Uma Analise Sobre os Santos e a Intercessão

Publicado: 24 de janeiro de 2011 por Rafasoftwares em Santos e Imagens

“Chamem de Santo só ao Senhor dos exércitos.”, dizem as sagradas escrituras.

Porém, elas mesmas dizem:

“Sede santos porque Eu sou santo!” (Lv 19, 2; 20, 7; I Pd 1, 16)

Deus diz para sermos santos Nele! Logo, Deus não é apenas santo, Ele é o Santo dos santos. Cristo é o Santo dos santos! (Dn 9, 24; Is 11, 1-5; Mt 3, 1-17). Origem de toda a santidade. Ser santo é ser “são”, íntegro, puro. Porém, não é ser alguém sem pecados!

O que é interceder?

Interceder, no sentido religioso, é pedir a Deus algo em favor de outra pessoa.

Quem pode interceder?

Todos podemos interceder por alguém, porém temos um supremo intercessor que é Cristo, mas todos nós cristãos podemos interceder uns pelos outros em nossas orações como assim nos ensina a bíblia (Tg 5, 16 , Rm 15, 30 e etc.)

E os Santos Canonizados na Igreja Católica onde entram nesta história? Não estariam eles mortos?

Morrer em Cristo é ir Para o Céu!

A Carta aos Hebreus diz claramente, “como está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo”. (Hb 9,27)

Ou seja depois que morremos somo imediatamente julgados, ou é céu ou é inferno.

Alguns protestantes costumam rebater a intercessão dizendo que os mortos não sabem de nada, não tem consciência de coisa alguma, estão dormindo, esperando o julgamento final e que ainda não há ninguém no céu, citam Ecl 9, 5, Sl 115, 17 para confirmar isto.  Ora, isto é uma realidade do antigo testamento, antes de Cristo. Já mostrei em Hebreus que após a morte somos julgados. Cristo trouxe uma nova economia, foi pregar aos que estavam na Região dos Mortos desde a criação do mundo até Sua Crucificação ( 1.ª Pd 3, 18-20; 4, 5-6 ). Vencendo a morte levou muitos deles para o Céu ( Sl 68, 19; Ef 4, 8 ) e mesmo assim, ainda no antigo testamento já vemos algumas pessoas que foram para o céu, vejamos:

Henoc:

Gêneses 5, 23. A duração total da vida de Henoc foi de trezentos e sessenta e cinco anos. 24. Henoc andou com Deus e desapareceu, porque Deus o levou.

Elias:

II Reis 2, 1: Eis o que se passou no dia em que o Senhor arrebatou Elias ao céu num turbilhão (…)

E mesmo no antigo testamento já temos uma menção a interseção dos Santos:

Jer 15, 1. Disse-me, então, o Senhor: Mesmo que Moisés e Samuel se apresentassem diante de mim, meu coração não se voltaria para esse povo. Expulsai-o para longe de minha presença! Que se afaste de mim!

Samuel já tinha até aparecido para Saul depois de mortos para fazer uma revelação (I Samuel 28, 1-19). Não era nenhum demônio como alguns costumam dizer, era Samuel mesmo, o próprio texto sacro afirma ser Samuel! Quem somos nós para duvidar? E ainda mais, um demônio é onisciente para saber o futuro? Acaso os demônios já podem profetizar? A confirmação do que Samuel revelou no capitulo 28 se dá no 29. (I Samuel 29, 1-11)

E o novo testamento comprova que eles estavam no céu. Apareceram (Elias e Moisés) para Jesus e conversaram com ele conscientemente, sabendo que ele era o Messias, o que estava fazendo e o que iria acontecer com ele. Confira Mt 17,3;  Mc 9,4; Lc 9, 28-31.

Ora como Moisés pode aparecer, com corpo glorificado, a Cristo? No AntigoTestamento não é relatado que Moisés morreu e foi sepultado?

É simples, o corpo de Moisés foi levado por Miguel para o céu, Judas atesta:

Judas 9. Ora, quando o arcanjo Miguel discutia com o demônio e lhe disputava o corpo de Moisés, não ousou fulminar contra ele uma sentença de execração, mas disse somente: Que o próprio Senhor te repreenda!

E também:

Disse Jesus: Por outra parte, que os mortos hão de ressuscitar é o que Moisés revelou na passagem da sarça ardente (Ex 3,6), chamando ao Senhor: Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos; porque todos vivem para ele.” (Lc 20,37-38).

O que significam os santos para a Igreja católica?

Com sua intercessão diante de Jesus, nossas orações recebem um forte impulso, e muitas graças alcançamos assim! De modo especial as graças que são necessárias ou importantes para vivermos fiéis à Vontade de Deus!

O exemplo de suas vidas, o testemunho que deixaram de Amor a Deus, a vivência firme do Evangelho, o amor ao próximo, tudo isto serve de exemplo para nós, nos fortalecem nos animam para sermos melhores cristãos, melhores filhos do altíssimo.

A Igreja tem especial carinho filial àquela que foi escolhida pra ser a Mãe de Jesus e nossa (João 19, 26-27). A Igreja proclama-a como Bem-Aventurada! (Lc 1, 48), ela recebeu uma graça maravilhosa e EXCLUSIVA:  Ser mãe do Filho de Deus!

