesmo no ato a que se decide. 23. Mas, aquele que come apesar de suas dúvidas, condena-se, por não se guiar pela convicção. Tudo o que não procede da convicção é pecado.

      Vê ai Paulo falando claramente de alimentos? vai me dizer que é outra coisa agora?
      Ele Fala que Todas as Coisas São Puras em Jesus e não somente homens.

      As fontes estão no fim da matéria se você ler verá. Mas vou colocar o que encontro em minha próprias pesquisas, direto dos escritos dela.

      “Se o grão de trigo [Jesus], caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, produz muito fruto [cristãos]” [João 12.24]. Se o ‘fruto’ [cada um de nós] é composto da natureza humana pecaminosa + a natureza divina, então, identicamente, ocorreu com o Grão original. O fruto tem as mesmas características da semente e, portanto, Jesus “tornou-Se carne, exatamente como nós somos”. (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, pág 472.)

      Ora se Dizer que Jesus veio de natureza humana pecaminosa não é dizer que ele foi passível a pecado, então por favor eu retiro o que eu disse.

      È meu caro ainda bem que você sabe a passagem que você postou sobre tradições de homens, por que o que a sra Ellen White ensinou só foi isto.

      Do contrário conserve a verdadeira tradição que São Paulo nos manda seguir e que eu já lhe mostrei várias vezes aqui no blog:

      Leia sobre a tradição, e a base bíblica para a mesma:

      “permanecei, pois, constantes, irmãos, e conservai as tradições que aprendestes, ou por nossas palavras, ou por nossa carta” (II Tes. 2,14)

      “que vos aparteis de todos os que andam em desordens e não segundo a tradição que receberam de nós” (II Tes 3,6)

      “O que de mim ouvistes por muitas testemunhas, ensina-o a homens fiéis que se tornem idôneos para ensinar aos outros” (II Tim 2,2).

      A Igreja Adventista não pode seguir está verdadeira tradição, pois foi criada em 1844 muito tempo depois dos apóstolos.

      Como você mesmo diz seguir somente a bíblia, todas as outras denominações protestantes também o dizem e todas tem doutrinas diferentes. Qual destas que segue somente a bíblia é a certa, se todas se contradizem e todas dizem estar inspiradas pelo Espírito Santo?

      Todas as seus comentários que tinham eu já liberei, deletei 2 com assuntos repetidos por que já tinham muito tempo aqui sem resposta e não vi mais manifestação sua portanto apaguei, se quizer postar nova mente poste.

      In Cord Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

    • manuel disse:

      Dizer que o Papa é a Besta(666) é uma grande mentira.

  6. George Wilson Gondim de Abreu Neto disse:

    Já dizia Ghandi, o ódio não vence o ódio, só o amor vence o ódio, e assim lendo sobre a tradução da bíblia em relação aos protestantes, decobri que ele seguiram os Judeus da palestina, ora meus amigos, os Judeus da Palestina são das Tribos do Norte, ou seja, dos descendentes de Ismael, filho de Agar com Abraão. Daí reconhecer a revolta de Lutero, esse mesmo ódio que impera entre Ismael e Isaac até hoje no meio Judeu.

  7. Alex Oliveira disse:

    De onde vem a expressão “Papa”. E pq os dez mandamentos da igreja são diferentes dos da biblia?

    Grato,

    • Rafasoftwares disse:

      Alex Oliveira, que az do Senhor esteja com você e com os seus.

      A expressão Papa vem desde os primeiros séculos de Cristianismo e era usada como um titulo carinhoso para chamar os bispos em geral, com o passar do tempo esta expressão só ficou adotada para o bispo de Roma, como conhecemos hoje.

      Os 10 mandamentos da Igreja naõ são diferentes do da bíblia, nunca foram, a questão é que a economia neo-testamentária Jesus veio nos mostrar a plenitude da revelação, entõa a Igreja católica no catecismo faz uma formula catequetica, isto é de instrução do cristão fiel, para com a a nova economia que Jesus veio trazer ao mundo.

      Como é no caso do sábado e do domingo e etc..

      Para saber mais sobre lia está matéria já postado no blog:

      https://sadoutrina.wordpress.com/2010/09/14/a-igreja-catolica-alterou-os-dez-mandamentos/

  8. Jaciane disse:

    A Paz do SenhorQuerido
    Bom jáque você percebeu
    Lutero defendia o papa em suas teses a respeito das indulgências
    Ele era a Favor não das indulgências e sim como meio de arrecadar dinheiro para a Basílica de são pedro que era o interesse do papa, ele alertou o papa que muitos cléricos usando de má fé abusavam da ignorância do povo.
    Se ele defendia o papa porque foi excluído?
    Se o papa era contra as indulgências porque a basílica foi construída tão luxuosa?
    Mostra que ele só se importava com o dinheiro e não como o povo estava sendo conduzido errôneamente.
    A prova é a tal basílica.

    Minha certeza é que eu sei em quem eu tenho crido.

    Jesus Cristo e mais ninguém

    • Rafasoftwares disse:

      Jaciane, que a paz do Senhor esteja com Você e com os Seus.

      Ora você mesmo leu ai que Lutero Defendia então está mais claro do que tudo ele defendia.

      O fato dele ter sido excomungado da Igreja não se reflete somente as suas 95 teses, se reflete a inúmeras outras coisas que concertza você não sabe, por que nunca deve ter lido os escritos de Lutero, se você ler na matéria tudo o que eu escrevi sobre ele você vai ver alguns dos motivos do por que ele foi excomungado.

      Um cidadão que diz crer somente na bíblia e prega coisa anti-bíblicas.

      A Igreja teria que vender zilhões d indulgencias para poder contruir a basílica, o que nao acontecia, os pregadores que extorciam a população e ficavam com o dinheiro, o dinheiro naõ ia a Igreja, a Igreja tinha muitas outras posses e fontes de dinheiro na época para suprir os gastos com a construção, você está querendo resumir o gato da basília a indulgencias pagas, se isto fosse uma prática da Igreja até hoje ela ainda praticaria isso.

      • Gustavo disse:

        Um homem que num instante diz que a bíblia deve ser a única regra de fé e no instante seguinte está mutilando seus livros é digno de confiança? Me esforço para entender a cabeça dos protestantes, mas não consigo. Deus tenha piedade de todos nós.

  9. PAULINO disse:

    Rafael meu caro paz do Senhor Jesus.

    Antes de sair procurando texto que difame a senhora white, é melhor você primeiro entrar no site oficial para vê se tudo o que você cola ai no seu site condiz com a realidade!

    VOU REBATER SUAS ACUSAÇÕES UMA POR UMA!!!!!

    1) VOCÊ COMEÇA AFIRMANDO: Uma cidadã que diz que Homens fizeram sexo com animais e geraram frutos com certeza nos leva a bíblia:

    R: Amalgamação de homens e animais
    Críticos têm acusado Ellen White de haver escrito em 1864 (e publicado novamente em 1870) que seres humanos no passado coabitaram com animais e que sua descendência produziu determinadas raças que existem hoje em dia. A declaração reza “Mas se havia um pecado acima de outros que exigia a destruição da raça pelo dilúvio, era o nefando crime de amalgamação de homens e animal, que desfigurava a imagem de Deus, e causava confusão por toda parte. Era propósito de Deus destruir por um dilúvio aquela poderosa de longeva raça que havia corrompido seus caminhos diante do Senhor.” [1]

    Nenhum dicionário jamais usou a palavra “amalgamação” para descrever a coabitação de homem com animal. A acepção primária da palavra descreve a fusão de metais ou a mistura de elementos diferentes, como a usada para obturar os dentes. O emprego da palavra no século dezenove incluía a miscigenação de diversas raças.

    Aceita como verdadeira, a declaração da escritora pode parecer ambígua: o que ela quer dizer com “amalgamação de homem com animal”? ou “amalgamação de homem e de animal”? Omite-se muitas vezes a repetição da preposição em construção semelhante. [2]

    Em outras ocasiões, a Sra. White empregou a palavra “amalgamação”. Utilizou-a metaforicamente para comparar crentes fiéis com mundanos . [3] E usou-a para descrever a origem das plantas venenosas e outras irregularidades no mundo biológico: “Cristo nunca plantou as sementes da morte no organismo. Satanás plantou essas sementes quando tentou Adão a comer da árvore do conhecimento, que implicava em desobediência a Deus. Nenhuma planta nociva foi colocada no jardim do Senhor, mas depois que Adão e Eva pecaram, nasceram ervas venenosas. … Todo joio é semeado pelo maligno. Toda erva nociva é de sua semeadura, e por seus métodos engenhosos de amálgama ele corrompeu a Terra com joio.” [4]

    Reconhecendo que Satanás tem sido um agente ativo na corrupção do plano de Deus para o homem, para os animais, para as plantas, etc., podemos entender melhor o que Ellen White quis dizer quando descreveu os resultados da amalgamação. Aquilo que “desfigurou a imagem de Deus” no homem e que “confundiu as espécies [animais]” tem sido obra de Satanás em cooperação com os seres humanos. Essa “amalgamação de homem e [de] animal, conforme se pode ver nas quase infinitas variedades de espécies animais e em certas raças humanas”, torna-se incompreensível.

    A Sra. White nunca sugeriu a existência de seres subumanos ou qualquer tipo de relação híbrida animal/homem. Ela falou sobre “espécies animais” e “raças humanas”, mas não sobre algum tipo de amálgama de animais com seres humanos. [5]

    Reconhecemos, porém que estudantes sérios dos escritos de Ellen White divergem sobre o que ela queria dizer por “amalgamação.” [6] “A responsabilidade da prova repousa sobre aqueles que afirmam que a Sra. White deu ao termo um novo e estranho significado.” [7]

    Para adicionais estudos sobre este tema, veja “Amalgamação” na Biblioteca de Referência.

    Notas:

    [1]Spiritual Gifts, vol. 3, p. 64. “Cada espécie de animal que Deus criou foi preservada na arca. As confusas espécies que Deus não criou, mas que foram resultado de amalgamação, foram destruídas pelo dilúvio. Desde o dilúvio tem havido amalgamação de homem e animal, conforme se pode ver nas quase infinitas variedades de espécies de animais e em certas raças humanas” – p. 75.

    [2] “Podemos falar da dispersão de homem e animal sobre a Terra, mas não queremos dizer com isso que no passado homem e animal estavam fundidos numa só massa num só ponto geográfico. Queremos dizer apenas a dispersão do homem sobre a Terra e a dispersão dos animais sobre a Terra, embora a localização original dos dois grupos possa ter sido em lados opostos da Terra. Em outras palavras, a dispersão de homem e de animal.” Francis D. Nichol, Ellen G. White and Her Critics,p. 308.

    [3] “Os que professam ser seguidores de Cristo devem ser instrumentos vivos, que cooperem com as inteligências celestiais; mas pela união com o mundo, o caráter do povo de Deus ficou embaciado; pela amalgamação com o que é corrupto, o puro ouro perde o seu brilho” Review and Herald, Aug. 23,1892; veja também The Spirit of Prophecy, vol. 2, p. 144; e Meditação Matinal (1983) Olhando para o Alto , p. 318.

    [4] Mensagens Escolhidas, vol 2, p. 288.

    [5] Não temos evidência de que Ellen White tenha lido o livro de Alexander Kimmount, Twelve Lectures on the Natural History of Man, publicado em 1839, pp. 152 e 153, que nos dá outro exemplo de como a palavra “amalgamação” era usada no tempo dela. “Outro tipo de mal resultante de misturar ciência com religião, para prejuízo de ambas, pode ser visto no argumento em favor da amalgamação das raças africanas e européias, na base de serem uma só família, pela descendência de Adão e Eva. … Cabe à ciência, bem como aos instintos e sentimentos comuns da humanidade, dizer se não há uma raça de homens de temperamento tão diferente para se proibir como nefando e antinatural, a amalgamação delas”.

    • Rafasoftwares disse:

      Caro Paulino,

      Bem estou esperando a refutações do que eu falei, apenas vi negações e supostos textos que tentam refutar o postado, mas não consegue nem convence.

      Colar aqui no meu site? O que? Acho que você está me confundindo não? Tudo o que eu escrevo aqui é de minha autoria e o que é referencia de outros escritores é citado as devidas fontes. Engraçado é você vim me falar isto se a sra. Ellen White era uma fera em plágios, o que vou lhe mostrar mais a frente.

      Com certeza daqui pra frente eu vou aos sites oficiais, eles realmente vão postar lá as asneiras ditas por ela.

      Sobre a amalgamação: ———————————————-

      Você quer defender o indefensável, ela fala claramente em seus escritos da fusão das espécies, seja entendida amalgamação como for, os escritos dela falam claramente de homens e mulheres que coabitavam com animais e davam origens a seres que Deus eliminou com o dilúvio. Assim como nos primeiros séculos de cristianismo acreditavam que os Nefilins falados no Livro de Genesis eram resultado de união entre homens e anjos.

      Isto ela plagiou de um Livro Apócrifo chamado Livro de Jasar, veja a semelhança entre os escritos dela e o conteúdo deste livro:

      Ellen White Diz: “Se a pessoa escolheu levar as esposas, ou gado, ou qualquer coisa que pertença ao seu próximo, ele não conta a justiça ou para a direita, mas se ele poderia prevalecer sobre o seu vizinho em razão da força, ou colocando-o à morte, ele fez isso, e exultou em seus atos de violência. Eles adoraram a destruir as vidas dos animais. … Mas se havia um pecado acima de outra que apelou para a destruição da raça pelo dilúvio, foi o aviltante crime de amálgama de homem e animal, que desfigurou a imagem de Deus e causou confusão por toda parte. (Spiritual Gifts, vol. 3, p. 64)”

      Jasar Diz: “04,18. E seus juízes e governantes entraram às filhas dos homens e tomaram suas esposas pela força de seus maridos de acordo com sua escolha, e os filhos dos homens naqueles dias tirou o gado da terra, os animais do campo e as aves de o ar, e ensinou a mistura de animais de uma espécie com as outras …”
      Nossa quanta semelhança não?

      Com certeza ela não falava de união homem e animal!

      “Portanto”, diz o Senhor: “Eu sou contra os profetas que roubam uns aos outros palavras supostamente de mim.” Jeremias 23,30

      Veja o que ela fala, se você acha que isto não é dizer que estas uniões aconteciam então eu estou tendo sérios problemas de interpretação textual, fazer ginásticas mentais para tentar explicar o que é claro meu jovem é dose, por que todos os textos falam claramente da união de espécies.

  10. PAULINO disse:

    Prossegue Rafael com sua ignorância:

    1)Ora meu caro, este assunto já foi debatido aqui no blog em outras matérias onde eu lhe mostrei Paulo falando que não tinha nada haver as carnes ou qualquer outro tipo de comida, primeiro por que as restrições alimentares dos judeus era fatos de costumes e não de uma ordem direta de Deus como mandamento
    R: Como não é um mandamento de Deus meu caro, é so lê levitico capitulo 11.

    2)Se então Paulo não contradiz a lei dos Judeus, então por que você não deixa de cortar os cabelos, você não deixa de fazer a barba, anda só 200 passos dia de domingo e etc.? Ora se isso foi abolido então por que as carnes não foram?

    R: O assunto do corte de cabelo não são princípios, mas questões culturais. Há na Bíblia costumes, que podem variar com o tempo por que foram dados apenas para um povo, de forma local. Existem também princípios, que são eternos, por terem sido transmitidos a todos e não a um povo específico
    Infelizmente, muitos se apegam a um costume cultural e deixam de lado um princípio universal e moral. Um exemplo muito interessante é na comunidade de Corintios.
    Em Corinto, todo aquele que deixasse o cabelo crescer era considerado homossexual. Já na época de Jesus (e do Antigo Testamento), o homem usava cabelo comprido normalmente. Era em Corinto que havia tal preconceito.
    Onde está na bíblia essa lei que so podia andar 200 passos? Quando achar me mande!!!
    Isso foi invenção da Tradição, veja o que acontece quando agente coloca a tradição acima da palavra de Deus!!!!

    Rafael esse texto que você citou de Lucas 7, 33 NÃO DIZ ABSOLUTAMENTE NADA!!! ONDE DIZ AI QUE JESUS COMIA CARNES IMPURAS?

    Prossegue Rafael com mais um texto fora do contexto:

    Marcos 7, 15. Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa manchar; mas o que sai do homem, isso é que mancha o homem. 16. [bom entendedor meia palavra basta.] 17. Quando deixou o povo e entrou em casa, os seus discípulos perguntaram-lhe acerca da parábola. 18. Respondeu-lhes: Sois também vós assim ignorantes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode tornar impuro.

    R: Jesus não está falando em comer certos tipos de alimentos ou não, não são leis de saúde. Mas sim
    repreendendo aos judeus pelos rituais que faziam antes de comer. O contexto mostra bem isto. Os discípulos eram
    repreendidos por não lavarem as mãos conforme as tradições e rituais judaicos, que exigiam que se molhasse uma palma da
    mão, e a água escorresse para a outra palma da mão, e então para os dedos, e isto diversas vezes, e os judeus então diziam
    que quem não seguisse estes rituais, estavam comendo alimentos imundos. Jesus então disse que o que contamina o homem
    não é o que está comendo, mas o que está no coração. Não são os alimentos, mas as tradições ritualísticas. O ato de lavar as
    mãos para os judeus, não era um ato de higiene como para nós hoje, era antes, um ritual externo de purificação, ignorando o
    interior que abrigava os verdadeiros sentimentos humanos. Por isto Jesus disse estas frases que no seu contexto, não se trata
    sobre as carnes limpas ou imundas, mas sobre os rituais judaicos que se fazia para não tornar o alimento imundo, e não se
    preocupavam com o interior que era muito mais importante. Mateus 15:20 encerra o texto de maneira bem clara: “São estas
    coisas que contaminam o homem, mas o comer sem lavar as mãos, isso não contamina.” Deus declarou puro todos os
    “alimentos” e não os animais imundos.

    Continua Rafael com texto fora do contexto:

    Romanos 14, 14. Sei, estou convencido no Senhor Jesus de que nenhuma coisa é impura em si mesma; somente o é para quem a considera impura.
    R: O contexto aqui se refere as carnes sacrificadas aos ídolos e que eram vendidas, e então o cristão perguntava:
    é ilícito ou não comer as carnes que foram sacrificadas aos ídolos?
    Paulo responde em Romanos mesmo, 14:3 diz quem come não julgue a quem não come, referindo-se aos fracos na fé, a fim
    de ter paciência e tolerá-los. Este verso não está se referindo a liberação das carnes imundas, mas das carnes sancionadas
    pelo contexto bíblico, que no referido texto, eram vendidas depois de terem sido sacrificadas aos ídolos.
    Pedro deixava de acordo com a consciência de cada um, quem achava que comer as carnes que eram sacrificadas aos ídolos
    não tinha problema, tudo bem, mas quem achava que não era correto, não deveria criticar quem fizesse diferente. Deve-se
    salientar que as carnes aqui referidas, não eram carnes imundas, mas sim, carnes que eram lícitas, mas oferecidas aos ídolos
    e depois vendidas. Verifique Romanos 14:3,23.

    • Rafasoftwares disse:

      Sobre as comidas: ————————————————
      Já mostrei e remostrei a você, que não importa nada, que qualquer alimento desde que seja útil para nós é licito.

