Jesus não é um Anjo!!!

Publicado: 18 de janeiro de 2011 por Rafasoftwares em Jesus

Há quem ensine que Jesus não é Deus, sendo portanto a encarnação de um arcanjo. Este ensinamento surgiu, como muitos outros erros, da interpretação errada de certos textos bíblicos lidos fora do contexto e remonta aos primeiros séculos da Igreja. Esta posição errada invalida numerosos textos das sagradas escrituras que a contradizem claramente.

Hebreus 1, 5 Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho?  6 E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem. 7 E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo.  8 Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.  9 Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros. 10 E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos. 11 Eles perecerão, mas tu permanecerás; E todos eles, como roupa, envelhecerão, 12 E como um manto os enrolarás, e serão mudados. Mas tu és o mesmo, E os teus anos não acabarão.13 E a qual dos anjos disse jamais: Assenta-te à minha destra, Até que ponha a teus inimigos por escabelo de teus pés?

Esta passagem da Epístola aos hebreus é um contundente resposta à antiga heresia que declara que Jesus é meramente um anjo. São Paulo Enfrenta o assunto diretamente e demonstra o erro desta crença.

Daniel 10, 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.

Aqui vemos como Miguel é um entre muitos príncipes celestiais. Esta Heresia contradiz o que claramente é relatado no primeiro capitulo do Evangelho de João, onde se ensina que Cristo é singularmente Especial e único,  “O Verbo de Deus” por meio do qual toda a criação chegou a existir, incluindo todos os membros dos exércitos celestiais.

Judas 1, 9 Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.

Miguel não executa o juízo, e deixa para Deus por que o mesmo, como arcanjo não está autorizado a julgar a Satanás por suas ações. Jesus ao contrário foi reconhecido pelos demônios como o “Santo de Deus” com autoridade absoluta sobre eles. Conferir Marcos 1, 21-28

Colossenses 1, 16 Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. 17 E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

Todos os anjos e também o próprio Lúcifer foram criados por Deus o filho.

Colossenses 2, 8 Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, 19 E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus.

Todos fomos criados para adorar a Deus. Portanto adoramos a Deus em Jesus. Se Jesus fosse um anjo, seria proibido adorá-lo, portanto seria uma contradição com 1 Pedro 4, 11 onde encontramos esta admoestação:

“… a palavra, para anunciar as mensagens de Deus; um ministério, para exercê-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo. A ele seja dada a glória e o poder por toda a eternidade! Amém.”

1 Tessalonicenses 4, 16. Quando for dado o sinal, à voz do arcanjo e ao som da trombeta de Deus, o mesmo Senhor descerá do céu e os que morreram em Cristo ressurgirão primeiro.

Este é um dos textos que com maior freqüência se usam erroneamente para afirmar que Cristo é um Arcanjo. Falando claro, se Cristo fosse um arcanjo, a expressão “à voz do arcanjo” seria uma declaração desnecessária neste caso.

É óbvio que, como todos os reis, O Reis dos reis, não faz uso da sua própria voz para iniciar esta fato histórico, sendo que a declara por um arauto angelical de alta patente, um arcanjo, que corresponde a dignidade de um rei.

Apocalipse 19, 10. Prostrei-me aos seus pés para adorá-lo, mas ele me diz: Não faças isso! Eu sou um servo, como tu e teus irmãos, possuidores do testemunho de Jesus. Adora a Deus. Porque o espírito profético não é outro que o testemunho de Jesus.

O anjo que fala com o apostolo João, lhe adverte que só Deus é digno de adoração. Isto é condizente com a exortação apostólica de 1 Pedro 4, 11 que lemos anteriormente.

Claramente Vemos a Farsa Desta Teoria.

Fonte: Premera Luz

Tradução: Rafael Rodrigues

comentários
  1. Frankmar Corrêa disse:

    é verdade nunca na Bíblia Jesus é chamado de anjo e nem de arcanjo.Jesus como filho de Deus é superior aos anjos.

  2. so temos que louvar o Senhor Jesus por este ensinamento. que Deus em Cristo vos abencoe!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s