A bíblia nos ensina a seguir o exemplo dos Santos:

Hb 11, 4-5. Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício bem superior ao de Caim, e mereceu ser chamado justo, porque Deus aceitou as suas ofertas. Graças a ela é que, apesar de sua morte, ele ainda fala. Pela fé Henoc foi arrebatado, sem ter conhecido a morte: e não foi achado, porquanto Deus o arrebatou; mas a Escritura diz que, antes de ser arrebatado, ele tinha agradado a Deus (Gn 5,24).

Onde encontramos eles orando, falando com Deus, ou pedindo algo pelos vivos na carne?

Basta lermos um pouquinho mais a fundo a bíblia e notarmos!

Vejamos o apocalipse:

Apocalipse4, 4. Ao redor havia vinte e quatro tronos, e neles, sentados, vinte e quatro Anciãos vestidos de vestes brancas e com coroas de ouro na cabeça. Estes Anciãos são sacerdotes, adoram a Deus (4, 10; 5, 9; 11, 16-17; 19, 4). OFERECEM AS ORAÇÕES DOS FIÉIS (AP 5, 8). Este número corresponde talvez aos das 24 ordens sacerdotais de 1Cr 24, 1-19. Visto que o que havia na terra era uma imagem do santuário no céu.

Mais adiante vemos os mortos em Cristo aparecem sob seu altar clamando por justiça contra os habitantes da terra:

Apocalipse 6, 9. Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos homens imolados por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho de que eram depositários. 10. E clamavam em alta voz, dizendo: Até quando tu, que és o Senhor, o Santo, o Verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar o nosso sangue contra os habitantes da terra? 11. Foi então dada a cada um deles uma veste branca, e foi-lhes dito que aguardassem ainda um pouco, até que se completasse o número dos companheiros de serviço e irmãos que estavam com eles para ser mortos.

Em Lucas vemos até alguém que foi para o inferno suplicando por sua família:

Lucas 16, 22. Ora, aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado. 23. E estando ele nos tormentos do inferno, levantou os olhos e viu, ao longe, Abraão e Lázaro no seu seio. 24. Gritou, então: – Pai Abraão, compadece-te de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta de seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou cruelmente atormentado nestas chamas. 25. Abraão, porém, replicou: – Filho, lembra-te de que recebeste teus bens em vida, mas Lázaro, males; por isso ele agora aqui é consolado, mas tu estás em tormento.
26. Além de tudo, há entre nós e vós um grande abismo, de maneira que, os que querem passar daqui para vós, não o podem, nem os de lá passar para cá. 27. O rico disse: – Rogo-te então, pai, que mandes Lázaro à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos,
28. para lhes testemunhar, que não aconteça virem também eles parar neste lugar de tormentos.

Quais outras passagens que falam que os mortos em cristo vão para o céu?

Veja:

II Coríntios 5, 1-9. 1. Sabemos, com efeito, que ao se desfazer a tenda que habitamos neste mundo, recebemos uma casa preparada por Deus e não por mãos humanas, uma habitação eterna no céu. 2. E por isto suspiramos e anelamos ser sobrevestidos da nossa habitação celeste, 3. contanto que sejamos achados vestidos e não despidos. 4. Pois, enquanto permanecemos nesta tenda, gememos oprimidos: desejamos ser não despojados, mas revestidos com uma veste nova por cima da outra, de modo que o que há de mortal em nós seja absorvido pela vida. 5. Aquele que nos formou para este destino é Deus mesmo, que nos deu por penhor o seu Espírito. 6. Por isso, estamos sempre cheios de confiança. Sabemos que todo o tempo que passamos no corpo é um exílio longe do Senhor. 7. Andamos na fé e não na visão. 8. Estamos, repito, cheios de confiança, preferindo ausentar-nos deste corpo para ir habitar junto do Senhor. 9.É também por isso que, vivos ou mortos, nos esforçamos por agradar-lhe.

Efésios 4, 7-8 Mas a cada um de nós foi dada a graça, segundo a medida do dom de Cristo, pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou muitos cativos, cumulou de dons os homens (Sl 67,19).

I tessalonicenses 3,13: Que ele confirme os vossos corações, e os torne irrepreensíveis e santos na presença de Deus, nosso Pai, por ocasião da vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos!”

Fl 1, 21-23. Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Mas, se o viver no corpo é útil para o meu trabalho, não sei então o que devo preferir. Sinto-me pressionado dos dois lados: por uma parte, desejaria desprender-me para estar com Cristo – o que seria imensamente melhor;

“Mas, cheio do Espírito Santo, Estevão fitou o céu e viu a glória de Deus e Jesus de pé à direita de Deus: Eis que vejo, disse ele, os céus abertos e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus.  Levantaram então um grande clamor, taparam os ouvidos e todos juntos se atiraram furiosos contra ele. Lançaram-no fora da cidade e começaram a apedrejá-lo. As testemunhas depuseram os seus mantos aos pés de um moço chamado Saulo. E apedrejavam Estevão, que orava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito” (At 7,55-59)

I tessalonicenses 5, 10 Ele morreu por nós, a fim de que nós, quer em estado de vigília, quer de sono, vivamos em união com ele.