      Ora, ordenanças como os sacrifícios do Templo, as observâncias dos dias de festa e luas novas e o Grande Dia da Expiação, por exemplo, foram dadas pelo próprio Deus como irrevogáveis (cf. Lv 23,14; Lv 16,29-34; Ez 46,14; 2 Cr 2,4).
      Então por que vocês não observam até hoje?

      Estas acima são questões culturais ou territoriais?

      Por que a sra. White não seguia o que ela mesmo dizia e comia carnes e etc? O problema não é você deixar de comer certo tipo de alimento, isso vai da vontade de cada um, o problema é dizer que come está errado e ainda assim afirmar que a bíblia ensina isto.

      Bem como eu falei os 200 passos, ou seja, lá quantos forem eram o costume judaico, e como a bíblia vem da Tradição Oral visto que o primeiro livro da bíblia foi Escrito por volta do ano 965 antes de Cristo, Moisés nem os outros Hebreus tinham escrituras para ler, viviam unicamente da Palavra Oral, ainda assim o Pentateuco só foi escrito por volta do ano 600 a 500 no exílio, ninguém tinha bíblia, portanto só a Palavra Oral que depois foi escrita. A questão dos 200 passos eram questões de analise da ordenação de Deus do esforço físico no dia do descanso, por que você acha que em Jerusalém tem dezenas de sinagogas na cidade? Por que as pessoas tinham que ter um sinagoga próximas as suas casas para não precisarem andar muito e fazer esforço no dia do descanso.

      Em nenhum momento falei que Jesus comeu nada impuro até por que ele veio mostrar que as coisas não eram impuras, mas o que as torna impura é a consciência da pessoa.

      Ora então você acha que Deus cria coisas impuras e imundas, ah tá agora entendi!
      Você quer negar os versículos que claramente falam as coisas:

      Romanos 14, 14. Sei, estou convencido no Senhor Jesus de que nenhuma coisa é impura em si mesma; somente o é para quem a considera impura.

      Negar que este versículo fala claramente o que se entende dele, tenha santa paciência.
      Vou postar os versículos iniciais do versículo 14 para você abrir sua cabeça,

      Romanos 14, 1. Acolhei aquele que é fraco na fé, com bondade, sem discutir as suas opiniões. 2. Um crê poder comer de tudo; outro, que é fraco, só come legumes. 3. Quem come de tudo não despreze aquele que não come. Quem não come não julgue aquele que come, porque Deus o acolhe do mesmo modo.

      Veja que Paulo não está falando nada de carne de ídolos ou qualquer outra coisa, ele fala claramente de TUDO, que não é para julgar quem come tudo, ou seja está falando diretamente a vocês adventistas, que julgam que come tudo.

      Claro, você está certo, pode se comer carnes sacrificadas a ídolos e as outras não!

  11. PAULINO disse:

    Rafael meu caro, estarei disposto a mostrar para você e seu leitores que Ellen White é uma verdadeira profetisa!!!
    • Vamos analisar os escrito da senhora White e veremos se o que você afirmou é verdadeiro!
    Você me questionou dizendo: Ora se Dizer que Jesus veio de natureza humana pecaminosa não é dizer que ele foi passível a pecado, então, por favor eu retiro o que eu disse.
    Não Rafael, Cristo não pecou! Veja o que diz a senhora White:
    “Em Cristo estavam unidos o divino com o humano – o Criador e a criatura. A natureza de Deus, cuja lei for a transgredida e a natureza de Adão, o transgressor, encontram-se em Jesus – O filho de Deus e o Filho do homem. E tendo com Seu sangue pago o preço da redenção, tendo passado pela experiência do homem, tendo suportado e vencido a tentação no lugar do homem, tendo, embora Ele mesmo sendo sem pecado, levado a vergonha e a culpa e o peso do pecado, Ele torna-se o advogado e intercessor do homem . Que segurança há aqui para a alma tentada e afligida, que segurança ao universo expectante, que Cristo será um “sumo sacerdote misericordioso e fiel”. MS 141, 1901; SDABC vol., 7, p. 926.3
    Viu Rafael, veja o que a senhora White disse: (Ele mesmo sendo sem pecado).

    “A grande obra da redenção só poderia ser realizada ao o Redentor tomar o lugar do Adão caído. Com os pecados do mundo postos sobre Si, Ele passaria pelo terreno onde Adão caiu. Ele passaria pelo teste que Adão falhou em suportar e que seria infinitamente mais severo do que Adão foi levado a suportar. Ele venceria no lugar do homem, e conquistaria o tentador, para que por sua obediência, sua pureza de caráter e firme integridade, sua justiça pudesse ser imputada ao homem, para que através de Seu home o homem pudesse vencer o inimigo por si mesmo. RH, February 24, 1874 par. 24
    “Cristo de fato uniu a natureza transgressora do homem à sua natureza sem pecado, porque, por esse ato de condescendência, Ele estaria habilitado a derramar Suas bênçãos em favor da raça caída. Assim ele nos tornou possível participar de Sua natureza. RH, 17 de Julho de 1900 par.
    Fica a pergunta meu caro Rafael:
    Então como era a natureza de Jesus?

    • Rafasoftwares disse:

      Sobre o espírito “Profético”: ———————————

      Você ainda não mostrou que Ellen White é uma verdadeira profetiza, você apenas negou o que eu disse, eu vou lhe mostrar que na verdade ela não passa de uma plagiadora e contradiz seus próprios escritos como diz que o sacrifício de Jesus na cruz não foi suficiente e depois que foi suficiente, então a mesma coisa acontece com a questão de Jesus em carne pecaminosa, um ora diz outra ora desdiz.

      Aqui ela diz que o sacrifício da cruz não foi suficiente:

      “[…] Em 1844 Cristo entrou no mais santo lugar do santuário celestial, para terminar o trabalho de expiação, preparatório de Sua Vinda” (The Great Controversy, p. 481).

      Ou seja pra ela só em 1844 que Jesus terminou a expiação dos pecados.

      Aqui ela Já diz que Foi suficiente:

      “Ele [Cristo] plantou a cruz entre Céu e terra, e quando o Pai viu o sacrifício do Seu filho, Ele se curvou em reconhecimento de sua perfeição. “É o suficiente”, Ele disse. “A expiação está completa” (The Review and Herald, Sept. 24, 1901)

      Ora foi na Cruz ou em 1844 que Jesus terminou a expiação? Gostaria de saber…
      Veja que ela plagiou até mesmo o livro Canônico de II Macabeus (que Lutero mutilou em sua bíblia e vocês adventistas seguiram ele, no mesmo pensamento):

      Ela diz: “Entre os justos que ainda restavam em Jerusalém, a quem tinha sido tornado claro o propósito divino, alguns havia que se determinaram colocar além do alcance das mãos cruéis a sagrada arca que continha as tábuas de pedra em que haviam sido traçados os preceitos do Decálogo. Isto eles fizeram. Com lamento e tristeza esconderam a arca numa caverna, onde devia ficar oculta do povo de Israel e Judá por causa dos seus pecados, e devia ser mais restaurados. Esta sagrada arca ainda está oculta. Jamais foi perturbada desde que foi escondida. (Profetas e Reis, p. 453)
      Aparece então de encontro ao céu uma mão segurando duas tábuas de pedra dobradas juntas. Diz o profeta: “Os céus anunciarão a Sua justiça, porque Deus é juiz de si mesmo.” PS [. 50:6.] Aquela santa lei, a justiça de Deus, que por entre trovões e chamas foi do Sinai proclamada como guia da vida, agora é revelado aos homens como a regra de julgamento. A mão abre as tábuas, e vêem-se os preceitos do decálogo, como que traçados com pena de fogo. As palavras são tão claras que todos possam ler. (O Grande Conflito, edição 1888, p. 639)

      O livro de Macabeus diz:

      “Foi também contida no mesmo escrito, que o profeta, sendo advertido de Deus, que comandou o tabernáculo ea arca para ir com ele, que saiu para o monte [Nebo] Moisés subiu e viu a herança de Deus. E quando Jeremy veio de lá, ele encontrou uma caverna vazia, onde ele colocou o tabernáculo, a arca eo altar do incenso, e aí parado à porta. E alguns dos que se seguiram ele veio para marcar o caminho, mas eles poderiam não encontrá-lo. Que quando Jeremy percebeu, ele culpou os, dizendo: Quanto a esse lugar, ele é desconhecido até o momento em que Deus reunir seu povo novamente juntos, e recebê-los misericórdia vos. Então o Senhor, mostra-lhes estas coisas, e a glória do Senhor se manifestar, e da nuvem, também, como foi mostrado a Moisés. . .” 2 Mac. 04,08

      Portanto os escritos proféticos dela, já tinham sido profetizados em outros livros!

    • pedro xavier disse:

      Meu caro Rafasoftware.

      Se a mulher da qual o Sr.fala é Ellen Gould White , a mesma que seguiu William Miller fundador da igreja Adventista, que tinha pais batistas e que profetizou que a parusia ( segunda vinda de Cristo) aconteceria em 1843 e que reinaria por mil anos aqui na terra, Não se trata de uma profetiza. O senhor White morreu cinco anos depois da suposta vinda de Cristo, portanto não viu a parusia predita por ele. Depois disso a Sra. Ellem apostatou e passou para a igreja Adventista. Nesta igreja ela disse que naquele ano (1843) ocorrera algo no céu: dizia ela ter visto Jesus julgando os mortos no Santo dos Santos. E tem gente que acredita.

  12. Alex Oliveira disse:

    Qua a Paz esteja contigo.

    Já li a Bíblia e os evangelhos mais de uma vez. Nunca encontrei base bílblica, para algumas questões como a inclusão da Guarda de Domingos e Festas “Santas”, como tbm da canonização de pessoas, adoração á imagens (e nao me diga que nós católicos nao adoramos imagens pq, como católico, sempre fui ensinado a me prostrar as imagens), a doutrina do purgatório, etc…
    Gostaria que me esclarecesse, pois, estou bastante confuso.

    Grato

    • Rafasoftwares disse:

      Resposta Enviada por Email!

      • Hahahahaha, desculpe a ironia, mas quando és confrotado ou questinado por vó mesmos, não não tens coragem de publicar a resposta aqui no blog? Acho tudo isso que afirmam e respondem perda de tempo. Estão defendendo religiões, filosofias, e doutrinas de homens. Sugiram que busquem viver experiencias com Deus! O verdadeiro sábio não é o que muito fala!Sigam a própria orinteção biblica em ser tardio no falar e pronto para ouvir. Quem é o “papa”, ou “Lutero”, ou “Ellen White”. Dão muito valores a títulos ou placas, tais como: catolicismo, protestantes, adventista, evangélicos entre outros. Nada disso vai nos levar a ser justificados no dia do juízo final! (se é crêem que haverá este dia). Acho que perdem tanto tempo com vãs filosofias e discussões que não percebem que existem tantas pessoas que perecem sem Deus, não tem espectativas de salvação (se crerem também que Jesus morreu para nos proporcionar salvação). Acordem! vivam para Deus! Vivam com Deus!Desculpa-me Rafasoftware, Paulino, Jaciane e os demais leitores. Não fiquem preocupados com coisas que não levam a lugar nenhum! Aproveitem este espaço para levar a mensagem da cruz para aqueles que não a conhecem! Existem um só caminho, uma só verdade, todos voces sabem disso, independente de onde voce esteje! Jesus cristo é o caminho, a verdade e a vida, ninguem vem ao pai se não por ele!! Deus vos capacitem para compreenderem o que realmente é útil. Caso precisem de um contato melhor e/ou melhor esclarecimentos estarei a disposição!!andersonservusdei.blogspot.com/

      • Rafasoftwares disse:

        Caro Anderson Soares, Que a Paz do Senhor Esteja com você e com os seus.

        Segundo sua frase:

        “questinado por vó mesmos, não não tens coragem de publicar a resposta aqui no blog?”

        Me diga um só comentário que eu não publiquei aqui no blog que deixei leitores a espera? Toda pessoa que posta aqui no blog tem seus comentários aceitos, exeto matérias copiadas de outros sites.

        Nunca deixei nenhum leitor que pede sem resposta.

        O senhor deve está tendo algum problema de leitura ou de visão.

        Bem eu apenas posto aqui a sã doutrina cristã, para católicos lerem e aprenderem, o site blog não é feito para nenhum protestante e sim para católicos.

        Se algum protestante comenta aqui eu tenho que responde-lo caso contrário ficaram falando as mesmas coisas que o sr. está falando aqui que não aceito comentários.

        Muito obrigado por oferecer seus esclarecimentos, mas tenho que rejeita-los.

        Feito isso, aqui me despeço,

        In Cord Iesu, Semper,

        Rafael Rodrigues.

  13. PAULINO disse:

    solta os comentarios Rafael!!!!!!!!!

  14. PAULINO disse:

    Obrigado Rafael!!

  15. manuel disse:

    Rafael sou protestante oque fazer para ser Católico??

    A minha Noiva é Católica e vou me casar com ela na Católica a principio casamento Misto,mas vejo que a Igreja Católica é verdadeiramente Igreja de Cristo.

    • Rafasoftwares disse:

      Caro Manuel, Que a paz do Senhor esteja com você e com os Seus.

      Fico muito Feliz que o Senhor tenha aberto os teus olhos para enxergar a verdadeira fé Cristã.

      Respondendo a suas perguntas:

      Bem, primeiramente para se tornar católico basta apenas professar a fé católica. Se não foi batizado ou só foi batizado em nome de Jesus como é o caso de algumas denominações protestantes o fazem, é necessário que seja batizado em Nome do Pai do Filho E do Espírito Santo (Mateus 28, 29) e com água. Caso Já tenha sido batizado desta forma, não é necessário ser batizado novamente uma fz que já se batizou com o batismo válido, o que ocorre nos casos de pessoas vindas da Igreja batista, assembleia de Deus e etc, denominações que fazem o mesmo rito que a Igreja católica.

      Além do mais, é necessário fazer a abjuração visto que professava outras doutrinas. Abjuração é uma renunciação, é um termo utilizado como renúncia, diz-se sobretudo quando se trata de uma conversão ao catolicismo. Trata-se de renunciar de alguma coisa em troca de outra. Em outras palavras é necessário que mostre publicamente ou a um padre que deixou as doutrinas que vivia antes para hoje viver a verdadeira fé Cristã.

      Se puder me dizer a cidade onde mora, posso ver se entro em contato com algum padre para lhe acompanhar neste processo, caso já conheça algum padre como sua esposa é católica, é bom que vá até ele e explique sua situação e ele lhe informará a melhor forma de como proceder a tudo.

      É bem simples, o primeiro passo você já deu os demais, pode contar conosco para o que precisar.

      In Cord Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

  16. manuel disse:

    Rafael,
    Eu já tenho Batismo em Nome da Trindade na Minha denominação Protestante de estilo Batista,
    O relativismo teologico dentro do Cristianismo me levaram a estudar a Bíblia+A história da Igreja+a Patristica e os os concilios Regionais e ecumenicos da Cristandade,estudando isso percebi que a única Igreja na face da Terra que é dono do Cristianismo é a ICAR.Como falei estou a participar na Catequese dos Noivos com a minha noiva no mês de Agosto será o nosso Casamento.

    Sou engenheiro informático sou de Angola-Luanda, a minha noiva é Psicologa.
    No princípio eu não aceitava que eu me casasse na ICAR ,inclusive os meus Pais que são Pastores Aposentados,mas graças á Deus eles estão conformado com o Casamento.

    Preciso da vossa oração,para que o Senhor ou a Nossa Senhora me revelam qualquer sinal sobre a minha vida porque estou muito confuso.

    Abraços!

    • Rafasoftwares disse:

      Prezado Manuel,

      Eu sou do Brasil, mas especificadamente moro em Salvador – Bahia. Eu também trabalho com Informática, faço faculdade de Sistemas de Informação.
      Sim, o relativismo teológico no cristianismo hoje em dia é dos piores de toda a história. Este é o péssimo legado que Lutero deixou como ele mesmo dizia:

      “Este aqui não ouvirá falar do Batismo, e aquele nega o sacramento, outro põe um mundo entre isto e o último dia: alguns ensinam que Cristo não é Deus, alguns dizem isto, alguns dizem isso: há tantas seitas e credos como há tantas cabeças. Nenhum rústico é tão rude quando ele tiver sonhos e fantasias, e pensar que é inspirado pelo Espírito santo e deve ser um profeta” De Wette III, 61. citado em O’Hare, Os fatos sobre Lutero, 208.

      Pelo mesmo fato hoje estou convencido como você, após estudar, bíblia+história, + patristica não vi onde se encontra a verdadera fé cristã se naõ dentro da Igreja Católica.

      Bem como você já falou que está fazendo catequese para noivos, seria bom que falasse com o padre da paróquia para ele ser seu guia espiritual nesta decisão.
      Ore e peça a Jesus para que ele te mostre qual o caminho a trilhar, ele não te deixará sem resposta.

      Pode contar com minhas orações, Deus te abençõe.

      In Cord, Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

  17. manuel disse:

    Rafael,preciso de artigos que falam dos concilios de Hipona,Caartago,Roma e os 21 concílios ecumenicos da Igreja.

  18. manuel disse:

    Obrigado!

    Rafael,não sabia que ser católico é ser perseguido?? estou a ser perseguido pelos alguns membros da Familia.

    Rezam por mim.

    • Rafasoftwares disse:

      Disponha.

      Sim, Manuel como Jesus disse nos ultimos tempos seriamos sim, perseguidos, e ultrajados de diversas formas….
      Não pense que levantar a bandeira da Igreja e de Jesus é uma coisa fácil… mas “aquele que persevarar até o fim, este será salvo” ….
      Não desista da luta peça a Deus a orientação e força pra continuar.

      Um membro do nosso apostolado também era protestante, o pai dele é pastor da Igreja do Quadrangular, eu falei sobre você a ele, ele disse que quer conversar co você… se tiver msn ou algum endereço de chat, me mande para que eu possa colocar vocês em contato.

      In Cord, Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

  19. Luiz Valdir disse:

    Eis católico,catequista e dava curso de batismo,e por várias vezes eu via coisas horrendas na religião que eu participava, e ao mostrar na palavra de DEUS que aquilo estava errado, não pra condenar, mais para edificar, muitas vezes fui criticado como querendo ser santo e muitos se tornaram meus inimigos,(POIS,MUDARAM A VERDADE DE DEUS EM MENTIRA,E HONRARAM E SERVIRAM MAIS A CRIATURA QUE AO CRIADOR,QUE È BENDITO ETERNAMENTE,AMÉM) ROM-1.25.
    Na verdade LUTERO nunca teve a intenção de deixar a religião dele no caso o catolicismo , o que ele queria era mudar a igreja católica e sua estrutura o que humanamente falando é impossivel devido a falta de interesse e humildade dos que não se rendem verdadeiramente aos pés de JESUS,pois aquele que verdadeiramente se rendem a JESUS o ESPIRÍTO SANTO DA OUTRO RUMO, mais você pode me dizer em todos os lugares tem coisas erradas,sim,mais o pior erro é não admitir os proprios erros e deixa-los de praticar,e é o que nós estamos vendo,e lendo tantas estorias sendo contadas, tanats fábulas anti-Biblicas ao invés de cada um assumir os seus erros e se arrependerem.AGORA FALAR QUE O papa NÃO SABIA O QUE ESTAVA ACONTECENDO DENTRO DA SUA PROPRIA INSTITUIçÂO È BRINCADEIRA,AINDA UMA COISA TÃO SÉRIA COMO ESSA.A VENDA DE INDULGÊNCIAS.
    E por falar em protestante,eis ai o primeiro que protestou contra o espirito maligno da rebeldia e desobediência a palavra de DEUS e que está operando na atualidade.
    (DEUTERONOMIO-8.19-20b):SERÁ POREM QUE,SE DE QUALQUER SORTE TE ESQUECERES DO SENHOR TEU DEUS,E SE OUVIRES OUTROS DEUSES,E O SERVIRES,E TE INCLINARES PERANTE ELES,HOJE EU PROTESTO CONTRA VÓS QUE CERTAMENTE PERECEREIS.VÓS PERECEREIS,PORQUANTO NÃO QUISESTES OBEDECER

    A VOZ DO SR.VOSSO DEUS.
    REFLITA SOBRE ESTE COMENTÁRIO.