Veja alguém que foi ao céu vivo:

II coríntios 12,2. Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado até o terceiro céu. Se foi no corpo, não sei. Se fora do corpo, também não sei; Deus o sabe. 3. E sei que esse homem – se no corpo ou se fora do corpo, não sei; Deus o sabe – 4. Foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis, que não é permitido a um homem repetir. 5. Desse homem eu me gloriarei, mas de mim mesmo não me gloriarei, a não ser das minhas fraquezas.

Jesus foi pregar aos mortos para que pudessem se salvar, portanto eles só poderiam estar acordados:

1 Pedro 3, 18. Pois também Cristo morreu uma vez pelos nossos pecados – o Justo pelos injustos – para nos conduzir a Deus. Padeceu a morte em sua carne, mas foi vivificado quanto ao espírito. 19. É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos que eram detidos no cárcere, àqueles que outrora, nos dias de Noé, tinham sido rebeldes…

1 Pedro 4, 5. Eles darão conta àquele que está pronto para julgar os vivos e os mortos. 6. Pois para isto foi o Evangelho pregado também aos mortos; para que, embora sejam condenados em sua humanidade de carne, vivam segundo Deus quanto ao espírito.

E o que falar então de 1 Timóteo 2, 5:

“ Porque há um só Deus e há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo….”

Os protestante costumam usar está passagem para dizer que nós católicos não temos Jesus como único mediador, ora interceder é diferente de mediar, e ainda mais no sentindo da salvação, já mostrei como podemos orar uns pelos outros, a mediação de Jesus é no sentido de  homem salvador e reconciliador, isto só ele pode ser, e não há outro como assim afirma o catecismo da Igreja católica:

Parágrafo 956: A intercessão dos santos. “Pelo fato de os habitantes do Céu estarem unidos mais intimamente com Cristo, consolidam com mais firmeza na santidade toda a Igreja. Eles não deixam de interceder por nós ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na terra pelo único mediador de Deus e dos homens, Cristo Jesus. Por conseguinte, pela fraterna solicitude deles, nossa fraqueza recebe o mais valioso auxílio” (Parágrafos relacionados 1370,2683)

A intercessão dos Santos e os primeiros Cristãos:

Vejamos primeiro um texto de um dos mais renomados Historiadores Protestantes JND Kelly. Ele diz:

Um fenômeno de grande significação no período patrístico foi o surgimento e gradual desenvolvimento da veneração aos santos, mais particularmente à bem-aventurada virgem Maria…Logo após vinha o culto aos mártires, os heróis da fé que os primeiros cristãos afirmavam já estarem na presença de Deus e gloriosos em sua visão. Em primeiro lugar tomou forma de uma preservação das relíquias e da celebração anual de seu nascimento. A partir daí foi um pequeno passo, pois já estavam participando com Cristo da glória celeste, para que se buscassem suas orações, e já no terceiro século se acumulam as evidências da crença no poder da intercessão dos santos [J.N.D. Kelly, Early Christian Doctrines, revised edition (San Francisco: Harper, c. 1979), p. 490]

Relatos Primitivos

Martírio de Policarpo (Ano 155 D.C):

Após sua morte lemos a honra que era prestada as suas relíquias:

“Ele disse: não aconteça que eles, abandonando o crucificado, passem a cultuar este ai. ”Dizia estas coisas por sugestão insistentes dos judeus, que nos tinham vigiado quando queríamos retirar o corpo do fogo. Ignoravam eles que não poderíamos jamais abandonar Cristo, que sofreu pela salvação de todos aqueles que são salvos no mundo, como inocente em favor dos pecadores, nem prestamos culto a outro nós o adoramos, por que é o Filho de Deus. Quanto aos mártires, nós os amamos justamente como discípulos e imitadores do senhor, por causa da incomparável devoção que tinham para com seu rei e mestre. Pudéssemos nós também ser seus companheiros e condiscípulos….

…..Então, ao menos, conseguimos tomar os seus ossos, mais preciosos que uma jóia e mais puros que o ouro, e os pusemos em local adequado. Que o Senhor nos permita ser capaz de nos juntarmos a ele na alegria e no júbilo, e de celebrar o aniversário do seu martírio.”

Cirilo de Jerusalém(+- 350 d.C), escreveu:

“Façamos menção aos já falecidos; primeiro aos patriarcas, profetas, apóstolos e mártires, que por suas súplicas e orações Deus receberá nossos pedidos”

Santo Agostinho (400 d.C) dizia:

“A oração, contudo, é oferecida em benefício de outros mortos de quem lembramos, pois é errado rezar por um mártir, a cujas orações nós devemos nos recomendar.”

Na obra Contra Fausto, escreve:

“O povo cristão celebra unidos em solenidade religiosa a memória dos mártires, tanto para encorajar que sejam imitados e para que possam repartir seus méritos e serem auxiliados pelas suas orações”.

Devoção X Devocionalismo

Devoção é respeito, amor, uma atitude Cristã e Católica.

Devocionalismo Não é uma atitude católica, muitos hoje se dizem católicos, apenas por que seus antepassados foram, sem nem saber nada sobre a história da igreja, sobre sua doutrina e até mesmo sem saber quem é Jesus de fato, apenas o têm como um ídolo distante que deve ser adorado apenas para aplacar a necessidade humana de crer em divindades. Estes vêm nos santos outros deuses e não irmãos que fazem parte de um mesmo corpo (1Cor 12,12.20s) e que podem apenas orar e suplicar por nós diante do Senhor. São os chamados caçadores de milagres, apenas vão a Igreja quando estão atrás de milagres e se esquecem de buscar lá a salvação em Jesus. Devocionalismo é fruto de ignorância, de falta de evangelização e catequese adequadas! Devocionalismo atrapalha um verdadeiro relacionamento com Jesus, pois toma o foco, e muitas vezes até a Salvação de quem o prática.

Na fé católica  Jesus é o Centro!  Jesus é o alfa e o ômega!
Jesus é o único Salvador e Senhor!  Jesus é o Filho de Deus que se encarnou, morreu, e ressuscitou por Amor a nós!

comentários
  1. paulino filho disse:

    Caro Rafael nenhum ser morto pode interceder por nós. Os mortos ressuscitarão na volta gloriosa de cristo!(1 corintios 15:51-52).
    (Rafael diz:) Samuel já tinha até aparecido para Saul depois de mortos para fazer uma revelação (I Samuel 28, 1-19). Não era nenhum demônio como alguns costumam dizer, era Samuel mesmo, o próprio texto sacro afirma ser Samuel! Quem somos nós para duvidar? E ainda mais, um demônio é onisciente para saber o futuro? Acaso os demônios já podem profetizar? A confirmação do que Samuel revelou no capitulo 28 se dá no 29. (I Samuel 29, 1-11)

    R:Saul deduziu que era Samuel.A verdade é que o espírito que apareceu de nada tinha a ver com Samuel. Ele simulou ser Samuel, para Prova disso é que o suposto “Samuel” errou em suas previsões e como sabemos o “Diabo é o pai da mentira” (João 8:44), vejamos:
    1- Disse que no dia seguinte Saul morreria e na verdade Saul morreu vários dias depois só nas passagens 1Sm 30,13.17 e 31,1-6 já temos 5 dias.
    2- Disse que Saul seria entregue nas mãos dos filisteus. Só que Saul se suicidou e foi cremado pelo seu povo.
    3- Disse que os filhos de Saul seriam mortos e também mentiu. Em 2Sm 2,10 vemos o seu filho Isbosete vivo. Em 2Sm 21,8 vemos mais dois de seus filhos vivos: Armoni e Mifiboset.
    Será que o “profeta Samuel” errou em tantas profetizações?

    (Rafael diz:) E o novo testamento comprova que eles estavam no céu. Apareceram (Elias e Moisés) para Jesus e conversaram com ele conscientemente, sabendo que ele era o Messias, o que estava fazendo e o que iria acontecer com ele. Confira Mt 17,3; Mc 9,4; Lc 9, 28-31.
    Ora como Moisés pode aparecer, com corpo glorificado, a Cristo?
    R: Claro ele foi ressuscitado!!
    (Rafael diz:) No AntigoTestamento não é relatado que Moisés morreu e foi sepultado?
    R: Mais em Judas é relado que Miguel contendia com o diabo, será que Miguel estava preocupado com apenas um corpo sem vida?

    (Rafael diz:) Disse Jesus: “Por outra parte, que os mortos hão de ressuscitar é o que Moisés revelou na passagem da sarça ardente (Ex 3,6), chamando ao Senhor: Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos; porque todos vivem para ele.” (Lc 20,37-38).
    R: claro que Deus não é Deus de mortos, quem crê em viverá mesmo que morra, diz o Senhor!!!
    E Abraão, Isaac e Jacó creu nisso!!
    Santos são os que guardam os mandamentos de Deus e o Testemunho de Jesus.(apocalipse 14;12).

    (Rafael diz:) A Igreja tem especial carinho filial àquela que foi escolhida pra ser a Mãe de Jesus e nossa (João 19, 26-27). A Igreja proclama-a como Bem-Aventurada! (Lc 1, 48), ela recebeu uma graça maravilhosa e EXCLUSIVA: Ser mãe do Filho de Deus!
    Nós Adventistas também a consideramos, mais não idolatramos!!!Maria nada pode fazer por nós.veja as palavras de Jesus em Mateus-1246 E, falando ele ainda à multidão, eis que estavam fora sua mãe e seus irmãos, pretendendo falar-lhe. 47 E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te.48 Ele, porém, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos?49 E, estendendo a sua mão para os seus discípulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos; 50 Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe.

    (Rafael diz:)Mais adiante vemos os mortos em Cristo aparecem sob seu altar clamando por justiça contra os habitantes da terra:
    Apocalipse 6, 9. Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos homens imolados por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho de que eram depositários. 10. E clamavam em alta voz, dizendo: Até quando tu, que és o Senhor, o Santo, o Verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar o nosso sangue contra os habitantes da terra? 11. Foi então dada a cada um deles uma veste branca, e foi-lhes dito que aguardassem ainda um pouco, até que se completasse o número dos companheiros de serviço e irmãos que estavam com eles para ser mortos.
    R: isso é uma aberração teológica!!!!
    Rafael como os mortos estão debaixo do altar de Cristo, será que elas estão todos acotovelados, espremido debaixo do altar?claro que não, isso é apenas simbólico!!
    Observe em Genesis 4:10 ( A voz do sangue do teu irmão clama da terra a mim).agora te faço uma pergunta: o sangue pode clamar?
    Isso acontece com as almas que João viu em apocalipse!!