    • Rafasoftwares disse:

      Caro Luiz Valdir, Que a paz do Senhor esteja com você e com os seus.

      Bem seu comentário nada mais me diz do que uma pessoa que estava na Igreja por causa dos homens que nela estavam, e não por Cristo!
      Como você disse ter mostrado a tantos e tantos te criticaram, São Paulo fez a mesma coisa (Vide 1 timóteo) muitos o abandonaram e de modo nenhum abandonou Cristo ou sua Igreja!

      Bem, com certeza a intenção inicial de Lutero nunca foi uma revolta ou qualquer protestanto contra a Igreja, mas depois que ele se aliou a burguesia e os principes ai ele sim começou a peleja contra a Igreja. Tanto é que mandou mata um lider anabatista. Então por ai mesmo vemos que Ele foi um protestante por convenciencia não por convicção inicial.

      Como já falei nos posts a prezada amiga a cima e mostrei claramente que o próprio Lutero falava que o Papa não sabia das extorções dos pregadores, ou seja Lutero vivia na alemanha e o Papa na Itália vários kilometros de distancia, pra você ter uma ideia a carta de excomunhão de Lutero demorou 3 meses da Italia até Alemanha.

      Bem a Igreja católica não é do Papa ou de qualquer pessoa, o Papa é apenas um lider, a Igreja é de Cristo! Logo Após a reforma o Concilio de Trento instituiu severas reformas na prática de conceder indulgências, causa de anteriores abusos, “em 1567 o Papa Pio V cancelou todas as concessões de indulgências que tiveram a ver com pagamentos ou outras transações financeiras” (Enciclopédia Católica).

      Este fato prova a seriedade da Igreja ao eliminar os abusos das indulgências.

      Você fala que o Papa sabia, hoje em dia Bento XVI não sabe das heresias que andam circulando dentro da Igreja, das aberrações liturgicas, neste tempo onde as informações correm quase que simultaneas imagine naquele tempo.

      Portanto aqui me despeço,

      In Cord Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

  20. manuel disse:

    Rafael,
    Podes me dizer quantas denominações Cristãs estão existem a gora no Mundo?

    • Rafasoftwares disse:

      Caro Manuel, alguns dizer que existem mais de 40.000 seitas cristãs espalhadas mundo afora, com sua maioria nascida nos EUA, maternidade da maioria das heresias da cristandade.
      Porém alguns contestadores dizem que são apenas 10.000, porém se formos contar as que residem somente no Brasil cho que já dão os 10.000.

      In Cord Iesu, Semper,

      Rafael Rodrigues.

  21. Luiz Valdir disse:

    Caro Rafel,como foi dito pelo senhor,eu estava na instituição catolica por causa dos homens e não de CRISTO,é verdade e é porisso que tantos e tantos milhares de milhões de pessoas a estão deixando também,e é exatamente por esse motivo,de não conseguirem encontrar CRISTO JESUS nela e (ver quão bom é o SENHOR)salmos-34.8A,tomam esta decisão.Pois quando eu e todos os que eu falei,experimentaram o SENHOR JESUS CRISTO,nós tivemos as nossas vidas regeneradas,transformadas,curadas,libertas das trevas,pois o SENHOR JESUS disse:(Eu sou a luz do mundo aquele que me segue não andará em trevas mais terá a luz da alma/vida)João-8.12.E assim ele nos concedeu a alegria da salvação.E por falar em S.Paulo ele deixa bem claro o chamado que o proprío Sr.JESUS,o concedeu(Paulo Apostólo,não da parte dos homens,nem por homem algum,mas por JESUS CRISTO,e por DEUS Pai,que o ressuscitou dos mortos)Galatas-1.1 e (Mas faço-vos saber irmãos que o evangelho que por mim foi anunciado,não é segundo os homens.Porque não o recebi,nem aprendi de homem algum,mas pela revelação de JEUSUS CRISTO)Galatas-1.11e12,assim sendo ele deixou os ensinamentos de homens e da religião a qual ele pertencia como ele mesmo diz:(Sabendo de mim desde o princípio,se o quizerem testificar,que conforme a mais severa seita da nossa religião,viví fariseu)Atos-26.5.Assim sendo ele taambém não quis mudar a religião a qual ele pertencia,pois ele sabia que aquela religião havia se corrompido e sua extrutura estava alicerçada em ensinamentos(doutrinas)de homens,e S.Paulo como um bom servo de DEUS e de CRISTO JESUS fundava igrejas,exemplos:igreja de Roma,igreja dos corintios,igreja dos Galatas,igreja dos colocensses,etc,etc,e é notório que em nenhum momento ele dá algum nome denomicional a qualquer tipo de igrejas,ou suposta verdadeira igreja,e sim elas eram chamadas pelos nomes dos lugares e cidades que beram fundadas,pela aceitaçam do evangelho(Ide pelo mundo todo e pregai o evangelho a toda a criatura)Marcos-16.15,senso assim,mundo é mundo e universo é universo.Aqueles que abandonaram Paulo,foi porque eles não quiseram seguir os passos dos verdadeiros cristãos,que obedeciam as Sagradas Escrituras(Bib lia Sagrada),e a Biblia deixa isso bem claro(Alguns ele diz,que amaram o presente seculo me desampararam dentre os quais Demas…)2Timoteo-4.10.E em relação a Lutero e sua história,não a estoria que estão querendo re-inventar,por quem tem o monopólio de tudo desde alguns seculos DC.,nós sabemos que ele foi excomungado, e se refugiou e foi protegido por pessoas que também estavam saturados de tanta opressão,vindas das autoridades Imperiais e religiosa,e o mesmo espírito ainda atua.E por falar em papa,nós sabemos que até hoje ele tem representantes em todos os lugares para ficar bem informado desda antiguidade,que os mantinha informados de tudo,e mesmo que ele não soubesse a principio essas praticas não duraram só tres meses,e assim havia tempo de se arrependerem inclusive de excomungalo,porque para esse fim hopuve um julgamento.E assim nós mais uma vez diferenciamos o julgamento segundo a vontade de homens e não de DEUS,vemos adiferença que alguns defendem homens e instituições e suas praticas e outros a causa de CRISTO JESUS e seu evangelho:(Palavra fiél é esta,que se morrermos com ele,também com ele viveremos)2-Timoteo-2.11,as palavras que estão escritas nas Sagradas Escrituras,não apalavras dem homens que defendem seus proprios interesses,mas as verdades do TODO PODEROSO,DEUS VIVO,DEUS VERDADEIRO,não os deuses que tem boca mas não fala,tem olho e não vê,ouvido e não ouve,perna e não anda.

    E O SENHOR ME LIVRARÁ DE TODA MÁ OBRA E GUARDAR-ME-A PARA SEU REINO CELESTIAL,A QUEM SEJA A GLÓRIA PARA SEMPRE,AMÉM. 2 TIMOTEO-4.18

    REFLITA SOBRE ESTE COMENTÁRIO

  22. manuel disse:

    Querido Valdir;

    Estas a usar qual bíblia?? com 73 ou 66 livros??

    Também vas me dizer que estas inspirado?

  23. Luiz Valdir disse:

    Querido Manuel,eu acredito que o Sr. deva saber que a biblia que nós protestante usamos é a de 66 livros,ou pelo menos a grande maioria,e a que é mais usada repito pela grande maioria e´a João Ferreira de Almeida,Revista e Atualizada.Mas eu sei caro amigo,que o valor que tem a nossa Biblia para vcs,é o mesmo valor que a de vcs tem para nós.Só que também tenho a Biblia católica(ave maria)e gostaria de fazer algumas perguntas ao amigo,a respeito de algumas passagens escritas nela,e se o amigo tiver ou conseguir um exemplar da mesma me responder,porque eu já comparei essas passagens com algumas biblias de tradução também catolica da atualidade e constatei que as passagens estão diferentes,ou com outro significado,eis ai as passagens:
    ( Biblia católica – ave maria )

    livro de Tobias-4.11(Porque a esmola,livra da morte e preserva a alma de cair nas trevas)

    Pergunta:O que quer dizer isso.Não é só JESUS que livra da morte e das treva?

    livro de Tobias-5.17 e 18(O anjon respondeu,que é que procuras,a raça do servo ou o proprio servo,p/acompanhar teu filho? mas p/tranquilizar-te eu sou Azarias filho de Ananias)

    livro de Tobias-12.15A(Disse o mesmo anjo,eu sou o anjo Rafael)

    Pergunta:Afinal quem realmente é esse anjo,já que no capítulo 5 ele diz que é Azarias e no capítulo 12 ele diz que é Rafael ?

    livro de Sabedoria-2.1(Dizem com efeito nos seus falsos racíocinios p/ a morte não há nenhum remédio)

    Pergunta:(Em Tobias cap.4.11 diz que a esmola livra da morte,e aqui em Sabedoria diz que não ha nenhum remédio p/ a morte,afinal,quem está falando a verdade,livro de Tobias ou o livro se Sabedoria?

    livro de Sabedoria-14.12a14(É pela idealização dos ídolos que começou a apostasia,e sua invenção foi a perda dos humanos.Eles não existiam no princípio e ñ duraram p/sempre,a vaidade dos homens os introduziu no mundo.E,por causa disso,DEUS decidiu a sua destruição em breve.)

    Pergunta:Em Deuteronômio-4.16,Deus diz p/não fazer imagem esculpida de homem nem mulher,fica bem claro que isto é apostasia,desobediência e rebeldia a Deus e sua palavra,e isso atraí maldição,o que o senhor me diz a respeito,já que nós vemos tantas imagens de homens e mulheres no catolicismo,e sendo adoradas.

    S.Marcos-7.16(disse JESUS:A bom entendedor meia palavra basta)

    Pergunta:O que significa essa afirmação de JESUS,que esta escrita na biblia católica(Ave Maria)

    Obrigado amigo,talvez o senhor possa estar INSPIRADO e me esclarecer.

    • Rafasoftwares disse:

      Caro Valdir, Que a paz do Senhor esteja com você e com os seus.

      Enquanto estou respondendo o seu outro comentário não pude deixar de ler este aqui direcionado ao Amigo Manuel.

      Só pra deixar claro Manuel não é brasileiro é angolano e é EX -protestante, portanto não vai saber qual bíblia é Ave-maria ou João almeida. Portanto vou lhe responder, visto que pra mim isto é corriqueiro devido as centenas de vezes que já respondi.

      A respeito de Tradução você já leu a bíblia na Lingua original? Se quizer os textos originais em grego e hebraico posso lhe enviar(Você traduz no google). Bem a Ave- maria é uma tradução em linguagem simples, e não contém nenhuma diferença quando aos originais, apenas nas passgem dificeis temos algumas coisas que ficam dúbias, mas nada que modifique a leitura visto que a bíblia para os católicos não interpretada ao bel prazer de cada um, então em um passagem dificil ou até estranha temos a quem e a que recorrer para nos dar subsidios concretos para sabermos qual a tradução fiél de tal versículo!

      Respondendo suas dúvidas:

      Livro de Tobias-4.11(Porque a esmola,livra da morte e preserva a alma de cair nas trevas)

      Pergunta:O que quer dizer isso.Não é só JESUS que livra da morte e das treva?

      Bem, pelo visto, me desculpe dizer, quando você era catequista sabia pouco de bíblia e agora que virou protestante parece que sabe menos ainda. Confunde Antigo testamento com novo testamento. Quando você ler lá no antigo testamento que as pessoas tinham que fazer sacrifícios para conseguir o perdão você pensa o que, não é só Jesus que perdoa? Por que não arranca essas passagens de sua bíblia então? Tobias está no antigo testamento e não no novo, portanto seus ensinamentos estão mais do que de acordo com o antigo testamento a realidade era outra. E mesmo assim vou lhe mostrar como está equivocado quanto ao que pensa do Livro Sagrado de Tobias.

      Se acha que o Livro de Tobias ensina coisas erradas então meu caro brigue com Jesus com Pedro, Daniel, Tiago e com Salomão por que eles ensinam as mesmas coisas, veja:

      “Porquanto qualquer um que vos der a beber um copo de água em meu nome, porque sois de Cristo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa”(Mc 9,41).

      Dai, porém, de esmola o que está dentro do copo e do prato, e eis que todas as coisas vos serão limpas” (Lc 11,41)

      “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tg 2,26)

      Jesus confirma também o valor da esmola juntamente com outras formas de piedade (Mt 6,2-18), que cobrem “uma multidão de pecados” (1Ped 4,8).

      E também Daniel 4, 24 (27 na João Almeida) e também Proverbios 10, 12 “O ódio excita contendas, mas o amor cobre todos os pecados.”

      Ora não é só Jesus que apaga os pecados por que provérbios fala que o amor ou caridade cobre uma multidão de pecados, acho que este não deve ser um livro inspirado também não?

      livro de Tobias-5.17 e 18(O anjon respondeu,que é que procuras,a raça do servo ou o proprio servo,p/acompanhar teu filho? mas p/tranquilizar-te eu sou Azarias filho de Ananias)
      livro de Tobias-12.15A(Disse o mesmo anjo,eu sou o anjo Rafael)

      Pergunta:Afinal quem realmente é esse anjo,já que no capítulo 5 ele diz que é Azarias e no capítulo 12 ele diz que é Rafael ?

      Torna-se claro, portanto, que existe um interesse oculto nas referidas passagens de Tobias. O interesse, portanto, é ocultar a identidade do Anjo para Tobias, até que fosse necessário ser revelado, como foi no mesmo caso de Ló, quando recebeu os Anjos em sua casa pensou que eram viajantes.

      É tão difícil de compreender? Já que tocou no assunto do Anjo Rafael vou pegar uma passagem mais adiante dessa e lhe mostrar que até os apóstolos usavam o livro de Tobias:

      “Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quan¬do deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa duran¬te o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor. Mas porque eras agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse. Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio Sara, mulher de teu filho. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tobias 12,12-15) (grifos meus).

      Em nenhum lugar nos livros protocanônicos do AT, há alguma revelação dos 7 anjos que assistem na presença do Senhor e que Lhe entregam as orações dos justos. Esta revelação é confirma¬da no livro do Apocalipse:

      “Eu vi os sete Anjos que assistem diante de Deus. Foram lhes dadas sete trombetas. Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono. A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos, diante de Deus. Depois disso, o anjo tomou o turíbulo, encheu-o de brasas do altar e lançou-o por terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terre¬motos” (Ap 8,2-5) (grifos meus).

      Interessante não, onde acha que João ficou sabendo disto?

      livro de Sabedoria-2.1(Dizem com efeito nos seus falsos racíocinios p/ a morte não há nenhum remédio)

      Pergunta:(Em Tobias cap.4.11 diz que a esmola livra da morte,e aqui em Sabedoria diz que não ha nenhum remédio p/ a morte,afinal,quem está falando a verdade,livro de Tobias ou o livro se Sabedoria?
      É engraçado como é sempre a mesma coisa, qualquer texto que um protestante pegue sempre deturpa e tira conclusões precipitadas sem avaliar o contexto e o que o autor sagrado quis dizer.

      Se o Sr. ler com honestidade o texto da sabedoria verá que o autor do Livro está falando que depois que a pessoa morrer não tem mais como voltar, pois um dia todos morreremos, não podemos viver eternamente, e se for analisar com calminha é verá que é a mesma coisa ensinada em Eclesiastes.

      Já o Livro de Tobias fala “Morte” como a perdição eterna, e não como a morte corporal.

      Já que está duvidando destas passagens vou lhe devolver umas aqui e peço que me responda:

      Quantos soldados havia em Israel e em Judá? 800 mil e 500 mil, respectivamente, segundo 2Sm 24 ou 1100 e 470 mil, respectivamente, segundo 1Cr 21?;

      Mateus atribui ao profeta Jeremias uma profecia de Zacarias (Mt 27,9), por que ?

      Judas se suicidou por enforcamento (Mt 27,5) ou por pular em um precipício (At 1,18)?

      Bem sua lógica estas passagens são bem contraditórias não? Não vai tirar estes livros da sua bíblia também não?

      livro de Sabedoria-14.12a14(É pela idealização dos ídolos que começou a apostasia,e sua invenção foi a perda dos humanos.Eles não existiam no princípio e ñ duraram p/sempre,a vaidade dos homens os introduziu no mundo.E,por causa disso,DEUS decidiu a sua destruição em breve.)

      Pergunta:Em Deuteronômio-4.16,Deus diz p/não fazer imagem esculpida de homem nem mulher,fica bem claro que isto é apostasia,desobediência e rebeldia a Deus e sua palavra,e isso atraí maldição,o que o senhor me diz a respeito,já que nós vemos tantas imagens de homens e mulheres no catolicismo,e sendo adoradas.

      Infelizmente, tenho que lhe dizer você era um péssimo catequista ou pelo menos não procurava se informar a respeito das doutrinas católicas para passar aos seus catequizandos.
      Meu caro você não compreende, ou pelo menos não quer, o grande abismo que há entre um imagem e um ídolo.

      A palavra פֶּ֖סֶל usada em Deuteronômio 4, assim como em Êxodo 20 que as bíblias traduzem como Imagem na realidade é ídolo esculpido, portanto não a proibição de se fabricar imagens e sim ídolos esculpidos. Se Deus proibisse imagens por que ele 5 capítulos depois de proibir em êxodo 25, mandou fazer querubins esculpidos para colocar na arca da aliança?

      Por que o templo de Salomão estava cheios de imagens e Deus o abençoou? Por que Josué e os outros hebreus oravam diante das imagens dos querubins, acaso eles estavam adorando os querubins? Por que os apóstolos oravam lá, em um lugar cheio de imagens?

      S.Marcos-7.16(disse JESUS:A bom entendedor meia palavra basta)
      Pergunta:O que significa essa afirmação de JESUS,que esta escrita na biblia católica(Ave Maria)

      Depois das respostas que dei, devolvo esta pergunta.

  24. Manuel disse:

    Rafael obrigado! pela suas respostas!

    Mas eu vou responder de forma simples o Magistério da Igreja Católica foi quem discerniu os 73 livros da Bíblia,neste caso é o único que pode interpretar a Bíblia sem erro e eu como membro da Igreja devo obdece-lá.

    —Pergunta

    Os livros de Eclesiastes, Ester, Cântico dos Cânticos, Esdras, Neemias, Abdias, Naum, Rute; nunca foram citado pelo Senhor Jesus e pelos seus apostólos…. Vais retira-los da Bíblia??
    O Livro Canonico de Espitola de Judas cita o livro Apocrifos de Enoc (14 e 15: “Quanto a estes foi que também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão) então como fica isso?? vais retira-lo??

    Lamento dizer mas a sua interpretação seria reprovado se os Calvin e Lutero tivessem vivos.