    • Rafasoftwares disse:

      Nobre Paulino Filho,

      Que a Paz do Senhor Esteja Com você e com os Seus, que bom que voltou a comentrar.

      1º intercessão dos Santos não diz que ninguém já ressuscitou, apenas que Seus espíritos estão repousando nos braços de Deus e de lá oram por nós. Em Coríntios 15, 51-52 fala-se da ressurreição dos corpos, não tem nada haver com as almas.

      2º Samuel não errou nenhuma das profecias, apenas você não enxergou direito o que ele falou, eu já fiz uma matéria falando somente deste caso de Samuel. Eu usei a passagem de Samuel unicamente para dar exemplo que Deus usou um morto para profetizar, até por que Samuel estava no XEOL.

      Leia e não preciso de mais: https://sadoutrina.wordpress.com/2010/12/20/saul-e-a-mulher-que-evocava-os-mortos-i-samuel-28/

      3º Moisés foi ressuscitado? E por que os Apóstolos não andaram com ele? Só Moises foi ressuscitado e Elias? E Enoc foi pra onde? Moisés morreu 2 vezes, ou ele só foi ressuscitado pra falar com Cristo depois morrer de novo?

      4º Miguel foi buscar o corpo de Moisés justamente para ele ser glorificado, se não leu a passagem, ela diz que Moisés e Elias apareceram glorificados para Jesus, e concientes do que estavam falando.

      5º Não rebatido por inconsistência na sua refutação.

      6º Nós Católicos Sérios e Fiéis não Idolatramos Maria, você leu o Texto e viu claramente o que eu disse portanto me furto de falar mais.
      Na passagem Que você colocou Jesus apenas quis separar os liames de Parentesco Carnal e Espiritual, a caso Jesus estaria negando que nasceu de Maria? Ou estaria negando Qualquer parentesco com os outros que lá estavam atrás dele?

      7º Aberração Teológica Caro Paulino é o que você faz com a bíblia, você confunde linguagem figurativa do Genesis com os relatos vistos por João. João diz que Claramente ver as almas dos Mortos, e foi lhe dados as vestes e dito para eles repousarem.

      Veja que as vestes brancas dadas aos que estão sob o altar do Senhor são o símbolo da alegria triunfante (Ap 3, 5), ou seja o que foi figurado na terra se encontra no céu, ora por que você ignora as outras passagens Paulo falando claramente que queria partir desta vida para estar com Cristo? Hum? Os que já se encontram no céu estão na alegria triunfante.

  2. paulino filho disse:

    PARABOLA DO RICO E O Lazaro

    (Rafael diz:)Em Lucas vemos até alguém que foi para o inferno suplicando por sua família:
    Lucas 16, 22. Ora, aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado. 23. E estando ele nos tormentos do inferno, levantou os olhos e viu, ao longe, Abraão e Lázaro no seu seio. 24. Gritou, então: – Pai Abraão, compadece-te de mim e manda Lázaro que molhe em água a ponta de seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou cruelmente atormentado nestas chamas. 25. Abraão, porém, replicou: – Filho, lembra-te de que recebeste teus bens em vida, mas Lázaro, males; por isso ele agora aqui é consolado, mas tu estás em tormento.
    26. Além de tudo, há entre nós e vós um grande abismo, de maneira que, os que querem passar daqui para vós, não o podem, nem os de lá passar para cá. 27. O rico disse: – Rogo-te então, pai, que mandes Lázaro à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos,
    28. para lhes testemunhar, que não aconteça virem também eles parar neste lugar de tormentos.
    “Se a declaração fosse real, nela haveria idéias pagãs, conceitos de tradição talmúdica e metáforas judaicas”. – Pedro Apolinário, Leia e Compreenda Melhor a Bíblia, [Instituto Adventista de Ensino, agosto de 1985. 2a Edição Ampliada], pág. 219.
    Jesus contou esta história após uma seqüência de parábolas; por que este único relato não o seria?
    Com base nas melhores regras de interpretação do texto, se no mesmo bloco de assunto (– Lucas 15 a 17:10 – perícope) há uma séria de parábolas, é claro que a do rico e Lázaro também o é!
    O inferno está tão próximo do paraíso que de lá os ímpios podem enxergar os justos, inclusive conversar com eles;
    Um espírito bebe água, possui dentes e língua. Na verdade, isto mais parece um corpo humano do que um “espírito” (não poderia ser um corpo espiritual, pois a ressurreição ainda não ocorreu.
    Lázaro foi salvo por ser pobre, ou seja, pelas suas obras (ver Efésios 2:8 e 9);
    A lição dessa parábola é:
    Lucas 16:31-Se não houvem a Moises e aos Profetas (velho testamento),tampouco se deixaram persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos. (vocês Católicos e evangélicos que desprezam a lei de Deus)
    Agora fica a pergunta: se os mortos fossem para o céu, porque o texto acima fala em ressurreição? Não era mais fácil mandar uma pessoa viva que está no céu descer?
    (Rafael diz:) Fl 1, 21-23. Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Mas, se o viver no corpo é útil para o meu trabalho, não sei então o que devo preferir. Sinto-me pressionado dos dois lados: por uma parte, desejaria desprender-me para estar com Cristo – o que seria imensamente melhor;
    R: Rafael você tem que entender quando o apostolo Paulo iria esta com Cristo.
    2 Timoteo 4:8( Já a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor reto juiz, me dará naquele dia (POR OCASIAO DA SUA VINDA).
    Rafael diz: E apedrejavam Estevão, que orava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito” (At 7,55-59)
    R: A palavra Espírito tem varias traduções…
    Vou te dá um exemplo:
    Lucas 23:46 (disse Jesus: Pai, na tua mão entrego meu Espírito).
    E ai Rafael como é que fica? Sabemos muito bem que Jesus quando morreu não foi logo para o céu!
    Ele mesmo disse para Maria madalena, quando ressuscitou. (não me detenhas porque não subir para meu pai.)
    (Rafael diz:) 1 Pedro 3, 18. Pois também Cristo morreu uma vez pelos nossos pecados – o Justo pelos injustos – para nos conduzir a Deus. Padeceu a morte em sua carne, mas foi vivificado quanto ao espírito. 19. É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos que eram detidos no cárcere, àqueles que outrora, nos dias de Noé, tinham sido rebeldes…
    R: Se lermos dos versos 18-20 perceberemos que os “espíritos em prisão” eram os antediluvianos (sim: a Bíblia usa o termo “espírito em referência a pessoas vivas) que estavam “presos” pelas cadeias do pecado (Provérbios 5:22).
    O termo espírito só é usado na Bíblia com referência aos vivos. Paulo em Heb. 12:22 e 23 dá as boas vindas aos novos membros que ingressaram na igreja – “espíritos dos justos aperfeiçoados”. O Apóstolo faz referências a pessoas viventes.
    Em Núm. 27:15 –16, relata que Moisés, no término da vida, roga que um líder, dentre os vivos o substitua. O texto fala dos “espíritos de toda a carne”, isto é, seres vivos e não mortos.
    E, chegaremos à conclusão de que Quem pregou não foi Cristo, mas, o Espírito Santo (não é por acaso que algumas traduções traduzem com letra maiúscula o termo “Espírito”).
    Levando-se em conta o contexto bíblico o texto diz o seguinte: “Nos dias de Noé, por meio do Espírito Santo Cristo pregou aos antediluvianos que estavam presos pelas cadeias do pecado”.
    Por que distorcer a Bíblia se ela é tão clara? Por que pegar o verso 19 isoladamente e formar uma heresia (mesmo que inconscientemente)?