    Abraços!

  25. Manuel disse:

    Valdir estou a espera da tua inspiração e interpretação sobre a Resposta do Rafael e do meu email acima.

  26. Luiz Valdir disse:

    Aos Srs.Rafael e Manuel

    Em relação a oferta Do sr.em me enviar uma cópia dos textos originais da biblia eu agradeço.obrigado não se preocupe porque tudo que diz respeito a instituição de vcs eu rejeito,pois eu não confio.E até mesmo manter um diálogo com vcs porque vcs não usam de sinceridade,o sr.disse que abiblia catolica(ave maria)não tem diferença nenhuma do original,no entanto sr.me oferece copias do texto original em hebraico e grego p/mim traduzir,p/que eu preciso de textos em outro idioma se eu já tenho ela traduzida que é a biblía (ave maria)é agora eu fiquei em dúvida se ela é igual ao original ou não.Na verdade quem vai ficar em dúvida mesmo é quem ler essas contradições.Na palavra de Deus não há nada dúvidoso,como foi falado o que é duvidoso é que algumas instituições as mudam de acordo com as circunstâncias,um exemplo:na sua biblia (ave maria)tanto em deuteronômio que fala a respeito de imagem de escultura é condenado por Deus,quanto no livro de sabedoria a palavra ídolo é condenada por Deus,ambas são reprovadas por Deus,é melhor agir com sinceridade,e acabar com essa confuzão,porque afinal é tudo do texto original conforme as suas palavras sr.rafael porque o sr.disse que Deus condena ídolo e não imagem,ele abomina as 2 coisas.Ainda que faça de conta que imagem de {escultura}não seja a mesma coisa que ídolo.E agora quem está errado Em relação a isso,é mais uma vez deve ser eu fui eu que escreví o que está escrito lá na biblia de vcs,ou vcs vão usar de sinceridade e assumir,que nem dizem,é rui hein.

    Ah,e por falar em interpretar a biblia a seu bel-prazer,o sr disse que os católicos não interpretam a biblia a seu bel-prazer,é verdade não só interpretam como também não leêm,é por esse motivo que a tantas escrepancias como essas,ai eu fico imaginando esses tais subsídios que vcs recorrem,e analisando essa instituição percebemos com tristeza a sua destruição e ruina espiritual,e vejo quão eficazes são esses subsídios.E são esses os recursos que os catequistas tem,então imaginem o que eles vão ensinar p/essas crianças,é triste porque se algum deles lessem a biblia do original,não permanec eriam ai (E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará)S.João-8.32 e (Se o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres)A.João-8.36

    Em relaçãoa sacrifícos do Antigo Testamento,eram figuras do sacrifício de JESUS,que foi o sacrificío perfeito,(Nem por sangue de bodes e bezerros,mas por seu proprío sangue,entrou uma vez no santuário,havendo efetuado uma eterna redenção)Hebreus-9.12 e (Assim também Cristo,oferecendo-se uma vez p/tirar os pecados de muitos,aparecerá segunda vez,sem pecado aos que o esperam p/salvação)Hebreus-9.28 JESUS realizou o sacrifícioperfeito,consumado na cruz do calvário,é mais uma vez nós vemos que vcs entendem das coisas da carne,porque das coisas espirituais vcs não entendem nada,é por isso que esse povo não sabe p/onde vai,se um cego guiar outro cego cairão ambos no abismo.

    Quanto a arrancar alguma coisa da biblia,pelo que estamos vendo não sou eu que estou acostumado a fazer isso,eu reconheço que em relaçao isso vcs tem muito mais autoridade do que qualquer um.(AI daquele q.acrescentar ou tirar algo da profecia deste livro)Apocalipse-22.18-19.Em relação a algum livro da biblia eu não me lembro de ter falado algo ou insinuado alguma coisa a respeito de algum livro,o que dá p/perceber é que vcs estão meio perturbados,imaginado coisas e querendo colocar palavras na minha boca,como vcs sempre fazem ainda que sutilmente.E os livros que eu citei foram todos tirados da biblia de vcs do original(ave maria)assim sendo são vcs que tem que se entender,e parar com essa discórdia entre vcs que começou no quebra pau entre os bispos de roma e catargo,esse mal está entre vcs até hoje,e só JESUS é a solução.

    Em relaçãoa interpretação da biblia,vcs entendem tudo errado,vcs confundem tudo,e partindo daí eu até entendo pq vcs não entenderam o que eu perguntei,dar esmola/caridade é um mandamento,e o que eu perguntei foi de que morte essas praticas nos livram,essa foi a minha pergunta,porque se nós somos livres,salvos da morte ou espiritual,o que fica claro é que todos os sacrifícios do antigo testamento todas as esmolas/caridade foram realizados no antigo testamento foram insuficientes p/salvar alguêm da morte fisíca e principalmente espiritual,pois mesmo diante de tanats obras,Deus enviou seu filho p/salvação da humanidade,agora só falta vcs me falarem que Deus que errou de ter enviado Jesus,assim sendo nenhum tipo de obra pode salvar,mais só Jesus Cristo(Porque é gratuitamente que fostes salvos,mediante a fé.Isto não provem de vossos mêritos,mas é puro dom de Deus.Não provem das obras,para que ninguêm se glorie)Efesios-2.8-9(ave maria).Todas as passagens que foram citadas não diz que quem realiza obras será salvo só em tobias,porque S.Paulo como acabamos de ler,S.Tiago dizem que fé sem obras é morta,corpo e alma,não alma e corpo,daí nós concluímos, quem está errado,S>Paulo,S.Tiago e os outros Apostolos ou Tobias.
    É logico que no livro de Tobias ouve um equivôco de palavras ou foi a tradução,porque se esmola/caridade salva,o sacrificio de Jesus foi em vão,os discipulos os Apostolos,aceitaram e seguiram Jesus em vão,era só dar esmpola fazer caridade que eles estavam salvos,vai ver eles estavam todos errados,loucos.Fica bem claro o que o Apostolo falou que pela graça somos salvos por meio da fé e isso é um dom de Deus
    Assim sendo,todas as passagens biblicas do antigo testamento apontam p/Jesus e sua obra redentora,alguns exemplos:

    >Abrão sai da tua terra / Jesus deixou sua morada nos céus e habitou entre nós

    >José é exaltado no Egito p/livrar o povo de Deus da morte / Jesus ressescitado está a destra de Deus p/salvar a todos os que creem

    >Moises libertador,q.conduziu o povo a terra prometida / Jesus nos liberta e conduz ao reino dos céu

    É por isso que os Apostolos e todos os servos de Deus seguem a Jesus Cristo,nós entendemos essa obra na pessoa de Jesus,e em todas as passagens citadas só o tal de anjo rafael falou que as obras salvam dando vida eterna,contrariando assim os profetas os apostolos e até o proprio Deus em toda a (Sagrada Escritura)essa éa regua a vara de medir o ponteiro) ou o canon se preferir,daí da p/ entender o que significa heresia,e mais uma vez vcs não entenderam nada o que a biblia declara,vcs só entendem o que convêm.Assim sendo os propositos dos servos de Deus tanto homens como seres celestiais é o de glorifica-lo e obedece-lo,o livro de Tobias esta falando tanto de morte fisica como espiritual,ai o sr.me fala que ele esta falando só de morte fisica,agora quem é que esta errado dessa vez o livro de tobias o anjo ou o sr.é vai jogar a culpa p/cima de nós de novo…

    No tocante a cometer algum equivoco biblico a respeito de passagens isso não é problema,o grande problema que os homens querem criar em cima disto dogmas que não condiz com a totalidade dos ensinamentos contidos na biblia,daí nós vemos quem é que acrescenta e quem é que tira,por isso eu repito que neste assunto vcs tem muito mais autoridade que qualquer um e por falar em imagens e ídolos vcs nunca leram:

    >Atos dos Apostolos cap.10 como S.Pedro negou adoração

    >Atos dos Apostolos cap.14 como S.Paulo e S.Barnabé negaram adoração

    >Apocalipse cap.22.8e9 como o anjo negou adoração

    É vcs mais uma vez querem dar outro sentido as palavras porque o ponto essêncial aqui não é só em relação a imagem de escultura ou ídolo e sim a adoração,e na biblia (ave maria) tanto um quanto o outro é condenado por Deus,e pelo que eu estou vendo vcs não gostam só de acrescentar ou tirar profecias biblicas mais também vcs estão querendo re-inventar a biblia,é só ler a traduções atuais de vcs.Deus não só orientou a fazer imagens no templo na arca e orientou a não haver nenhum tipo de adoração,agora vcs vão desmentir também Deus os profetas e os apostolos,e vão me dizer também que não existe tais práticas na instituição catolica,que o povo ai não aprende a adora-las e invoca-las.É tanta imagem invocada que a gente perde até a conta,são tantos nomes de padroeiros e padroeiras que não dá nem p/calcular e vcs querem falar dos outros,é mais uma vez o adversário fazendo o certo ser errado e o errado ser certo.

    Agora eu respondo p/o sr.marcos-7.16:Para um povo lavado e remido pelo sangue de Jesus,e repleto da graça do Espírito Santo,as coisas Divinas são simples e compreensiveis.
    Mais p/vcs que andam ao contrário cabe esta palavra:Para um mal entendedor,todas as explicações do mundo não bastam.

    Algumas passagens sobre a sã doutrina

    >Deuteronomio 5.8A(Não farás p/ti imagem de escultura representando o que quer que seja do céu na terra….)
    Obs:O céu que vemos estão os astros,e o céu que vamos morar,estão S.Pedro,S.Paulo,S.Tiago,S.Maria,S.João e não é p/adora-los

    >Mateus 22.29 (Errais não conhecendo as escrituras e o poder de Deus)

    >Lucas 9.56 (Porque Jesus veio p/salvar as almas)

    >Deuteronomio 18.15 (O Sr.teu Deus te suscitará um profeta como eu a ele deveis ouvir)

    >Salmos 21.2A (Meu Deus meu Deus porque me abandonastes)

    >Salmos 21.19 (Repartem entre sí as minhas vestes…)

    >Isaias 11.12 (Sobre elerepousa o Espirito do Senhor)

    >Isaias 53 ler (O cordeiro imolado por nós que levou nossas enfermidades)

    >Atos dos Apostolos 3.19 (Arrependei-vos pois e convertei-vos p/que sejam apagados os vossos pecados …pela presença do Sr.

    >Atos dos Apostolos 16.31 (Cre no Sr.Jesus e serás salvo tú e tua casa)

    >Galatas 3.22 (Mas as escrituras encerrou tudo debaixo do pecado p/que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos que creem)

    >1 Timoteo 2.5 (Porque há um só Deus,e um só mediador entre Deus e os homens,Jesus Cristo homem)

    >1 Pedro 5.10 (E o Deus de toda a graça,que em Cristo Jesus vos chamou a sua eterna glória depois de haverdes padecido um pouco ele mesmo vos aperfeiçoará,confirmará e fortalecerá)

    >Apocalipse 5.9B (e com o teu sangue compraste p/Deus homens de toda a tribo e lingua e povo e nação)

    (MAS DEUS ESCOLHEU AS COISAS LOUCAS DESTE MUNDO P/CONFUNDIR AS SÁBIAS,E DEUS ESCOLHEU AS COISAS FRACAS DESTE MUNDO,P/CONFUNDIR AS FORTES.E DEUS ESCOLHEU AS COISAS VÍS DESTE MUNDO,E AS DESPREZIVEIS E AS QUE NÃO SÃO P/ANIQUILAR AS QUE SÃO.PARA QUE NENHUMA CARNE SE GLORIE PERANTE ELE)

    Os livros que foram inclusos na biblia protestante,foram inclusos porque houve concordância entre a totalidade das igrejas,entre a totalidade dos profetas e Apostolos das Santas Escrituras que falam a mesma línguagem e uma análise minuciosa dos textos agora Sr.Mané,sabe o que vc.faz,fica com a sua instituição caótica,a desculpem-me é catolica,fica com ela (QUE EU FICO COM JESUS).

  27. manuel disse:

    Lamento dizer,mas o meu irmão não sabe destinguir Idolo e Imagem.

    Nem sabe destinguir adoração e veneração

    Nem sabe a História do Cânon Bíblico.

    Nem sabes interpretar a Bíblia,só sabes é citar textos.

    Mas contudo respeito a tua inspiração já que todo proestante é inspirado inclusive para retirar livros na Bíblia.

  28. SanTiago disse:

    “Se o mundo durar mais tempo será necessário receber de novo os decretos dos concílios (católicos) a fim de conservar a unidade da fé contra as diversas interpretações da Escritura que por aí correm.” (Carta de Lutero à Zwinglio In Bougard, Le Christianisme et les temps presents, tomo IV (7), p. 289).

    “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da Igreja (luterana).” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).

    Este não quer o batismo, aquele nega os sacramentos; há quem admita outro mundo entre este e o juízo final, quem ensina que Cristo não é Deus; uns dizem isto, outros aquilo, em breve serão tantas as seitas e tantas as religiões quantas são as cabeças”
    (Luthers M. In. Weimar, XVIII, 547 ; De Wett III, 6l ).

    “Se o demônio te tentar com bebedeira, bebe, e bebe em nome de Cristo”. LUTERO

    “Dormi mais vezes com o diabo do que com minha mulher Catarina” (a ex freira Catarina de Bora).LUTERO

    …Esse foi Martin Luther….

    “Recomendo-vos, irmãos, que tomeis cuidado com os que produzem divisões contra a doutrina que aprendestes. Afastai-vos deles” (Rm 16, 17)

  29. nep. disse:

    Que belo, amei.

  30. Zico disse:

    Para os protestantes saberem:

    Na época de Lutero a grande maioria da população era analfabeta, não sabiam nem ler, quanto mais interpretar ou traduzir as Escrituras;

    Antes de Gutemberg invertar a imprensa, para se ter uma cópia da Bíblia tinha que se copiar manualmente, o que levaria muito tempo, uma cópia era caríssimo e somente pessoas muito ricas tinham uma cópia da bíblia, ou a igreja, porque os monges tinham tempo para copiá-la.

    Era considerado o Latim como língua da bíblia por causa de padronização, pois sabemos que o que o autor quer expressar no seu idioma, nem sempre é o que o outro interpreta.

  31. Daniel Dumaresq disse:

    Protestantes são dissidentes dos católicos.
    Evangélicos são dissidentes dos protestantes.
    Pentecostais são dissidentes dos Evangélicos.
    O movimento neopentecostal tradicional (pro$peridade) é dissidente dos pentecostais.
    O movimento neopentecostal moderno (em relação às músicas, como “Diante do Trono” e “Trazendo a Arca”, músicas mais emotivas) é dissidente também dos pentecostais.

    Geralmente as igrejas chamadas de “protestantes” ou “evangélicas” gostam de denominarem-se da seguinte maneira:
    Reformados (calvinistas, luteranos) são protestantes.
    Arminianos não-pentecostais (batistas, metodistas) são evangélicos.
    Arminianos ou calvinistas pentecostais são evangélicos pentecostais.
    Neopentecostais modernos são evangélicos pentecostais
    E os neopenteco$tai$ tradicionai$ ninguém quer.

  32. Daniel Dumaresq disse:

    E em relação à pergunta-título:
    Tanto protestantes quanto católicos se afastaram do propósito de Cristo. A verdadeira Igreja a ser arrebatada nós não veremos em prédios terrestres.
    Cristo salva. Só.

    SANTIDADE AO SENHOR!

  33. Eliana Lee disse:

    Olá Rafael
    Estou procurando uma Bíblia bilíngue português-inglês para estudo, mas gostaria que ela fosse “católica”, ou seja, com os 73 livros. Você conhece alguma para indicar? Obrigada

    • Rafasoftwares disse:

      Olá Eliana.

      Olha eu não conheço nenhum bíblia católica assim. Eu tenho uma versão dos evangelhos traduzido pelo vaticano em 4 linguas.
      Você poderia comprar uma versão em ingles, acho um pouco dificil encontrar aqui no Brasil uma assim. Pelo menos nunca vi!

  34. sofia AMIga disse:

    e minha bíblia tem o livro de TIAGO…e eu sou EVANGÉLICA…..hum…será que você sabe o que está escrevendo?? depois os crentes é que falam sem saber……

  35. (Anderson) disse:

    PROTESTANTISMO – OS FILHOS DE LUTERO E SUAS DOUTRINAS DE HOMENS
    A frase mais comum que ouvimos de protestantes, especialmente evangélicos é: “Católicos, leiam a Bíblia.”
    Os protestantes utilizam a referida expressão para atacar o catolicismo que, segundo eles, abraça dogmas e confissões de fé antibíblicas.
    Faço a ressalva que os protestantes históricos apresentam-se nos atuais dias bem mais carinhosos e receptivos do que o novo protestantismo brasileiro que se auto denomina “Igreja Evangélica”.
    É prudente que deixemos de lado aqueles que já nasceram em lares protestantes ou mesmo evangélicos e que sem culpa direta atacam o catolicismo a partir das instruções e doutrinamento constantes que receberam.
    O Catecismo nos ensina algo muito importante sobre isso:
    “Os que hoje em dia nascem em comunidades que surgiram de tais rupturas e estão imbuídos da fé em Cristo não podem ser arguidos de pecado de separação, e a Igreja católica os abraça com fraterna reverência e amor… Justificados pela fé recebida no Batismo, estão incorporados em Cristo, e por isso com razão são chamados com o nome de cristãos, e merecidamente reconhecidos pelos filhos da igreja católica como irmãos no Senhor” (UR,3), (CIC nº 818).
    Entretanto, faço a anotação de que é dever de todos a busca ardente pela verdade e assim para aqueles que são aptos mentalmente e integralmente capazes e ainda livres de quaisquer impedimentos, é indispensável que a investigação caminhe no sentido de se conhecer mais profundamente o catolicismo antes de critica-lo, especialmente para aqueles ex católicos que sem nada saberem da religião de seus pais fazem a opção pela adesão às mais variadas seitas que militam contra a Igreja Católica.
    Para os que abandonam a Igreja Católica ou a rejeitam sabendo ser ela a verdadeira e única esposa de Cristo:
    “Os heréticos condenam-se a si mesmos já que por própria opção abandonam a Igreja, um abandono que, sendo consciente, torna-se sua condenação .”
    São Jerônimo Comentários acerca de Titus, 3,10 386 A.D.
    Como todas denominações protestantes se dizem inspiradas por Lutero e com mais ou menos fervor todos parecem protestar contra o catolicismo, mesmo reconhecendo que alguns segmentos desejam estreitar laços ou pelo menos desenvolver respeito pela doutrina católica, proponho que o contexto abaixo sirva de referência e reflexão para aqueles que injustamente lançam calúnias contra a doutrina Católica.
    Proponho um exame de consciência para todos aqueles que falam do que não sabem, especialmente protestantes evangélicos que na sua maioria são ex católicos que nada conhecem do catolicismo.
    “Um homem Cristão é Católico enquanto vive no corpo; decepado deste, torna-se um herege. o Espírito não segue um membro amputado.”
    Santo Agostinho…
    Ao contrário do que pensa todo e qualquer protestante, o “Só a Bíblia” de Lutero é de fato a doutrina antibíblica mais nociva que já existiu, pois dela derivam todos os principais erros doutrinários que assistimos em grande profusão nas seitas protestantes.
    A Bíblia não se autodefine como única fonte de revelação e assim sendo, quando alguém diz “Só a Bíblia”, o está fazendo por si mesmo ou imitando outro protestante que, por sua vez, copiou a doutrina antibíblica de um outro par ou de alguma outra denominação protestante.
    “Enquanto os Protestantes estudam o menu (a Bíblia), os Católicos se deliciam com a refeição.”
    Dr. Scott Hahn…
    Então vem o protestante e diz: “a Bíblia ensina que toda escritura é útil…”
    Senhor protestante, preste atenção.
    Útil é útil.
    Útil não é o mesmo que suficiente.
    Útil é auxílio. Aliás, no caso da Bíblia, um precioso auxílio.
    Indispensável é a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade(Timóteo).
    O que isso quer dizer ?
    Sem a Igreja a verdade não se sustenta.
    O protestante faz o contrário.
    O que deveria ser útil para o seu aprendizado vira único e absoluto.
    E a Igreja que inclusive pela própria Bíblia é imprescindível, vira descartável já que é o próprio protestante diz: “…igreja não salva ninguém.”
    E o protestante ainda tem coragem de gritar: “Católicos, leiam a Bíblia.”
    Nem Jesus ou qualquer dos seus apóstolos disse que no futuro todos deveriam praticar o conceito “Só a Bíblia”.
    Pelo contrário.
    São Paulo, por exemplo, nos orientou que guardássemos as tradições de tudo que foi transmitido.
    Portanto, pela Bíblia a tradição necessariamente deve ser assimilada.
    E quando se diz que a tradição deve ser assimilada é obrigatório que alguém a transmita.
    E qual protestante poderá transmiti-la se todos sem exceção a desprezam ?
    E se não transmitem a tradição, como podem absorve-la e assim atender na íntegra a disposição bíblica ?
    E se não transmitem a tradição e portanto, não sendo possível a eles absvorve-la, como poderão ser bons cristãos ?
    E tornando a Bíblia que deveria ser útil como indispensável, ele acaba por cair em contradição.
    Ora, se a Bíblia é suficiente como dizem os protestantes, seria lícito esperarmos que suas resoluções fossem cumpridas na íntegra, entre as quais a observância quanto às tradições das quais nos falou o apóstolo e cujo registro é bíblico, e, também em relação a Igreja que é definida pelo texto bíblico como coluna e sustentáculo da verdade.
    O protestante se contradiz com sua própria armadilha e no conceito que copiou para si e que deseja impor aos demais.
    Os cristãos dos primeiros séculos não dispunham de Bíblia e possivelmente foram melhores e mais provados na fé do que nós.
    Como fazem as crianças ou aqueles que não podem ler ?
    O Altíssimo achou por bem que tivéssemos a Bíblia e incubiu a Igreja Católica Apostólica Romana e não Lutero de produzi-la.
    O que Lutero fez foi modificar uma Bíblia que já existia.
    É sempre assim.
    Se para construir foi necessário o Espírito Santo, para distorcer basta a ação humana.
    Lutero simplesmente modificou a palavra de DEUS e todos protestantes aceitaram.
    DEUS permitiu aos cristãos do primeiro século seguirem Jesus Cristo sem Bíblia e ensinados pela tradição que era transmitida pela Igreja.
    Posteriormente, por vontade e inspiração divinas os cristãos passaram a ter Igreja e Bíblia.
    Veio Lutero que não foi inspirado pelo Espírito Santo e cuja existência e atuação deveriam ser provada pela Bíblia, já que o protestante grita “Só a Bíblia”, e decidiu que poderia retirar livros e promover alterações por conta própria.
    E depois de Lutero que já não convence ninguém, vem o protestante/evangélico nacional e moderno, e, tomando o lugar de DEUS decide que agora todos deverão ter Bíblia e que Igreja não serve mais para nada.
    E este protestante “moderno” é que decide como se deve interpretar a Bíblia, condenando, sobretudo a interpretação católica de 2.000 anos.
    Perfazendo o caminho inverso, os protestantes históricos dizem:
    Reverendo protestante. O. J. Nelson, de Bellingham, Wash. , diz:
    “No sentido exato, ninguém além dos Católicos tem uma Bíblia infalível e ninguém além dos Católicos podem ser chamados de cristãos ortodoxos. . . só há uma Igreja Cristã de realidade e autoridade consistente e é a Igreja Católica”.
    “O tempo está vindo, se, realmente, já não veio, quando estas igrejas definitivamente e decididamente têm que se perguntar se a Bíblia é de Deus ou do homem. E neste campo, o Papa é o único e exclusivo Campeão da Bíblia como a Palavra de Deus”.
    O Reverendo dr. A. S. Crapsey, escrevendo a “Free Religious Association”:
    “A maioria das denominações protestantes estão retornando, voltando para os Católicos. Eles estão perdendo sua liderança intelectual por não manter passo com os estudiosos. O protestantismo seguirá e obedecerá a lei da gravitação, desintegrará,e assim perderá todo o poder “.
    O protestante não só diz que Igreja não salva ninguém como também afirma que basta crer para ser salvo.
    A Bíblia demonstra claramente que haverá um julgamento, mas o protestante sente-se salvo sem julgamento pelo “Sola Fide” de Lutero e mais uma vez tomando o lugar de DEUS decide quem e porque está condenado.
    E depois ainda grita o protestante: “Católicos, leiam a Bíblia.”
    A Igreja é o corpo místico do Senhor Jesus e recusa-la significa não aderir a Cristo como se deve.
    Por isso, ao contrário dos protestantes, especialmente evangélicos que dizem que Igreja não serve para nada, nossos santos dizem:
    ”ONDE ESTIVER O BISPO, ESTEJA O POVO, ASSIM COMO ONDE ESTÁ JESUS CRISTO, ESTÁ A IGREJA CATÓLICA”. (SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA, CARTA AOS ESMIRNENSES, 8, ANO 106 D.C.).
    Ao contrário do mundo protestante, onde o crente faz o favor de “aceitar Jesus”, na doutrina católica é o Senhor que nos convida e que nos acolhe.
    Ele nos amou primeiro. Sempre ele.
    Não temos mérito algum.
    E acaso não sabeis que esse mesmo Senhor é o mesmo ontem, hoje e eternamente ?
    Com é possível que a Igreja que é seu corpo místico se modifique se a cabeça é íntegra e nunca se modifica ?
    O relativismo é vosso.
    Como disse vosso pai Lutero sobre a doutrina do livre exame que ele mesmo criou, cada cabeça é uma “igreja”.
    E seu amigo Melanchton escreveu:
    “Nem toda a água do rio Elba daria lágrimas bastante para chorar a desgraça da Reforma”.
    Mas vem o protestante outra vez dizendo: “…a bíblia manda que examinemos as escrituras e assim eu posso interpreta-las.”
    Se examinar é igual a interpretar então você protestante está me dizendo que a Bíblia é contraditória.
    A Bíblia diz que interpretação alguma é de caráter individual(Pedro).
    Vem você protestante e diz que examinar é o mesmo que interpretar.
    Como é possível que a Bíblia que condena a interpretação individual ao mesmo tempo ensine que é lícita toda e qualquer interpretação individual ?
    Meu caro protestante, examinar não é o mesmo que interpretar. Isso é primário.
    Eu examino meus filhos e vejo se algum deles está quente demais.
    Posso até imaginar que algo não anda bem com um deles.
    Posso até arriscar que um deles está com febre.
    Mas o diagnóstico preciso não sou eu quem dou.
    Não sou médico e assim não ouso dizer que é virose, catapora ou sinusite.
    Quer outro exemplo ?
    Eu percebo um vento esquisito durante a tarde.
    Noto ainda que o céu está cinza ao invés de azul.
    Vejo nuvens carregadas.
    Penso até que vai chover.
    Mas não posso precisar quando, onde, por quanto tempo e a quantidade de chuva que irá cair.
    Isso quem faz é o especialista.
    O serviço de meteorologia.
    E por vezes nem chega a chover.
    As nuvens se desfazem e o sol volta a brilhar.
    Imagina alguém que só sai de casa depois de ouvir a minha opinião sobre o tempo ?
    Seria o mesmo que dizer: “ignorante guiando ignorante”.
    Felizmente, ninguém se vale da minha opinião para saber a previsão do tempo e tampouco minha sábia esposa me consulta sobre as enfermidades de meus filhos. Ela procura o especialista.
    A Bíblia diz que cada um de nós tem uma função dentro do corpo de Cristo.
    Uns são mestres.
    Outros são intérpretes.
    Outros são obreiros.
    E existem aqueles que são sacerdotes.
    Todos como membros de um só corpo.
    Em outras palavras, a Bíblia nos assegura que nem todos são doutores, sacerdotes ou intérpretes.
    O protestantismo para variar faz tudo diferente do que a Bíblia manda.
    Todos são mestres, teólogos, especialistas, sábios, doutores, professores, intérpretes da Bíblia, sacerdotes, reis, possíveis donos de igrejas e críticos.
    Principalmente críticos.
    Críticos eventuais de seus próprios pares, especialmente para justificar a abertura de novas denominações.
    E críticos implacáveis do catolicismo do qual nada conhecem.
    E vem o protestante que não entendeu o texto bíblico e diz: “Católicos leiam a Bíblia.”
    Arvora-se o protestante como defensor da Bíblia e gritando em alto e bom som e apontando o dedo para os católicos pronuncia e repete: “Falta ao povo católico conhecimento bíblico”
    No entanto, é esse mesmo protestante que despreza a Bíblia, se não vejamos:
    .Ignora o Pai Nosso;
    .Ignora a bem aventurança de Maria;
    .Ignora as obras;
    .O anjo do Senhor saúda Maria, mas o protestante acha que pode ofende-la;
    .O anjo diz a Maria que ela achou graça diante do Senhor, mas o protestante diz que ela foi uma mulher como outra qualquer;
    .A Bíblia diz que Maria é bendita entre todas as mulheres, mas o protestante diz que ela é apenas uma pecadora e uma mulher que teve vários filhos;
    .Isabel chama Maria como mãe do meu Senhor, mas o protestante diz que Maria não é mãe de DEUS;
    .João Batista estremece de alegria no ventre de Isabel ao ouvir a vóz de Maria, mas o protestante se enfurece quando ouve alguma saudação a virgem;
    .A Bíblia proíbe a interpretação pessoal, mas o protestante “interpreta” dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo;
    .A Bíblia define a Igreja como coluna e sustentáculo da verdade, mas o protestante diz que Igreja não serve para nada;
    .Jesus diz que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas, mas o protestante diz que religião não serve para nada;
    .A Bíblia diz perseverai até o fim, mas o protestante já se sente salvo e condena os demais antes de qualquer julgamento;
    .A Bíblia diz que nossas obras serão levadas em consideração no dia do julgamento, mas o protestante diz que obras não servem para nada;
    .Jesus diz que são de sua família todos que ouvem e praticam a palavra, mas o povo de Deus é só evangélico ou protestante. Vale o rótulo.
    .A Bíblia diz que todos devem ser um só e eles se dividem em várias denominações;
    .A Bíblia diz que não se deve confiar no homem, mas eles confiam nas “reformas” de Lutero que negou a si próprio quando disse que não se deve confiar em um sacerdote. Ora, Lutero era monge. Confiam nas visões de seus pastores e confiam nas suas próprias profecias e interpretações;
    .A Bíblia nos mostra que João Batista pediu penitência e o protestante diz que penitência não serve para nada;
    .Jesus faz separação entre os pecados quando nos diz que pecado maior cometeu quem lhe entregou a Pilatos. E o protestante para variar diz que não há diferenças entre os pecados.
    “SE VOCÊ ACREDITA NO QUE LHE AGRADA NOS EVANGELHOS E REJEITA O QUE NÃO GOSTA, NÃO É NOS EVANGELHOS QUE VOCÊ CRÊ, MAS EM VOCÊ.(SANTO AGOSTINHO)”
    Na prática, o protestante faz o que a Bíblia condena e o que ela ordena ele rejeita.
    O protestante vive basicamente do anti catolicismo.
    A Bíblia diz que Jesus levou para a Cruz as nossas enfermidades e pecados.
    E por isso tem gente no vosso meio dizendo que cristão não fica doente ou não deveria ficar.
    Mas não continuamos pecando ?
    Por que não haveríamos de ficar doentes ?
    E tem alguém ainda vivo do tempo em que Jesus curou ?
    Provavelmente a maioria morreu de doença.
    E alguém duvida que depois de terem sido curados ou ressulcitados por Jesus eram crentes melhores do que qualquer um de nós ?
    E os pregadores que dizem tais bobagens sobre Cristo são os mesmos que quando estão doentes procuram os médicos.
    Se estão com dor de cabeça tomam analgésicos.
    E muitos usam óculos.
    Deveriam usar Telescópios de última geração para ver se conseguem entender alguma coisa da mensagem de Jesus.
    E grita o o protestante: “Católicos leiam a Bíblia”.
    Santo Agostinho: “Não penses que as heresias são produto de mentes obtusas. É necessário uma mente brilhante para conceber e gerar uma heresia. Quanto maior o brilho da mente, maiores suas aberrações”.
    Lutero não gostou do que viu ou ouviu e resolveu protestar.
    Como não foi atendido resolveu fundar uma nova igreja.
    O protestante não concordou com Lutero na íntegra e fundou uma nova denominação.
    A nova denominação não agradou a todos e então outros fundaram novas denominações.
    A Bíblia não prescreve a fundação de “igrejas” e além disso condena a divisão.
    E todos sem exceção, fazendo tudo diferente do que ensina a Bíblia se dizem seus defensores e intérpretes.
    Dizendo-se seguidores de Jesus, fazem exatamente o que ele não mandou fazer. Seguem denominações fundadas por homens ou fundam as suas próprias.
    E grita o protestante: “Católicos leiam a Bíblia”.
    E tem mais:
    “A fé vem pelo ouvido”
    Mas para o protestante a leitura é melhor do que o ouvir.
    Para variar, o protestante faz diferente do que a Bíblia ensina.
    Seus próprios pregadores dizem que o crente não deve acreditar no que eles pregam, mas confirmar o que foi pregado a partir da sua própria leitura individual.
    Que não se deve dar crédito aos pregadores protestantes isso eu também sei.
    Mas de modo algum a Bíblia manda que a leitura dos textos substitua o ato de ouvir.
    E nesse caso o “ouvir” é ouvir de fato de uma fonte confiável, algo que provamos não ser possível no protestantismo.
    E não é só isso.
    Para quem de fato faz a leitura da Bíblia livre do preconceito protestante não terá dificuldades de entender que não adianta ler a Bíblia se não há alguém que a explique.
    O eunuco da Rainha clamou por uma explicação.
    Mas para o protestante, muito embora o texto bíblico aponte na direção do dueto ouvir/explicar, ele sempre resolve fazer diferente.
    Considera sua leitura suficiente e não precisa de explicação de espécie alguma.
    O protestante considera que o próprio Espírito Santo lhe dá todas as explicações a partir da leitura que faz e assim ele pode interpretar livremente a Bíblia Sagrada e embora a Bíblia diga que a fé vem pelo ouvir ele considera que no seu caso o entendimento pessoal é superior e suficiente.
    Todavia, depois de ter escolhido por conta própria o critério que pretende seguir, o protestante não consegue explicar uma série de coisas.
    Por que cada irmão seu protestante possui um entendimento pessoal diferente se o Espírito Santo é um só ?
    Por que o Espírito Santo parece ter esquecido o eunuco ? Ao contrário de todo e qualquer crente protestante que é auto suficiente, o eunuco implorava por explicação.
    Por que parece ao protestante que o Espírito Santo não presta assistência a Igreja Católica ?
    Por que só a interpretação católica que está errada ?
    Afinal de contas não é o protestante que diz que a Bíblia não fala em Igreja Católica.
    Onde está o texto bíblico que diz claramente que o Espírito Santo assistiria a todo e qualquer protestante e ao mesmo tempo só negaria assistência ao eunuco e a Igreja Católica ?
    E onde está o texto bíblico que garante a qualquer protestante a assistência infalível do Espírito Santo em suas interpretações particulares ?
    E onde está o texto bíblico que garante aos protestantes divergirem entre si em matéria de fé e doutrina e ao permanecerem todos certos ao mesmo tempo ?
    João
    “Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos.”
    Pedro
    “Ora, assim como entre o povo houve falsos profetas, do mesmo modo haverá entre vós falsos doutores, que introduzirão seitas de perdição e renegarão aquele Senhor que os resgatou, atraindo sobre si mesmos uma pronta ruína. Muitos seguirão as suas dissoluções, por causa dos quais será blasfemado o caminho da verdade, e, por avareza, com palavras fingidas, farão negócio de vós, mas a sua condenação já desde há muito não repousa e a sua perdição não dorme”. (II Ped. 2, 1-3).”
    Autor – V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se o autor.

  36. (Anderson) disse:

    CATÓLICO QUER VIRAR PROTESTANTE

    Como escolher uma denominação protestante ? Qual das 50.000 denominações protestantes ?

    Os que guardam o sábado acusam de hereges aqueles que observam o domingo. E vice-versa.
    Os que não batizam acusam de hereges aqueles que batizam e vice-versa.
    Os que aceitam divórcios e uniões homoafetivas são massacrados por aqueles que são contrários.

    Pensemos, por exemplo, em uma denominação que abraça a teologia da prosperidade. Mas então outros protestantes nos dizem que estas denominações são heréticas. Dizem outros vários protestantes que tais organizações são consideradas como seitas. Dizem ainda que a Bíblia condena tal prática e que estes pregadores arderão no fogo do inferno.
    Então deixemos as seitas e nos concentremos nas denominações mais tradicionais que condenam a mesma teologia da prosperidade.

    Mas então vem uma outra situação. Ao ligar a TV, não é difícil encontrar um pastor dizendo que aqueles que não pregam tal teologia são trouxas.
    Outros ensinam ainda que como filhos do Rei, o crente deve ter tudo do bom e do melhor e portanto aqueles que pregam um evangelho de sacrifício não estão sintonizados com a palavra de DEUS.
    Se partirmos para a denominação dita “Universal” é praticamente certo uma avalanche de críticas vinda dos outros grupos protestantes.

    Vamos imaginar então um católico desligando a TV e procurando conselho no rádio de pilhas onde existem um grande número de programas protestantes.
    No rádio é possível encontrar pastores pregando uma tal de confissão positiva. Dizia um pastor que o crente que fica doente é porque não tem fé ou está possuído pelo demônio.
    Segundo este pregador, o protestante tem que determinar em nome de Jesus e seja lá qual for a doença esta mesma tem que bater em retirada. Triunfalista demais !
    Não é difícil encontrar um bom número de protestantes que condena esta abordagem.

    Mudando o rádio de estação é possível escutar um outro pregador dizendo que o protestante tem que tomar posição diante de DEUS e assumir sua condição de rei e sacerdote.
    Mas não foi exatamente isto que Judas Iscariotes fez ? Não foi Judas que tomou posição diante do DEUS vivo ?

    Confuso com tantas informações o católico vacilante querendo ser protestante resolve sair de casa. Passando pela rua nota um templo protestante próximo de onde reside. Percebe que o culto irá começar. Todos cantam e parecem bem felizes.
    Quando começa a pregação o pastor afirma que o problema do povo evangélico é que ele não toma posse de sua benção.Como assim ? Dizia este mesmo pregador que se o crente não exige de DEUS a sua vitória e posição no reino, este mesmo DEUS não pode agir do modo que se espera.
    O católico frágil em sua fé ficará ainda mais confuso. Este católico nunca tinha ouvido que DEUS “não pode” isto ou aquilo. Pensava que DEUS podia todas as coisas. E pode mesmo.
    Mas este mesmo católico pensa: “…deve estar na Bíblia. O pregador deve saber o que está falando.”
    Contudo, a dúvida ainda persiste. Cada pregador que este católico escuta condenava as teorias dos demais pregadores.