    • Rafasoftwares disse:

      PARABOLA DO RICO E O Lazaro

      1º Parábola, Eu não falei que não era parábola, apenas relatei o ato, além do mais uma parábola é uma prefiguração do que é real. Jesus usa ocasiões existentes para poder dar um ensino as pessoas. Não necessariamente o caso de lázaro e o rico teriam que ter acontecido de real, mas esta é uma figuração do real, assim como todas as outras parábolas, ora eu devolvo sua argumentação, Jesus usaria idéias pagãs para fazer uma parábola?
      Bem se você não leu, lá fala em um grande abismo entre eles.

      Você diz :Lázaro foi salvo por ser pobre, ou seja, pelas suas obras (ver Efésios 2:8 e 9);

      Lázaro foi salvos por suas obras? O que você diz é totalmente contrário a passagem que cita.
      Agora fica a pergunta: se os mortos fossem para o céu, porque o texto acima fala em ressurreição? Não era mais fácil mandar uma pessoa viva que está no céu descer?

      Bem a parte do texto que você citou, fala da ressurreição do corpo e não de intercessão ou outra coisa.

      2º Bem eu entendo o que ele queria dizer, e é exatamente diferente do que você propõe, na passagem citada, Paulo não fala de futura ressurreição ou vinda de Cristo em Filipenses 1, ele fala exatamente de quando morrer vai para o lado do Senhor. Veja ele confirmando em outra passagem que passou despercebida a seus olhos:

      Leia claramente:

      I Cor 5,8. Estamos, repito, cheios de confiança, preferindo ausentar-nos deste corpo para ir habitar junto do Senhor.
      Ou seja morrer e ir para o lado de Jesus.

      3º Pois é Paulino, exatamente por que a palavra espírito tem várias traduções e significados e temos que ver seu contexto para provarmos que Estevão realmente falava que ia para o lado de Cristo, ele viu A glória de Deus e Jesus ao lado dele, e falaou para Jesus receber seu espírito. E outra essa passagem também derruba a teoria de vocês adventistas que Jesus só foi pra o céu e 1844, Jesus ao lado de Deus fica no lugar mais Santo, não adianta querer fazer a mudança do trono de Deus não.

      4º Meu caro o cárcere que Jesus Fala é o Hades ou XEOL, (Mateus 16, 18+). Entre a Morte e Ressurreição, Cristo foi pregar a eles, Várias passagens deixam isso claro.

      Para você ver como esta passagem sempre foi crida com esta interpretação que eu lhe dou, basta verificar um livro que não é canônico chamado livro de Henoc ( que é mencionado em várias passagens da bíblia principalmente no livro de Judas ), neste livro é mencionado esta pregação aos mortos. (sei que vai dizer que é livro herético rsrs).

      Todo Este trecho (3, 18-46) contém elementos de uma antiga profissão de fé: a morte de Cristo ( 3, 18 ), a decida a mansão dos mortos ( 3, 19 ), a ressurreição (3, 22), o Julgamento dos vivos e dos mortos (4, 25).