    Sabe o que o que o católico indeciso resolve fazer ?
    Radicalizar. Decide ser um cristão primitivo. Será Luterano. “Afinal de contas, se pergunta, não foi Lutero que começou tudo ?”
    Não dizem os protestantes que ele foi um homem de coragem e indispensável ? Imagina o católico que não deve existir protestantismo mais “puro” e autêntico do que o luteranismo.
    Mas aí um grande número de crentes lhe diz que os luteranos atuais traíram Lutero incorporando muitos dos ritos e costumes católicos.
    E agora ? O que este católico deve fazer ?

    Já lhe disseram que as teologias da prosperidade e confissão positiva são demoníacas. Os tradicionais foram rotulados de bobos. Os conservadores foram acusados de dogmáticos e os modernistas são chamados pelos outros grupos de hereges. As denominações carismáticas são chamados de seitas…
    Talvez ele possa ser Calvinista! Mas então um grupo lhe ensina que Calvino era um herege por acreditar na predestinação dos eleitos. Alguns protestantes chegam a dizer que o tal do Calvino teria traído o grande escolhido por DEUS que era Lutero…

    Faço uma pausa para uma reflexão. Nunca entendi. Se DEUS levantou Lutero, por que todos se dividem e continuam reformando a reforma que DEUS já “teria feito” ?
    Ou Lutero está certo ou Lutero está errado. Se DEUS o levantou para corrigir os “erros” do catolicismo, quem é tolo suficiente para afrontar a DEUS e separar-se do “ungido” do Senhor ?
    E se não foi Lutero levantado por DEUS, e não foi mesmo, o que faz o protestante fora da Igreja Católica ??
    O que você está dizendo Sr.Católico quase protestante ???

    Já existiam outros grupos antes de Lutero que pregavam Sola Scriptura ? Quais ? E não foram estes mesmos grupos condenados e chamados de hereges pela Igreja Católica de Lutero e pelo próprio heresiarca ?
    Por vezes me esqueço que estou falando do protestantismo, onde nada é exatamente o que deveria ser e nada precisa fazer sentido.
    Então Sr.Católico protestantizado, você ouviu dizer que a Igreja Católica é uma seita ou foi fundada por Constantino ??? Então me diga como um protestante abraça as teorias de Lutero que era membro de uma seita ou talvez ex sacerdote da Igreja de Constantino ? Está vendo Sr.Católico o que é o protestantismo ? Nada faz sentido. Vale apenas o que o protestante quer.

    Pensa então o católico em ser pentecostal e quando manifesta o seu desejo, os protestantes históricos lhe dizem que estes grupos carismáticos nada tem de protestantes e que estes mesmos copiaram doutrinas oriundas da América do Norte e todos seriam traidores dos princípios defendidos pelos grandes reformadores, especialmente Lutero e Calvino.
    Nesta hora, Lutero e Calvino voltam a ser amigos e todos os protestantes os tem por Inspiração. E assim, Constantino desaparece tão rápido como apareceu. Mas deixa pra lá ! Não vamos insistir em entender aquilo que é inexplicável por si só.

    Então acrescentam os Metodistas e Episcopais que os tais pentecostais praticam heresias de toda ordem.
    E os Mórmons, Testemunhas de Jeová e Adventistas ? O que dizer deles ? Todos os demais grupos lhes condenam e por sua vez estes três grupos se condenam entre si e os três condenam os demais grupos protestantes. Que Babel este protestantismo né ?

    O católico que já entendia pouco de catolicismo, menos ainda de protestantismo, parece alguém que navega em pleno mar revolto.
    Sabe de uma coisa ? O católico faz a opção de ouvir música Gospel.Pensa ele: “Quem sabe tenho alguma inspiração louvando a DEUS ?”
    Quando julga que terá alguns momentos de reflexão que lhe viabilizem tomar uma decisão adequada, eis que lhe vem um amigo da mesma Igreja Universal e lhe diz: “Estás louco ?”
    “Como assim ?” pergunta o católico. E responde o amigo “Você não sabia que 99% dos cantores Gospel estão com demônios ? Meu líder nos disse isto”

    Declina imediatamente da música Gospel e decide que irá conhecer a igreja anglicana. Pensa ele: “Deve ser boa ! Já me disseram que é uma benção.”
    Então começa a pesquisar em sites protestantes sobre a Igreja Anglicana e encontra mais contras do que prós. Lê inclusive que tudo começou porque um rei desejava cometer adultério e não teria obtido a permissão da Igreja Católica para casar-se outra vez. E os protestantes da reforma e todos os demais que vieram depois condenavam como herética a dita Igreja Anglicana que segundo eles adota entre outras coisas muitos dos ritos do catolicismo.

    Bom, diante de tudo isto, pensa que só lhe resta ser neopentecostal. Pensa que talvez deva aderir ao pastor que usa chapéu ou àquele que trata aos seus seguidores por patrocinadores.
    Quem sabe deva ele ingressar na tal da “igreja” da Lagoinha ? Soube este católico que lá tem um avivamento forte. Parece que tem uma tal de unção do Leão ! Leão ??? Logo lhe vem a mente: “Deve ser tremendo !”
    Nem preciso te dizer Senhor Católico o que todos os outros grupos protestantes disseram a respeito destes últimos líderes citados. Ou preciso ?
    E a unção do Zoológico ? “Dizem que nesta igreja a poder de DEUS se manifesta tremendamente.”
    Mas logo veio o vizinho batista para desestimulá-lo. “Meu amigo, esta unção do Zoológico é obra de Satanás. A Bíblia não fala nada a respeito disto. Quando se viu tal manifestação entre os apóstolos ? “

    Católico, o que podemos tirar de tudo isto ? Você percebe meu caro católico vacilante e inconstante o que aconteceria com a Igreja Católica se fosse possível que ela abraçasse heresias e novidades e resolvesse optar pela “doutrina” de uma denominação protestante ?

    Ela ainda assim seria chamada de herege ou apóstata. Seria atacada por todos os lados, visto que só há concordância entre todas as denominações protestantes no que tange ao ódio e aversão ao próprio catolicismo. Abraçasse a doutrina que fosse, sempre os protestantes estariam prontos para dirigir a Santa Igreja toda a sorte de acusações e calúnias.
    Agora eu te pergunto católico contestador: A verdade misturada com a mentira torna-se o que ? Meia verdade ? E meia verdade é mais parecida com a mentira ou com a verdade ? Meia verdade é também meia mentira. A verdade católica não muda jamais e nem pode mudar. Se mudasse já não seria verdade.
    Minha mãe biológica sempre será minha mãe biológica. Mesmo que seja uma péssima mãe. Mesmo que ela não tenha me desejado. Mesmo que eu não a queira por mãe. Ela sempre será minha mãe biológica. Isto é verdade. Verdade que não envelhece e portanto é sempre atual.
    E então: Que denominação protestante um católico ignorante deveria procurar ? Que tal a Igreja das células ? Parece primitivo ! Pensa o católico: “A história da Igreja não começou assim com as comunidades reunidas em casas ?” Aliás, que igreja começou assim católico ? A Igreja de Constantino ? A de Lutero ? A de Calvino ? A Batista ? A Bola de Neve ou Cuspe de Cristo ? Deixa prá lá.

    Prossegue o católico: “Tem até patriarca esta Igreja em células !” Porém, mais uma vez, este católico perdido encontra todo o tipo de opinião sobre esta vertente no meio protestante. Encontra quem é a favor e quem é contra. Muito mais contrários do que favoráveis.
    E o evangelho judaizante ? Será que é bom ? Mais uma vez não é possível encontrar consenso entre os protestantes. Pode-se perceber partidários e opositores do evangelho judaizante em todos os cantos. O protestantismo é assim mesmo. Nada é o que parece ser. E tudo que parece ser não é.

    Finalmente, cansado de tanto procurar, o católico encontra o Movimento dos Sem Igreja.
    Trata-se de um movimento supostamente evangélico. Seriam cristãos sem templo. Eles dizem a este católico que igreja não serve para nada. Dizem ainda que todas as denominações evangélicas ou protestantes foram edificadas sobre homens. Afirmam também que estão fartos de tantas heresias no meio evangélico/protestante.
    Este grupo ensina que se deve olhar apenas para Jesus e não para o homem. Eles dizem que cada crente pode caminhar com as próprias pernas. Evidentemente que não servem pernas católicas. A máxima só vale para quem fez o favor de “aceitar” a Jesus em um templo protestante!
    Nisto os protestantes ainda que não saibam têm razão. Católico sem a Igreja não consegue caminhar mesmo.
    “Um homem Cristão é Católico enquanto vive no corpo; decepado deste, torna-se um herege. o Espírito não segue um membro amputado.(Santo Agostinho)”

    Mas pensando bem, em se tratando de protestantismo faz algum sentido. Todo mundo que levantou o dedo em um templo protestante e que disse aceitar Jesus já está “salvo”. Correto?
    Todo mundo no meio protestante/evangélico lê sua Bíblia contando com a assistência “infalível” do Espírito Santo. Correto ?
    Todos acusam uns aos outros de hereges. Correto ?
    O crente protestante deve conferir se aquilo que o pastor pregou na denominação está ou não de acordo com a palavra. Correto ?
    E de acordo com a tese da maior parte dos protestantes, uma vez salvo sempre salvo. Correto ?
    Ora, depois de se tornar protestante, se o convertido pode ser intérprete, se ele conta com a assistência do Espírito Santo, se todos são hereges, menos ele, se ele já está salvo e se a salvação não pode ser perdida, por que ele deveria se tornar membro de uma denominação evangélica ou protestante ? Por que deveria frequentá-la ?

    Mas como assim intérprete da palavra de DEUS ?
    A Bíblia não condena a interpretação particular ? Tal condenação só deve existir na Bíblia católica. Deixa pra lá.
    Como assim assistência do Espírito Santo para ler a Bíblia ? Mas não é o protestantismo que condena a infalibilidade do papa ?
    Aliás, como é possível que alguém no protestantismo seja infalível na interpretação da Bíblia se todos condenam a infalibilidade ?
    E se todos discordam uns dos outros, isto não é prova que a infalibilidade de fato não está com o protestantismo ?
    Ah ! Entendi. Cada crente é “infalível” para si mesmo. Cada crente é uma espécie de Papa.
    Então este deve ser o principal motivo de tantas divisões. Quando discordam, logo surge uma nova denominação sob a regência de um novo papa “infalível”.
    Cada crente é apto para julgar todos os demais. Ele é quem decide sobre a doutrina que ele próprio deve seguir e pregar. Ele é quem determina quem é ou não herege, quem está salvo e quem está condenado. Ele decide quem é idólatra e quem é adorador. A únicas certezas que o “infalível” protestante tem é que ele está certo e salvo e que a Igreja Católica é a Babilônia…
    Assim, o cada protestante julga possuir capacidade para seguir ou rejeitar pastores ou denominações. É tudo a partir da leitura bíblica que cada crente faz. Mas deixa prá lá. Tá amarrado !

    Eu também não entendo outra coisa. Quando um protestante tem o direito de deixar a sua denominação para aderir a outra ou fundar a sua própria ?
    E aqueles que se mantiveram com o pregador ? Qual deles está salvo ?
    Aquele que deixou a denominação porque não concordou com a pregação a partir da leitura individual que fez ? Ou aquele que se mantém fiel à denominação ? Ou ainda aquele que fundou uma nova denominação ? Todos estão salvos ? Então por que brigam ?
    Deveriam estar comemorando a salvação de todos. A salvação do que ficou na denominação, daquele que saiu da denominação e daquele que fundou uma nova denominação.
    Quantas vezes o crente pode mudar de denominação ? Naturalmente, a Bíblia explica tudo isto. Não é o protestante que diz “Só a Bíblia” ?

    Então deve estar tudo lá Bíblia. Visões dos pastores, revelações de “ungidos”, Lutero, Calvino, Macedo, Soares, as denominações, a definição do Canon, os livros inspirados e a própria definição bíblica de que a Bíblia seria a única fonte de revelação. E a Bíblia deles provavelmente deve dizer que tudo deve ser consultado na Bíblia protestante. E deve dizer ainda que só serve Bíblia protestante traduzida por João Ferreira de Almeida…
    Ou não ? O problema é que como católico eu “não” leio a Bíblia. Quando me tornar protestante tudo será diferente.
    Com 06 meses de Bíblia poderei contestar a Igreja Católica de 2000 anos, todos seus concílios, toda a sua doutrina e todos os seus duzentos e tantos papas.
    E também poderei contestar meus próprios pares protestantes. Serei teólogo de mim mesmo e poderei fundar uma nova denominação.
    Nem me importa se pregarei certo ou errado, pois possivelmente meus seguidores serão menos “sábios” do que eu. Provavelmente serei idolatrado e quando os críticos me atacarem, logo um dos meus adoradores dirá sem pesquisar:
    “Não toca no ungido do Senhor”
    “Deixa que ele está fazendo a Obra de DEUS”.
    “Ai de quem tocar no servo de DEUS !”

    E o melhor de tudo é que bastará tão e somente eu dizer que eu tive uma visão para fundar uma denominação e todos sem exceção acreditarão na minha fábula.
    Isso tem de bom no meio protestante. Justiça seja feita. Todo protestante prima pela coerência.
    Eles não aceitam o papa, mas aceitam a “visão” de qualquer pastor.
    Eles rejeitam o magistério da Igreja com seus 2000 anos e sua infalibilidade, mas creem em si próprios como mestres “infalíveis”.
    Eles não creem nos concílios católicos que ocorrem a cada 50 ou 100 anos e que são ministrados não por um só homem, mas se alimentam de literatura e mídia produzida por homens e depois é só dizer que estes mesmos são “ungidos” e cheios de “bênçãos”.
    Eles não creem nos milagres católicos comprovados pela ciência e atestados até mesmo por protestantes, mas creem nos milagres exibidos na TV ou naqueles com dia e hora marcados e que ninguém comprova.
    “PARA AQUELES QUE CRÊEM, NENHUMA EXPLICAÇÃO É NECESSÁRIA; E PARA AQUELES QUE NÃO CRÊEM, NENHUMA EXPLICAÇÃO É POSSÍVEL. (SANTO INÁCIO DE LOYOLA).”

    Pensa o católico no que deve fazer depois de tanta confusão vista na Babel protestante:

    1)Devo estudar os textos, livros e escritos de Santo Agostinho ou escutar os gritos do vendedor da Bíblia da prosperidade ?
    “A Lei foi dada para que se implore a graça; a graça foi dada para que se observe a lei(Santo Agostinho).”

    2)Devo estudar São Tomás de Aquino ou escutar o pregador do patrocínio ?
    “Enquanto o amor humano tende a apossar-se do bem que encontra no seu objeto, o amor divino cria o bem na criatura amada” (Tomás de Aquino).”

    3)São Francisco de Assis ou o pregador do trízimo ?
    “Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível(São Francisco de Assis).”

    4)Santo Padre Pio ou o tal “patriarca” do evangelho judaizante ?
    “O meu passado, Senhor, à Tua misericórdia. O meu Presente, ao Teu amor. O meu futuro, à Tua Providência.” (Padre Pio)

    5)Santa Teresinha ou Leões e Lagoas ?
    “Deus não poderia me inspirar desejos irrealizáveis, portanto, posso, apesar da minha pequenez, aspirar à santidade”(Santa Teresinha).

    6)São João Maria Vianney ou quem ensina a adoração da Arca da Aliança ?
    “Com nossos instintos a luta é raramente de igual para igual: ou nossos instintos nos governam ou nós governamos nossos instintos. Como é triste se deixar levar pelos instintos! Um cristão é um nobre; ele deve, como um grande senhor, mandar em seus vassalos.(São João Maria Vianney)”

    7)Santo Irineu ou os “bispos” dos carnês e débitos automáticos ?
    Santo Ireneu (140-202): “Com efeito é à própria Igreja que foi confiado o Dom de Deus. É nela que foi depositada a comunhão com Cristo, isto é, o Espírito Santo, penhor da incorruptibilidade, confirmação da nossa fé e medida da nossa ascensão para Deus. Pois lá onde está a Igreja, ali está também o Espírito de Deus; e lá onde está o Espírito de Deus, ali está a Igreja e toda a graça.”

    8)Santo Ambrósio ou os pastores das fogueiras “santas” e campanhas financeiras ?
    “Toda verdade, dita por quem quer que seja, é do Espírito santo.(Santo Ambrósio)”

    9)O Papa Leão XIII ou os pregadores do evangelho triunfalista onde ninguém precisa carregar sua cruz ?
    ”O cristão nasceu para a luta, e quanto mais encarniçada se apresenta, tanto mais segura há de ser a vitória com o auxílio de Deus” (Leão XIII, Encíclica Sapientiae Christianae, 19).

    Devo recorrer ao passado recente ??? Madre Teresa de Calcutá ou a profetiza que disse Jesus voltaria em 2007 ?
    “Ninguém daria banho a um leproso nem por um milhão de dólares? Eu também não. Só por amor se pode dar banho a um leproso.”

    A quem se deve escutar católico ? João Paulo II ou o pregador do aborto ?
    “Deus se deixa conquistar pelo humilde e recusa a arrogância do orgulhoso.(João Paulo II)”
    “A Igreja é a carícia do amor de Deus ao mundo.(João Paulo II)”
    “Por isso, América: se queres a paz, trabalha pela justiça. Se queres a justiça, defende a vida. Se queres a vida, abraça a verdade, a verdade revelada por Deus.(João Paulo II)”
    “Quando o homem se põe como medida de todas as coisas, converte-se em escravo de sua própria finitude.(João Paulo II)”

    Talvez olhar para o presente seja melhor. E então católico ? Padres e Bispos católicos devidamente ordenados ou homens que se fazem “apóstolos”, “bispos” e “missionários” ?

    O teólogo Joseph Ratzinger, sua santidade o Papa Bento XVI, respeitado e reverenciado pelos protestantes históricos ou a igrejola aberta por qualquer desconhecido ?
    “Nós estamos caminhando para uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e tem como valor máximo o ego e os desejos individuais(Bento XVI)”
    “Vai-se constituindo uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e que usa como critério último apenas o próprio “eu” e as suas vontades.(Bento XVI ainda cardeal na missa na basílica de São Pedro antes do conclave.)

    E você católico inseguro ? O que irá fazer ? Abraçará a auto suficiência protestante ?
    Não se engane. Quem diz que não precisa de padre para confessar os seus pecados está apenas demonstrando sua arrogância. Se Jesus deu aos apóstolos o poder de reter ou perdoar pecados, é evidente ser indispensável que alguém lhes confesse os pecados.