      Veja que Pedro Deixa Claro veja:

      1 Pedro 3, 18 …… Padeceu a morte em sua carne, mas foi vivificado quanto ao espírito. 19. É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos ….

      Veja Pedro falando claramente que ele foi em Espírito Pregar aos Espíritos detidos no cárcere. Não tem nada de casos passados ai.

      E veja o que Paulo Diz:

      Efésios 4, 8. pelo que diz: Quando subiu ao alto, levou o cativeiro, cumulou de dons os homens (Sl 67,19).

      Ou seja Cristo Desceu a mansão dos mortos e levou os que lá estavam, ai leia os versículos seguintes para ter a certeza.

      Esta sua manipulação do texto bíblico foi a pior que eu já vi, você está negando a decida de Cristo a mansão dos mortos que é relatada em vários livros, Pedro só vem confirmar detalhar o que Cristo fez no XEOL.

      Está analise que o Espírito Santo foi pregar no tempo de Moisés foi dose. É totalmente descontextualizada com a mensagem do NT.

  3. paulino filho disse:

    1)Rafael nós somos uma alma.veja em( gênesis 2:7)
    “Então formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra, e lhe soprou nas narinas o fôlego da vida, e o homem passou a ser alma vivente.” Gênesis 2:7.
    Note que ao receber o fôlego da vida o homem passou a ser alma vivente (ser vivo). O Senhor não colocou dentro do homem uma alma. Ele se TORNOU alma vivente, e NÃO RECEBEU A ALMA. PÓ DA TERRA+ FOLÊGO DA VIDA = ALMA VIVENTE. A alma é o corpo com o fôlego da vida.
    Se não somos uma alma como explicar esse texto bíblico:
    “A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a iniqüidade do filho. A justiça do justo ficará sobre ele e a impiedade do ímpio cairá sobre ele”. Ezeq. 18:20
    Conclusão a bíblia de fato fala de ressurreição de um corpo glorificado (pó da terra + fôlego de vida).
    A alma morre quando Deus retira o fôlego da vida do corpo, que entra em estado de decomposição e se torna novamente pó
    “E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu”. Ecles 12:7
    Se os mortos estivessem no Céu, certamente louvariam a Deus, não acha?; mas este texto declara que eles partiram para o silêncio.
    “Os mortos não louvam o Senhor, nem os que descem a região do silêncio.” Salmos 115:17.

    2) O que temos em 1 Samuel 29 é algo semelhante ao que ocorreu no diálogo de Eva e a serpente. O texto atribui toda a obra de engano a serpente. Apocalipse 9 identifica Satanás com a serpente de Gênesis 3: “E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.” Ap. 12:9
    Veja o que pensa a sra. White:

    “Ninguém poderá crer por um momento sequer que Satanás tivesse poder para chamar do Céu o santo profeta de Deus para honrar os enganos de uma mulher perdida. Tampouco podemos concluir que Deus o chamasse à caverna da feiticeira; pois o Senhor já Se havia recusado a comunicar-Se com Saul, por meio de sonhos, por Urim, ou por profetas”. I Sam. 28:6 Patriarcas e Profetas pg. 683.

    Se Deus tivesse feito isso, Ele mesmo entraria em contradição, veja:

    “Não vos virareis para os adivinhadores e encantadores; não os busqueis, contaminando-vos com eles” (Lev. 19:31); “pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor.” Deut. 18:12.
    Lev. 19:31: “Não vos voltareis para os que consultam os mortos nem para os feiticeiros; não os busqueis para não ficardes contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus”.
    Isa. 8:19: “Quando vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram entre dentes; – não recorrerá um povo ao seu Deus? A favor dos vivos interrogar-se-ão os mortos?”.
    Rafael, não podemos crê numa aberração dessa!!!

    • Rafasoftwares disse:

      Paulino:

      1º Eu me furtei de refutar tal preposição que nada mais remonta do que desconhecimento teológico a partir do que é corpo & alma. Teria aqui que dar uma explicação e seria gigante. Vou lhe indicar um texto do John Lenon que foi publicado no Veritatis Splendor para você saber:

      http://www.veritatis.com.br/doutrina/a-palavra-de-deus/967-corpo-e-alma

      2º Você não leu o que a matéria que eu lhe indiquei, se tivesse lido não estaria aqui falando a mesma coisa de novo, lá tem todas as provas que foi Samuel!
      Os argumentos desta senhora que você cita e nada são a mesma coisa. Leia minha matéria e veja.

      https://sadoutrina.wordpress.com/2010/12/20/saul-e-a-mulher-que-evocava-os-mortos-i-samuel-28/

      Agora se quer fontes fidedignas de interpretação bíblica vá aos primeiros Cristãos e veja o que eles falam, só assim você vai ter a certeza que está tendo a verdadeira interpretação bíblica.

      Veja o que a bíblia diz em outra passagem:

      Eclesiástico 46, 23. Depois disso, adormeceu e apareceu ao rei, e lhe mostrou seu fim (próximo); levantou a sua voz do seio da terra para profetizar a destruição da impiedade do povo.

      ( como este livro Lutero mutilou de sua bíblia você não poderá entender a bíblia por inteiro )
      Veja o que os cristãos dos primeiros séculos dizem sobre Samuel:

      Hipólito (+ 199 d.C):

      Maravilhosa Samuel, que recebeu pela primeira vez O preceito para ungir reis, para dar a crisma e mostrar aos homens-cristos, assim agiu louvavelmente No espaço da vida como, depois do seu repouso, Para manter direitos da profética.

      Meu caro as passagens que você coloca nada mais me dizem do que a proibição do Espiritismo e da cnosulta aos mortos!
      O caso de Samuel ocorreu clara intervenção de Deus é só ler a matéria que eu fiz.

      Além do que Deus proibe, matar e ele manda matar, “proibiu” fazer imgens como você dizem em exodo 20 e 5 capítulos adiante em exodo 25 ele mesmo manda fazer imagens, ora Deus entrou em contradição? Fica a pergunta!

  4. paulino filho disse:

    3º Moisés foi ressuscitado?
    R: claro, se Moises e Elais fosse um espírito Pedro não precisaria oferecer 3 tendas!
    E por que os Apóstolos não andaram com ele?
    R: (Mateus 17:9) Cristo não queria que ninguém soubesse até que o filho do homem fosse levantado dentre os mortos e o objetivo daquele encontro foi mostrar Cristo glorificado!
    Só Moises foi ressuscitado e Elias? E Enoc foi pra onde?
    R: Elias e Enoc foram transladados! E está no céu.
    Moisés morreu 2 vezes, ou ele só foi ressuscitado pra falar com Cristo depois morrer de novo?
    R: Moises se encontra no céu, com seu corpo glorificado. Agora dizer que uma pessoa vai para o céu sem ser ressuscitado ou transladado é uma falta de conhecimento do novo testamento que de fato é ressurreição!

  5. paulino filho disse:

    o 6º Nós Católicos Sérios e Fiéis não Idolatramos Maria, você leu o Texto e viu claramente o que eu disse portanto me furto de falar mais.
    o
    o R: Isso não é o que agente vê no mundo. O papa deveria dizer para os católicos que não tem muito conhecimento para de idolatrar Maria.

    Na passagem Que você colocou Jesus apenas quis separar os liames de Parentesco Carnal e Espiritual, a caso Jesus estaria negando que nasceu de Maria? Ou estaria negando Qualquer parentesco com os outros que lá estavam atrás dele?
    R:Claro que não. Quem falou isso?
    7º Aberração Teológica Caro Paulino é o que você faz com a bíblia, você confunde linguagem figurativa do Genesis com os relatos vistos por João. João diz que Claramente ver as almas dos Mortos, e foi lhe dados as vestes e dito para eles repousarem.
    R: vc dizer que Genesis é simbólico e que apocalipse é literal, foi o cúmulo! João também vê serpente, dragão, uma mulher com uma lua nos pés, vê uma mulher vestida de púrpura, etc….Meu caro isso é uma visão.

    • Rafasoftwares disse:

      6º Então pronto! é só ver o seu comentário anterior.

      7º Eu não alei que João viu tudo literalmente como está descrito, apenas falei que ele teve a visão daquio que está no céu, como eu lhe falei das vestes brancas que é simbolo da alegria triunfante, eles receberia vestes brancas mortos e apagados? receberiam o simcolo da alegria triunfante sendo eles pó?

  6. Rodrigo Santos disse:

    Alguns protestantes são ignorantes,querem estar certos de todo jeito,são que nem aqueles animais que colocam cabresto e eles olham apenas para frente,nos chamam de idólatras,e não lêem outras partes onde Deus manda fazer imagem,odeiam os Santos,que deram a vida e ajudaram Jesus na sua caminhada,odeiam Maria,que concebeu o Filho de Deus,entre outros,resumindo…

    JULGAR NÃO VAI LEVAR NINGUÉM AO CÉU,QUEREM JULGAR-NOS,E SE ACHAM OS CERTOS,E LEMBREM-SE,OS ÚLTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS,OU SEJA,VIVO MINHA VIDA DE CATÓLICO,MEU PAI É PROTESTANTE,FICA QUERENDO ME ENSINAR O QUE ELE ACHA,COLOCANDO UM MONTE DE COISA NA MINHA CABEÇA,SÓ QUE NÃO PROCURA OUTRAS FORMAS DE ME ENSINAR,ENTÃO,SEREI CATÓLICO ATÉ O FIM,NÃO HÁ OUTRA QUESTÃO,QUANDO SE É CRISTÃO NA SE PÁRA DE LUTAR!!!

  7. Jove disse:

    incrível! estive tanto tempo no erro, após muitas dúvidas, sobre os protestantes, que entrei na internt e digitei batismo e apareceu vários sites, um deles foi veriatis, abriu minha mente e pesquisando encontrei o seu blog, que deu respostas a várias perguntas que eu fazia para os lideres protestantes e eles me ignoravam, e depois busquei na palavra de deus que é a biblia abri exatamente em mateus cap; 18, a ovelha perdida, obrigada vou voltar pra minha verdadeira casa!

  8. Juliana Ribeiro disse:

    Jesus é o único caminho, verdade e vida. Ninguém vai ao Pai se não for por Ele.
    è difícil aceitar essa afirmação. Ele já explica tudo. Pra quê pedir intercessão se há um Deus que sabe de todas as coisas? Isso é tirar a autonomia do Senhor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s