    São Leão Magno (400-461), Papa e doutor da Igreja:“Quem se aparta da confissão da verdade, muda de caminho e o percurso inteiro se torna afastamento. Tanto mais próximo da morte estará quanto mais distante da luz católica.”
    Católico, não entre na falsa humildade protestante que diz “só me confesso a DEUS”.
    “A Igreja é o mundo reconciliado”. (Santo Agostinho – Sermão 96,7,9)“Quem não crer que a Igreja lhe perdoa os pecados, a esses não lhe serão perdoados os pecados”.
    Só há salvação na Igreja que detém a confissão e a penitência. A Igreja que cuida da alma e dos pecados de seus filhos.
    “Sabe porque os consultórios de psiquiatras estão cheios porque os Confessionários estão vazios.” [João Paulo II].
    E nós pertencemos a esta Igreja.
    “Portanto, a Igreja Católica é a única que retém o verdadeiro culto. Esta é a fonte da verdade; esta, o domicílio da fé; o templo de DEUS. Quem quer que não entre nela ou não saia daqui é um alienado em termos de esperança de vida e salvação… Porque, , ao contrário disso, todos os vários grupos de hereges têm confiança de que são os Cristãos, e pensam que a Igreja Católica é deles. Que se saiba que a verdadeira Igreja é na qual há confissão e penitência, e que cuida de maneira salutar dos pecados e das mágoas aos quais os fracos na carne estão sujeitos”.
    Lactantius, As Instituições Divinas, 304 A.D..

    E eu te pergunto meu caro amigo católico que me lê, pode haver maior contradição do que esta ? Os protestantes que dizem que religião não serve para nada, quando acuados dizem em alto em bom som: “estamos sendo vítimas de perseguição religiosa”. Tudo no protestantismo é contraditório. E qual a sua origem afinal ?

    O vírus que Lutero disseminou do orgulho não teve origem nele próprio. Lutero contestou a Igreja e a autoridade do papa. Hoje seus filhos contestam uns aos outros e todos contestam o catolicismo. Calvino contestou Lutero. Outros contestaram Calvino.
    O vírus da auto suficiência não coexiste com explicação de qualquer ordem e nem permite que os ouvidos estejam abertos para a instrução. Pode-se ver apenas o que se deseja e troca-se o meditar pelo falar.

    O “Super Papa” Martinho Lutero, ídolo protestante, resumiu o pensamento que iria contaminar seus filhos:
    “Quem não crê como eu é destinado ao inferno. Minha doutrina e a doutrina de Deus são a mesma. Meu juízo é o juízo de Deus” (Weimar, X, 2 Abt, 107)
    Por isto os protestantes são intérpretes da Bíblia e não aceitam instrução de qualquer tipo.

    “As pessoas costumam amar a verdade quando esta as ilumina, porém tendem a odiá-la quando as confrontam (Santo Agostinho).”
    Por isto fundam denominações e se dividem e cada crente é mestre de sua doutrina e “infalível” em sua interpretação pessoal.
    Desejar seguir Jesus é uma coisa e encontra-lo é outra. Muitos seguramente querem. Mas quem pode nos apresentar Jesus ? O cego da Bíblia fez esta pergunta. Ela ainda é atual.

    Julgas católico que podes conhecer o DEUS verdadeiro a partir de tua leitura bíblica ? Acaso não sabes que DEUS é muito maior do que a Bíblia e incompreensível para qualquer um de nós ?
    Hoje em dia muitos “jesuses” são apresentados por aí. A Bíblia nos diz que muitos cristos falsos seriam “vistos”.
    Tem o Jesus do aborto, tem o Jesus do divórcio, tem o Jesus do dízimo, tem o Jesus do carnê, tem até Jesus do Trízimo. Tem Jesus da Arca da Aliança, tem Jesus do evangelho judaizante, tem Jesus que batiza e tem Jesus que não batiza. Tem Jesus patrocinador. Que Jesus você deseja conhecer e seguir ?

    Quem pode te apresentar o Jesus verdadeiro se não a Igreja que é coluna e sustentáculo da verdade ?
    Você acha que é assim católico ? Depois de ter demonstrado tão grande amor a ponto de entregar sua vida por nós na cruz, o nosso Senhor Jesus Cristo nos deixou por conta própria ?
    Sou eu quem devo interpretar a Bíblia ? Sou eu quem devo me virar e encontrar a Igreja certa ? Eu que sou homem e falho é quem devo julgar quem interpreta certo e quem interpreta errado ? Devo escolher uma denominação protestante a partir da minha leitura individual ? Devo estudar a Bíblia para saber qual a denominação protestante é mais adequada ?

    Na prática o que está nos dizendo cada protestante ? Ora, depois de tudo que Jesus fez na cruz e sabendo que é seu desejo que nenhum de nós se perca, agora este mesmo Jesus diz:
    “Se vira. Eu já fiz a minha parte morrendo na cruz. Leia a Bíblia. Interprete por conta própria. Julgue você próprio o que é ou não heresia. Escolha uma Igreja. Fique atento aos falsos profetas. Compreenda por si mesmo qual é a minha vontade. Se perceber algo errado mude de denominação. Se não encontrar denominação alguma que pregue um evangelho “puro” funde uma nova “igreja”. Salva-se quem puder. E danem-se os ignorantes, deficientes, analfabetos. E não se esqueça de levantar o dedo em uma denominação protestante e diga que me aceita como senhor e salvador”…

    Você acha mesmo que Jesus é assim Sr.Católico ? Você acha que Jesus Cristo realmente se importa ou não com a salvação do homem ?
    Ora católico, você sabe que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. O amor que ele demonstrou na cruz nunca mudou. Ele nos deixou a Santa Igreja para que ela nos guiasse. Isto tudo por amor. Ele sabe que somos confusos, arrogantes, soberbos, inconstantes e muitas vezes auto suficientes. O apóstolo Paulo nos ensina que os julgamentos humanos são parciais, portanto duvidosos.
    Assim sendo, cumpre à Igreja a tarefa de ensinar e interpretar as sagradas escrituras. Os meios de salvação como os sacramentos estão disponíveis somente na Igreja. Não é possível acessá-los estando fora dela.
    Através da Igreja e não deixando o homem por conta própria, a salvação também foi possível aos ignorantes, pobres, doentes, analfabetos e deficientes.
    Não foi para estes que Jesus veio ? Ou ele veio somente para aqueles que “poderiam” teoricamente interpretar a lei ? Isto já faziam os fariseus.
    Meu irmão católico, os cristãos dos primeiros séculos não dispunham de Bíblias. Mas tinham Igreja. Isto é o amor de Jesus que não podemos medir ! Ele instituiu a Igreja para que nenhum de nós se perca.

    E se a Igreja errar ? Se tal fosse possível, pois não é, seria Jesus quem deve responder por ela e não Lutero. A Igreja nunca erra, embora seus filhos sejam pecadores. A Igreja nunca ensina errado, muito embora seus filhos distorçam eventualmente os ensinamentos corretos que lhes são passados.

    Lutero não foi autorizado a “consertar” a Igreja Católica e por via de consequência seus filhos que continuam reformando Lutero estão em verdade falando ao vento ou esvaziando o oceano com um balde.
    Mas fiquem tranquilos. O mesmo Jesus disse: “as portas do inferno jamais prevalecerão contra minha igreja”.
    E disse ainda: “eis que estarei convosco até o fim dos tempos”.
    Não caia na armadilha orgulhosa do protestantismo e nem faça de Jesus um mentiroso ao imaginar que DEUS precisou de Lutero para alguma coisa. Jesus não mente e você não é protestante para escolher o que pretende seguir ou não do evangelho.
    “SE VOCÊ ACREDITA NO QUE LHE AGRADA NOS EVANGELHOS E REJEITA O QUE NÃO GOSTA, NÃO É NOS EVANGELHOS QUE VOCÊ CRÊ, MAS EM VOCÊ.(SANTO AGOSTINHO)”

    Tem hora que o protestante é literal e tem hora que não é. Tem hora que ele admite que determinada disposição pode estar subentendida e tem hora que tem que estar ser “clara”.
    Tudo depende do que queira seguir. Depende do que ele quer praticar e do que ele deseja condenar nos outros. Tem hora que usam o grego. Usam o grego, por exemplo, para dizer que Pedro não era a Pedra. Mas sabemos que Jesus falava aramaico. Depois favorecem o aramaico ou o hebraico para justificarem outros costumes e crenças que praticam.
    Quando é interessante retomam a interpretação literal suprimindo inclusive versículos. É o caso da mediação de Jesus Cristo onde o protestante não lê o restante do texto e assim confunde mediação com intercessão. E depois de tudo isto, o protestante diz ainda que qualquer um pode ler e interpretar a Bíblia. Qualquer um ?

    Todos os protestantes conhecem as doutrinas de integrais de Lutero ou Calvino ? Todos os protestantes leem, escrevem e traduzem grego, aramaico e hebraico ?
    Pergunte a um protestante se ele conhece os pecados contra o Espírito Santo ? Ele não conhece. Sabe por que ? Porque a Bíblia não os define. A Bíblia só fala em blasfêmia. Mas não explica.
    Mas fique certo Sr.Católico que a tua Santa Madre Igreja te ensina quais são estes pecados de modo que você possa evitá-los.
    Não te disse que é mais seguro ser católico ? Como um protestante saberá se incorreu ou se está incorrendo em algum pecado contra o Espírito Santo ?
    Mas existem protestantes que são mais tementes a DEUS do que católicos ? Certamente. E existem protestantes que levam vidas mais sadias do que católicos ? Sem dúvida.
    Mesmo com uma leitura deficiente da Bíblia não é difícil superar um católico não praticante ou infiel que resolve dar as costas para a Santa Igreja.
    E se é certo que existem protestantes sinceros e cujas vidas são pautadas por honra e temor a DEUS, também é verdade que existem não cristãos que aos olhos humanos são ainda melhores do que católicos e protestantes. E agora ?

    O que você irá fazer católico indeciso ? Quem são os santos protestantes ? Quais são as suas obras ? Quem são seus expoentes e referências ? Qual das 50.000 igrejas protestantes você irá escolher ? Qual delas retém a sã doutrina ?
    A quem você irá escutar ? A Igreja de 2000 anos construtora da civilização, mestra por excelência ou vai escutar a si mesmo a partir de tua própria leitura individual da Bíblia ?

    Ora, a fé vem pelo ouvido e não pela leitura. O protestante faz o contrário. Lê para “entender” ao invés de ouvir.
    Não foi o eunuco da Bíblia que pediu por alguém que lhe ensinasse aquilo que não podia ele próprio compreender ?
    Se fosse fácil ele mesmo poderia ler e interpretar. A Bíblia nos adverte sobre o perigo que é a palavra de DEUS sendo manipulada por ignorantes. Nunca lestes que a letra mata, mas o espírito vivifica ? Pois é. A letra matou o protestante.

    Católico não entre nesta espiral de rejeição às autoridades constituídas por DEUS. Para entrar no reino dos céus é preciso recebê-Lo como crianças. Esvazie-se a si mesmo e por certo encontrarás a verdade na Igreja Católica.
    Amigo católico, pense bem quando alguém te convidar para um culto protestante ou te abordar na rua com um folheto. O abandono consciente da Igreja Católica será trágico para você meu amigo católico.
    “Os heréticos condenam-se a si mesmos já que por própria opção abandonam a Igreja, um abandono que, sendo consciente, torna-se sua condenação .”São Jerônimo Comentários acerca de Titus, 3,10 386 A.D.

    Se você ainda está em dúvida, não faça como os protestantes que nunca leram as obras de Lutero. Procure por elas e veja a pessoa do fundador do protestantismo.
    Fundador do protestantismo: Lutero:

    “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.

    “Eu estou, da manhã à noite, desocupado e bêbado. Você me pergunta por que eu bebo tanto, por que eu falo tão galhardamente e por que eu como tão frequentemente? É para pregar uma peça ao diabo que se pôs a me atormentar”. É bebendo, comendo, rindo, nessa situação, e cada vez mais, e até mesmo cometendo algum pecado, à guisa de desafio e desprezo por Satanás, procurando tirar os pensamentos sugeridos pelo diabo com o auxílio de outros pensamentos, como, por exemplo, pensando numa linda moça, na avareza ou na embriaguês, caso contrário ficarei muito raivoso.” (Lutero). (Marie Carré, Jai choisi lunité – D.P.F., 1973, apud Lex Orandi: La Nouvelle Messe et la Foi , Daniel Raffard de Brienne 1983).”

    O que dizem os defensores da fé católica sobre a Igreja ?

    S. Cipriano (+258): “Julga conservar a fé aquele que não conserva esta unidade recomendada por Paulo? Confia estar na Igreja aquele que abandona a cátedra de Pedro sobre a qual está fundada a Igreja?” (Sobre a Unidade da Igreja cap. 4).
    S. Cipriano: “se alguém tivesse escapado (do dilúvio) fora da arca de Noé, então poderíamos admitir que quem abandona a Igreja pode escapar da condenação.”

    Orígenes escrevia: “…se alguém quer salvar-se, venha a esta casa, para que possa consegui-lo… Que ninguém se engane a si mesmo: fora desta casa, isto é, fora da Igreja, ninguém se salva.”

    Papa Inocencio III (1198-1216):
    “Com nossos corações cremos e com nossos lábios confessamos só uma Igreja, não aquela dos hereges, senão a Santa Igreja Católica Apostólica e Romana, fora da qual achamos que não há salvação “(Denzinger 792).

    Quarto Concilio de Letrán (1215):
    “Há só uma Igreja Universal dos fiéis, fora da qual ninguém esta a salvo.”

    Papa Bonifacio VIII, Bula Unam Sanctam (1302):
    “Nós declaramos, dizemos, definimos e pronunciamos que é absolutamente necessário para a salvação de toda criatura humana o estar submetida ao Romano Pontífice.”
    “Assim como há um só Deus, um só Cristo, um só Espírito Santo, assim também há uma só verdade divinamente revelada; uma só Fé divina que é o princípio da salvação do homem e o fundamento de toda a justificação, a Fé pela qual o justo vive e sem a qual é impossível agradar a Deus e chegar à comunhão dos Seus filhos. Há uma só Igreja una, verdadeira, santa e católica que é a Igreja Apostólica Romana. Há uma só cátedra fundada sobre Pedro pela palavra do Senhor, fora da qual não podemos encontrar nem a verdadeira Fé, nem a salvação eterna. Todo aquele que não tiver a Igreja como mãe não pode ter a Deus como pai, e quem quer que abandone a cátedra de Pedro sobre a qual a Igreja foi fundada confia falsamente que está na Igreja de Cristo. Na verdade, não pode haver crime maior e mancha mais repugnante do que se opor a Cristo, do que dividir a Igreja gerada e comprada pelo Seu Sangue, do que esquecer o amor evangélico e combater com o furor da discórdia hostil a harmonia do povo de Deus.”
    (Pio IX, Singulari Quidem)

    Católico, tenha amor por sua Igreja. Ela é temida por seus inimigos.
    Voltaire – inimigo confesso de Cristo e da Igreja, parabenizado sobre a destruição que promoveu de um templo católico:“Que ninguém se engane. A Igreja não está morta. O fogo da fé está somente em brasa, mas não extinto. A fé católica é fogo inextinguível.”

    “A Igreja é Santa, a Única Igreja, a Verdadeira Igreja, a Igreja Católica, lutando sempre contra todas as heresias. Ela pode lutar, mas não pode ser derrotada. Todas as heresias são expulsas por Ela, como os galhos pendentes são arrancados de uma vinha. Ela permanece presa à sua raiz, em Sua vinha, em Seu amor. As portas do inferno não prevalecerão contra ela”Santo Agostinho de Hipona, Sermão aos Catecúmenos sobre o Credo, 6,14, 395 D.C.

    Católico não fuja à perseguição e combata o bom combate.
    Santo Hilário de Poitiers (367):”Foi sempre privilégio da Igreja vencer quando é ferida, progredir quando é abandonada, crescer em ciência quando é atacada”.

    Católico, nunca deixe de defender a Santa Igreja, os santos e a Virgem Maria.
    ”ONDE ESTIVER O BISPO, ESTEJA O POVO, ASSIM COMO ONDE ESTÁ JESUS CRISTO, ESTÁ A IGREJA CATÓLICA”. (SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA, CARTA AOS ESMIRNENSES, 8, ANO 106 D.C.).

    Não se envergonhe de sua fé e nem se intimide com os adeptos da religião do livro.
    “Toma cuidado com o homem de um só livro(São Tomás de Aquino).”

    Ora, nosso DEUS não está restrito a tinta ou ao papel, mas é a palavra viva e encarnada.
    Quem são os nossos santos e expoentes ?
    “Espero nunca ter ensinado nenhuma verdade que não tenha aprendido de Vós. Se, por ignorância, fiz o contrário, revogo tudo e submeto todos meus escritos ao julgamento da Santa Igreja Romana(São Tomás de Aquino).
    ”Não é igreja que precisa de mim, sou eu que preciso da Igreja”( São Pio de Pietrelcina).
    “Se não podes entender, crê para que entendas. A fé precede, o intelecto segue(Santo Agostinho).”

    São João da Cruz pediu e acabou recebendo de Deus: Primeiro, força para o trabalho e para sofrer muito; Segundo: não o fazer sair deste mundo como superior de uma comunidade; Terceiro: deixá-lo morrer desprezado e escarnecido pelos homens. Pregador, místico, escritor e poeta, João da Cruz faleceu após uma penosíssima enfermidade, em 1591 com 49 anos de idade. Declarado como Doutor da Igreja pelo Papa Pio XI.
    “O amor, para ser verdadeiro, tem de doer. Não basta dar o supérfluo a quem necessita, é preciso dar até que isso nos machuque(Madre Teresa de Calcutá).”
    “Dê ao mundo o melhor de você. Mas isso pode não ser o bastante. Dê o melhor de você assim mesmo. Veja você que, no final das contas, é tudo entre VOCÊ e DEUS. Nunca foi entre você e os outros.(Madre Teresa de Calcutá)”
    “Jesus é a Ponte entre Aquele que tudo pode e as criaturas que de tudo precisam. Seja você também uma ponte que liga os que tem de sobra, com aqueles que sentem falta de tanta coisa.(Santa Clara de Assis)”
    “A castidade duma alma é de um preço aos olhos de Deus maior que a dos anjos, pois que os cristãos só podem adquirir esta virtude pelos combates, enquanto que os anjos a têm por natureza.” (Sermão sobre a Pureza).”(Santo Ambrósio).
    “Ou nos afastamos do mal por medo do castigo, estando assim na posição do escravo; ou buscamos o atrativo de recompensa, assemelhando-nos aos mercenários; ou é pelo bem em si e por amor de quem manda que nós obedecemos… e estaremos então na posição de filhos”.(São Basílio Magno)

    O que é a Igreja Católica ?

    “A Igreja Católica é a única coisa que salva o homem da degradante escravidão de ser um filho de sua época(Chesterton)”.
    São Cipriano (†258) – Bispo de Cartago:“A Esposa de Cristo não pode adulterar, é fiel e casta. Aquele que se separa dela saiba que se junta com uma adúltera, e que as promessas da Igreja já não o alcança. Aquele que abandona a Igreja não espere que Jesus Cristo o recompense, é um estranho, um proscrito, um inimigo. Não pode ter Deus por Pai no céu quem não tem a Igreja por mãe na terra”.

    São João Crisóstomo (350-407), doutor da Igreja; Patriarca de Constantinopla:“Não te afaste da Igreja: Nada é mais forte do que ela. Ela é a tua esperança, o teu refúgio. Ela é mais alta que o céu e mais vasta que a terra. Ela nunca envelhece”.

    Contemplando este mistério da Igreja, São Pio X dizia:
    “Os reinos e os impérios desmontaram; os povos que a glória de seus nomes assim como sua civilização os havia tornado célebres, desapareceram. Viram–se nações que, atingidas pela decrepitude, se desagregaram por si mesmas. A igreja, porém, é imortal por natureza, jamais o laço que a une ao seu celeste Esposo se romperá e, em consequência, a velhice não pode atingi-la; ela permanece exuberante da juventude, sempre transbordante dessa força com a qual ela nasceu do coração transpassado de Cristo morto sobre a Cruz”. (Encíclica Lucunda Sane).

    Católico nós sabemos que existem pessoas sinceras em denominações protestantes, muito embora o ciclo vicioso do protestantismo sempre os leve ao orgulho. Não tem jeito. Necessariamente o livre exame da Bíblia instituído por Lutero transforma todo e qualquer crente em uma espécie de papa e juiz de todas as coisas.
    Sabemos ainda ou temos pelo menos a expectativa de que a grande maioria é séria e honesta. Mas o Senhor Jesus também nos advertiu que devemos temer não quem mata o corpo, mas quem mata a alma. Em outras palavras, tenhamos receio ainda maior das heresias que andam por aí. São elas que podem levar o homem para o inferno.

    Como entender tudo isto ? O que pretendeu nos ensinar Jesus a este respeito ?
    Ora, mesmo os sinceros e honestos uma vez que não recebam a devida instrução que só é possível na Igreja Católica, tornam-se ainda que de boa-fé introdutores de heresias e doutrinas espúrias. No mínimo, ensinam uma doutrina incompleta calcada em suas próprias interpretações pessoais ou em interpretações meramente humanas.

    Meu amigo, se os bons podem nos levar para o inferno, imagine então o que nos fariam os maus ?
    Católico, teu porto seguro encontra-se na Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

    João: “Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos.”
    Pedro: “Ora, assim como entre o povo houve falsos profetas, do mesmo modo haverá entre vós falsos doutores, que introduzirão seitas de perdição e renegarão aquele Senhor que os resgatou, atraindo sobre si mesmos uma pronta ruína. Muitos seguirão as suas dissoluções, por causa dos quais será blasfemado o caminho da verdade, e, por avareza, com palavras fingidas, farão negócio de vós, mas a sua condenação já desde há muito não repousa e a sua perdição não dorme”. (II Ped. 2, 1-3).”

    Reconheço que é direito de todo ser humano aderir à fé ou crença que lhe pareça mais adequada. Acredito que o exercício da fé deve compreender, entre outras coisas, o respeito pelas escolhas alheias e deve primar pela liberdade sem embaraços para com o próximo que não compartilha da mesma crença ou credo.
    Não é minha pretensão determinar ou qualificar a fé de quem quer que seja. Não concordo com aqueles que promovem ataques a dignidade e honra das pessoas que não professam suas religiões ou credos. Respeito todas as religiões e pretendo receber o mesmo respeito. Assim, considero salutar a liberdade religiosa que prevalece em nosso país.

    Com humildade, finalizo o presente texto fazendo das palavras do Santo Padre Pio as minhas:
    “Em tudo me sujeito ao que professa a Santa Igreja Católica Romana, em cuja fé vivo, afirmo viver e prometo viver e morrer”.(PADRE PIO)

    Autor: A. Silva com a colaboração de V. de Carvalho.

  37. O LIVRE EXAME APREGOADO PELA TEORIA DE MARTINHO LUTERO, FRADE AGOSTINIANO, É A BASE DE TODO PROTESTANTISMO NESTES QUATRO SÉCULOS DE REFORMA. OS PROTESTANTES ATUAIS DESCONHECEM A DOUTRINA LUTERANA DO SEU FUNDADOR EM 1517 E SEM MAIOR CONHECIMENTO DOS ACONTECIMENTOS QUE SEPARARAM A IGREJA CATÓLICA DA IGREJA LUTERANA, CONTINUAM A SE ARVORAR NUMA TEOLOGIA SUPERFICIAL E SEM CONCEITO ALGUM DA SINTAXE DO ANTIGO TESTAMENTO E EM SINTAXE DO NOVO TESTAMENTO. DESCONHECEM AS TESES TEOLOGAIS, AS PERÍCOPAS, AS PREMISSAS, A HERMENÊUTICA UNIVERSAL DOS TEXTOS AFINS, A EXEGESE BÍBLICA, A DOGMÁTICA, A PATROLOGIA, A PATRÍSTICA, A ESCOLÁSTICA E A PRÓPRIA HISTORIA DA IGREJA. O QUE DIFERE DOS SEMINÁRIOS CATÓLICOS PARA OS INSTITUTOS EVANGÉLICOS EM SÍNTESE A SUA DURAÇÃO. UM PADRE PARA FAZER SEUS ESTUDOS DEMORA APROXIMADAMENTE DE DOZE A TREZE ANOS E UM PASTOR SE MUITO ESTUDA, SÃO APENAS QUATRO ANOS QUE CERTAMENTE NÃO SATISFARIA OS CONHECIMENTOS QUE POSSUI UM PADRE EM TERMO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA E CULTURA TRANSCULTURAL NA CONTEXTURA E TESSITURA DA POLIVALÊNCIA E POSTULADOS AXIOMÁTICOS DA SAGRADA TRADIÇÃO APOSTÓLICA. DOM. FRANCISCO ALVES FEITOZA, BISPO DA CONGREGAÇÃO DOS PADRES MISSIONÁRIOS DE JESUS.

  38. paulo disse:

    O protestantismo é divergente, confuso, difuso e contraditório, uma total oposição ao propósito bíblico que estimula a convergência para uma verdade. O que seria o protestantismo, se não o descontentamento permanente pessoal ou de grupos, formando um universo auto divergente, confuso, difuso e contraditório. Um protestante se esquece que sua crença é apenas uma neste universo protestante de uma profusão de seitas que se contradizem em interpretações mil, mas se contradiz menos e NÃO falo só dos neopentecostais, com relação a visões de mundo, onde é possível perceber neste universo protestante, uma certa convergência para a valorização dos apelos deste mundo no que se refere a busca de uma vida sem CRUZ, ainda que isto esteja velado pela utilização do termo DEUS, isto para os incautos é claro ! Há uma certa tentativa de adaptação da palavra a este propósito,esta é sem dúvidas a maior contradição protestante em relação a palavra, que tem levado muitos incautos a seguir o mundo, pensando esta fazendo o contrário. Esta CRUZ proposta é inevitável a todos que como cristo se contrapõem a tais apelos. Esta vida sem cruz, é SIM em detrimento de valores como justiça, amor, misericórdia equidade,partilha, etc,etc, etc, todos exaustivamente ministrados na palavra. Com isto a Fé morta pela falta de obra de justiça, que obra de justiça é esta ? Se contrapor a este mundo e por consequência disto carregar a cruz , isto atesta que tal Fé protestante fala em DEUS de uma forma simplista e equivocada e vive em busca veladamente e em alguns casos escancaradamente no caso da teologia da prosperidade, dos apelos do mundo.

  39. Elyseu disse:

    ELOS ENTRE PROTESTANTISMO, MAÇONARIA-OCULTISMO E SOCIALISMO-COMUNISMO E ANEXOS
    O protestantismo – todas as denominações cristãs fora da Igreja Católica – em seus primórdios, teve em seu idealizador o dissenso Lutero vários princípios gnósticos, incluindo-se tendências igualitaristas e deístas subjetivistas, dentre outras, como: aversão a poderes superiores, no caso, ao poder hierárquico ortodoxo-doutrinário exercido pela Igreja àquela época.
    Note-se que as religiões holísticas orientais, como a Yoga, seicho-no-ie, etc., têem conteúdo aproximado, ao se enquadrarem em suas práticas religiosas semelhanças às de auto realização pessoal, intermediadas por exercícios transcendentais.
    Lutero evidenciou suas ações por suprimir a hierarquia eclesial e sua rígida doutrina tradicional bíblico-patrística por um sistema mais flexível e individual, em que pessoas e comunidades possuíssem autodeterminação de se instituirem como próprios pastores, os quais ensinariam a seu modo pessoal; o resultado foi o espoucar de centenas de seitas em que cada uma doutrina a seu modo ou conveniência, daí surgiu um Evangelho conversível a situações, interesses e muitos contrastes entre facções que afirmam e se consideram inspirados pelo Espírito Santo(?)…E há seitas que aprovam aborto, outras adultério e há até homossexualismo…
    Sabe-se que desse conjunto ideário independenticionista existia a antiga esoterista maçonaria de antes do cristianismo, de Babilônia, do antigo Egito, etc., e sua legislação atual foi formalizada por J Anderson, pastor presbiteriano; por sinal nos EUA e Europa os vínculos são mais próximos com o protestantismo, e que influenciaram a Revolução Francesa em seus princípios – igualdade, liberdade e fraternidade – idem o kardecismo e o comunismo, o qual é por sinal apenas a transposição de idéias de Lutero-maçonaria para a práxis socialista-comunista, supostamente igualitarista, fraternal em meio a contrastes marcantes e o modernismo atual, cuja doutrinação vigente é igual, de um homem acima de tudo e todos, pelo menos na sua proposta; de fato, uma tremenda farsa.
    Há vídeos na Net e em literatura específica em que pastores se acusam reciprocamente de pertença à Maçonaria, em que são descritos os vínculos de ambas agremiações; praticamente é inexistente oposição maçônica explícita às diversas denominações evangélico-protestantes; porém, para com à Igreja Católica é o adverso.
    Não há dúvidas que o orgulho e soberba e estão sutilmente camuflados sob essas comportamentos e que o progresso, a ciência e o modernismo tecnológico, cada vez mais aparentando resolver os problemas humanos estão a serviço de um reino luciferino que poderá eclodir, de um homem auto realizador e deificista, mas tão cego não percebendo sua submissão a nova tutela, e logo de quem…
    Não há diferença entre o acima e o pecado inicial do homem no Éden, ou se preferir, aliar-se e tornar-se súdito de Satanás em seu orgulho de querer ser igual a Deus, aceito por nossos pais iniciais e muitos atualmente o vivenciam no protestantismo.

  40. Lilian disse:

    PROTESTANTES NÃO OBEDECEM A BÍBLIA QUE JURAM DEFENDER – AUTOR V.DE CARVALHO

    O protestante não obedece a Bíblia. A lei diz que a fé sem obras é morta. O protestante diz que não precisa de obras. Jesus deu poderes aos apóstolos de reter e perdoar pecados. O protestante diz que só se “confessa” a DEUS. A Bíblia proíbe em Pedro a interpretação privada. O protestante interpreta por conta própria. Jesus manda comamos de sua carne e bebamos de seu sangue. O protestante debocha desta passagem. A Biblia proclama a Bem aventurança de Maria. O protestante escarnece de Maria. Em Timóteo a Igreja é considerada coluna e sustentáculo da verdade. O protestante diz que Igreja não serve para nada. Jesus deu poder a Pedro de ligar e desligar na terra. O protestante concede poderes a Mecedo, Malafaia e tantos outros falsos profetas. O protestante não lê a Bíblia e quando lê não entende. E quando pensa entender discorda de seus pares e funda logo uma nova seita sob a regência de um novo “super papa” “infalível”. A Bíblia condena a divisão do corpo e tudo que o protestante mais sabe fazer é dividir-se e fragmentar a mensagem do evangelho. A Bíblia condena a idolatria e o protestante idolatra pastores, pregadores e artistas Gospel. A Bíblia é clara sobre os danos causados pelo dinheiro. E o protestante tudo faz pelo vil metal e está sempre a procura de bençãos materiais. A Bíblia apresente o ladrão da cruz vivo e na cia de Jesus ainda naquele dia. Na transfiguração Elias e Moisés estão vivos. O protestante diz que todos que morreram estão dormindo. De acordo com a Bíblia a fé vem pelo ouvir. Para o protestante a fé vem pela leitura da Bíblia. O Eunuco da Bíblia pediu explicação por considerar acertadamente que a Bíblia é um livro de dificil interpretação. O protestante contrariando a Bíblia diz que é facil interpretar a Bíblia. O protestante que em muitos casos fala “Bribia” acha que pode citar passagens em grego, aramaico ou hebraico. A Bíblia diz que são parentes de Jesus quem ouve e pratica a palavra. Para o protestante é “Povo de DEUS” quem desfila com os rótulos protestante e evangélico. Jesus diz claramente que cada um será julgado por suas obras. O protestante diz que já está salvo. A Bíblia ensina que devemos perseverar até o fim. O protestante diz que salvação garantida é salvação que não pode ser perdida. A Bíblia diz a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas. O protestante diz que não devemos assistir aos mais necessitados e tudo isto é coisa para os governos. O protestante que julga católicos, espíritas, judeus e ateus com ferocidade, usa de dois pesos e duas medidas para julgar os seus. O que todos dizem sobre os incontáveis escândalos no meio evangélico ? “Não toca no ungido do Senhor.” “DEUS é quem vai julgar”. Isabel ficou cheia do Espírito Santo ao ouvir a vóz de Maria. O protestante fica cheio de raiva. João Batista estremeceu no ventre de Isabel ao ouvir a vóz de Maria. O protestante fica cheio de ódio. Lucas chamou Maria de mãe de DEUS. O protestante a chama de barriga de aluguel. O anjo do Senhor saudou Maria da forma mais eloquente possível dizendo: “Ave Maria”. O protestante a trata de forma mais baixa possível. O protestante idolatra o bêbado, assassino e suicida Lutero. Aquele mesmo que chamou a Jesus de bêbado e adúltero. E depois diz que adoramos Maria que disse a DEUS um incondicional SIM e sofreu resignada até o fim. Jesus diz que no mundo teremos tribulações. O protestante diz que temos que determinar a nossa “vitória”. Jesus pediu humildemente ao Pai que lhe afastasse do cálice do sofrimento, mas disse que fosse feita a vontade do pai e não a dele. O protestante diz que temos que tomar posse de nossa “benção.” Eles gostam de dizer que o cristão tem que tomar posição diante de DEUS. Judas tomou posição diante do DEUS VIVO e todos já conhecem o resultado.
    A Bíblia diz que devemos desconfiar de quem divide o corpo. O protestante puxa saco dos divisores que fundam novas seitas e acreditam em qualquer “visão” que o pregador diz ter tido. Jesus mandou Pedro apascentar as ovelhas. O protestante não apascenta ovelha alguma e os pregadores que as dispersam com seitas inauguradas a cada dia e com doutrinas divergentes entre si, são aplaudidos e adorados. O protestante diz que só há um mediador. O protestante não lê o texto até o final e assim não percebe que a mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano e não intercessão para obtenção de favores e graças de DEUS. Todavia, ele que não entendeu o texto e gritou bem alto que só há um mediador, contraditoriamente como de costume ora por seus irmãos e pede oração ao seu pastor. Seria o caso dele dizer a quem lhe pede oração que vá direto a Jesus ou ele mesmo deveria ir diretamente a Jesus ao invés de pedir oração ao seu pastor. A Bíblia diz de si própria ser útil para instrução. O protestante faz do útil algo suficiente. É util estudar para a prova, mas pode-se passar na prova sem estudar. Util é util. Suficiente é suficiente. O protestante se diz salvo e diz ainda que salvação não pode ser perdida. No entanto, estando todos “salvos” ainda continuam frequentando igrejas, pagando dízimos, adorando pregadores e artistas e interpretando a Bíblia. Ora, se a salvação já está garantida que diferença faz ou não cumprir todas estas formalidades ?
    O protestante cobra de nós postura quanto aos escândalos dos homens católicos. Sugerem que deixemos o catolicismo por causa de erros cometidos por sacerdotes 500 anos atrás. Todavia, diante dos escândalos dos homens evangélicos ele permanece na sua denominação. Cobra de nós aquilo mesmo que ele não está disposto a fazer. O protestantismo é a única religião onde pessoas com diferentes opiniões estão todas certas ao mesmo tempo. O pregador do aborto é irmão em Cristo daquele que é contra. O pregador da teologia da prosperidade é uma benção na mesma medida que aquele que se opõe a esta monstruosa doutrina, somente vista no protestantismo, também é uma benção. O protestante condena ainda a infalibilidade de Pedro dizendo que não há na terra um só homem confiável em matéria de fé e doutrina. Depois que diz ninguém é confiável, pretende que confiem em sua doutrina quando prega para terceiro. Ora, se ele mesmo diz que não há ninguém confiável em matéria de fé e doutrina, como pretende convencer os demais sobre suas doutrinas se antes de qualquer coisa quem lhe ouve deve acreditar que ninguém é confiável ?
    O protestante sobretudo faz de Jesus um mentiroso. Jesus disse que as portas do inferno não prevaleceriam sobre sua igreja e o protestante diz que prevaleceram e Lutero foi necessário. Jesus disse que estaria com sua igreja todos os dias até o fim dos tempos e o protestante nega a afirmativa de Jesus. Jesus mandou o homem rico repartir seu dinheiro entre os pobres. O protestante ignora o sofrimento dos mais necessitados e só contribui para a sua denominação que em outras palavras é apenas a obra do pastor. O protestantismo é assim. Contraditório em si mesmo. O único ponto comum entre os protestantes é o ódio que eles sabem que devem sentir pela Igreja Católica. Doutrinados muitas vezes por lobos, o protestante com 06 meses de decoreba bíblica, pinçando textos fora de contexto e frases feitas, entre tantos outros jargões, já pode contestar a Igreja dos 2000 anos. Já pode condenar concílios e pode decidir quem é ou não herege e quem vai ou não para o inferno. Cada protestante é mestre de si mesmo. Contrariado ele faz beicinho e logo muda de denominação. Por vezes funda uma nova seita e ataca até mesmo seus pares de hereges. Ele sempre está certo. O protestante nada atesta e tudo protesta. Não por acaso Lutero definiu o pensamento que iria contaminar seus filhos: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”
    Permaneçam os filhos de Lutero fazendo as obras de seu pai.
    Permaneçam os irmãos de Pedro fazendo as obras dos apóstolos.
    Mas que ninguém se engane. Fora da Igreja Católica não há salvação.
    Assim como ninguém que ficou fora da Arca de Noé escapou ao dilúvio, ninguém que fique maliciosamente fora da barca de Pedro escapará a condenação.”

  41. Wellington disse:

    Caro irmão Rafael! Continue forte na defesa da nossa fé, eis que estarás sempre em minhas orações, muito me alegra os argumentos dos quais o Senhor disponibiliza a todos por intermédio de ti, muitos nos atacam com os mais diversos tipos de Pseudo-certezas! Combata o bom combate e saiba que existem milhões de Católicos que intercedem por ti, pois te foi dado um Grande Dom, O Dom do conhecimento e do discernimento dos espíritos! Logo a maior certeza resplandecerá aos olhos de todos aqueles que duvidam ou criticam a Santa Madre Igreja! A certeza de que foi criada, educada, dirigida e amada por o nosso mestre supremo JESUS CRISTO! Toda honra e toda glória à Santíssima Trindade! E aos meus irmãos de fé toda paz e todo bem que provém de Deus! Aos que não conseguem ainda enxergar a Verdade, rogo a Maria Santíssima a Mãe dos católicos e vossa, mesmo que não à queiram, todas as graças possíveis a vós! “Um verdadeiro católico, que reza o rosário ou o terço diariamente, vai a Santa Missa, participa da Santa Ceia a eucaristia, Lê as sagradas escrituras, faz jejum, etc…. jamais vai apostatar da verdadeira fé”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s